Sistema de Informação em Saúde Animal: percepção de estudantes, profissionais de instituições de ensino da Medicina Veterinária e de veterinários autônomos do Estado de Sergipe quanto à notificação obrigatória de doenças ao Serviço Veterinário Oficial / Animal Health Information System: perception of students, professionals from Veterinary Medicine teaching institutions and veterinarian practitioners from the State of Sergipe regarding the mandatory notification of diseases to the Official Veterinary Service

Gabriela Mendes de Araújo, Paula Regina Barros de Lima, Kalina Maria de Medeiros Gomes Simplício, José Lopes da Silva Júnior, Kaila Angélica Alves dos Santos, Anna Giselle Cavalcanti Vaz Mendes Silva, Yndyra Nayan Teixeira Carvalho Castelo Branco

Abstract


Doenças de notificação obrigatória devem ser levadas ao conhecimento dos órgãos competentes logo que detectadas ou sob suspeita. O número ainda incipiente dessas notificações motivou a pesquisa cujo objetivo foi verificar a percepção de estudantes, profissionais de instituições de ensino da Medicina Veterinária e de veterinários do Estado de Sergipe quanto à notificação obrigatória de doenças de animais e descobrir os principais entraves na captação dessas informações pelo Serviço Veterinário Oficial - SVO. Assim, foi aplicado um questionário semiestruturado para 135 participantes, sendo 82% estudantes, 7% professores e técnicos das instituições de Ensino Superior de Medicina Veterinária do estado de Sergipe e 11% veterinários atuantes em diversas áreas de competências. Apesar de 87% afirmarem conhecer a lista de notificação obrigatória, apenas 43% sabiam que qualquer cidadão poderia notificar e 69% não sabiam como fazer de forma correta. Na percepção de 100% dos entrevistados, a notificação obrigatória de doenças de animais de produção é considerada uma atitude importante, mas ainda requer uma melhor divulgação nessa temática tanto para profissionais como para o público em geral, especialmente os ligados à produção animal. Os participantes demonstraram desinformação quanto às doenças que requerem notificação. Além de educação sanitária adequada para cada público-alvo, uma maior integração entre as instituições, veterinários e produtores rurais foram elencados pelos entrevistados. Treinamento, aumento da capilaridade do serviço também foram sugestões para aprimorar a captação e registro das notificações de doenças dos animais no estado de Sergipe.

Keywords


epizootias, defesa sanitária animal, lista da Organização Mundial de Saúde Animal (lista OIE).

References


ADAPAR. Manual de epidemiologia veterinária e sistemas de informação em saúde animal. Disponível em: http://www.adapar.pr.gov.br/arquivos/File/GSA/EPIDEMIOLOGIA/EPIDEMIOLOGIA_MANUAL_versao_2014a.pdf. Acesso em: 04 abr. 2018.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BRASIL. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. Instrução Normativa nº 50, de 24 de setembro de 2013. Lista de doenças de notificação obrigatória ao Serviço Veterinário Oficial. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil]. Brasília: MAPA, p. 47, 25 set. 2013. Seção 1. 2013.

BRASIL. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. Sistema de Informação em Saúde Animal. Brasília: MAPA, 2017. Disponível em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sanidade-animal-e-vegetal/saude-animal/sistema-informacao-saude-animal. Acesso em: 03 mai. 2019.

BRASIL. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. E-SISBRAVET: Manual do Usuário. Brasília: MAPA, p. 4-5. 2020.

CASTRO, R. C. F. Comunicação Científica na Área de Saúde Pública: Perspectivas para a tomada de decisão em saúde baseada em conhecimento. 2003. Tese (Doutorado)¬ – Departamento de Prática de Saúde Pública, Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

CHAVES, N. P. et al. Doenças de notificação compulsória em animais de produção no período de 2011 a 2014 no Estado do Maranhão. Revista Brasileira de Ciência Veterinária, Rio de Janeiro, v.23, n.1, p. 31-36, jan./jun. 2016.

DINIZ, M. C.; FIGUEIREDO, B. G. ; SCHALL, V. T. Educação sanitária na profilaxia das endemias rurais por Hortênsia Hurpia de Hollanda, 1956. História, Ciências, Saúde. v.16, n.2, abr.-jun. 2009, p.533-556.

FONTANA, F.Z.; MACAGNAN, M.; BAUMGARTEN, K.D. A importância do sistema de identificação de bovinos na atuação do Serviço de Defesa Sanitária Animal na prevenção e controle da tuberculose bovina. Relato de caso. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA, 5., 2014, Florianópolis. Anais [...] Florianópolis: Defesa agropecuária a serviço de um Estado de excelência, 2014. p. 24.

MACIEL, P.B. et al. Distribuição espacial das notificações de suspeitas de síndrome respiratória e nervosa das aves por estabelecimentos de aves comerciais de corte no ano de 2013. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA, 5., 2014, Florianópolis. Anais [...] Florianópolis: Defesa agropecuária a serviço de um Estado de excelência, 2014. p. 94.

MARTINS, N.R.S. et al. Cadernos Técnicos de Veterinária e Zootecnia: Sanidade Avícola. Belo Horizonte, MG; FEPMVZ, n 76, 140 p. 2015.

MATOS, C.S.D.; MEDITSCH, R.G.M.; HORSTMANN, R. Notificações de suspeitas de doenças hemorrágicas dos suínos ao serviço veterinário oficial de Santa Catarina, no período de janeiro 2010 a junho de 2014. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA, 5., 2014, Florianópolis. Anais [...] Florianópolis: Defesa agropecuária a serviço de um Estado de excelência, 2014a. p. 67.

¬¬¬MATOS, C.S.D.; MEDITSCH, R.G.M.; HORSTMANN, R. Notificações de suspeitas de doenças vesiculares ao serviço veterinário oficial de Santa Catarina, no período de janeiro de 2010 a junho de 2014. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA, 5., 2014b, Florianópolis. Anais [...] Florianópolis: Defesa agropecuária a serviço de um Estado de excelência, 2014. p. 68.

MEDITSCH, R. et al. Doenças de suínos notificadas ao serviço veterinário oficial de Santa Catarina durante o período de janeiro de 2012 a junho de 2014. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA, 5., 2014, Florianópolis. Anais [...] Florianópolis: Defesa agropecuária a serviço de um Estado de excelência, 2014. p. 79.

MOURA. A.M. et al. Educação na defesa sanitária da Febre Aftosa: Nível de engajamento dos produtores rurais do município de São Bento – Baixada Maranhense. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA, 5., 2014, Florianópolis. Anais [...] Florianópolis: Defesa agropecuária a serviço de um Estado de excelência, 2014. p. 38.

OLIVEIRA, V.L.M. et al. Analysis of poultry transit, notification systems and legislation in the state of. Arquivos do Instituto Biológico, v.83, p. 6-7. Sergipe, 2016.

ROCHA, T.S.; IMPROTA, C.T.R. Diagnóstico educativo sobre zoonoses de interesse da Defesa Sanitária Animal, em escolas rurais do município de Joinville/SC. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA, 5., 2014, Florianópolis. Anais [...] Florianópolis: Defesa agropecuária a serviço de um Estado de excelência, 2014. p. 90.

ROSSI, K. S.; TAVARES, S. G. Estudo do processo de erradicação da doença de Aujeszky em Santa Catarina: Análise de dados laboratoriais de granjas de produtores de suínos certificadas em 2005 a 2012. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA, 5., 2014, Florianópolis. Anais [...] Florianópolis: Defesa agropecuária a serviço de um Estado de excelência, 2014. p. 21.

SANTANA, S.S. et al. Diagnóstico educativo sobre raiva dos herbívoros junto aos moradores e criadores da comunidade Canto, Raposa-MA. In: CONFERÊNCIA NACIONAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA, 5., 2014, Florianópolis. Anais [...] Florianópolis: Defesa agropecuária a serviço de um Estado de excelência, 2014. p. 80.

SANTOS, D. V. et al. A análise de risco como ferramenta estratégica para o serviço veterinário oficial brasileiro: dificuldades e desafios. Pesquisa Veterinária Brasileira, v.34, n. 6, p. 550-551, jun. 2014.

SOUSA, N. D. Francisco. Epidemiologia e Distribuição Espacial da Raiva em Herbívoros no Estado de Pernambuco, Brasil. 2019. p. 13-14. Tese (Doutorado em Ciência Veterinária) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-566

Refbacks

  • There are currently no refbacks.