Jogos Didáticos: Construindo um caminho para dinamizar o Ensino de Micologia / Didactic Games: Building a Path to Energize Mycology Teaching

Leslie Waren Silva de Freitas, Alba Tainná Coelho Tavares, Giselle da Silva Barbosa, Isaias de Oliveira Junior, Mateus Oliveira da Cruz, Maria Luiza da Silva, Layanne de Oliveira Ferro, Aêda Claudia Araújo Santos de Oliveira

Abstract


Este estudo foi elaborado para realização de jogos educativos de cartas, o Quiz Micologia, o jogo das Adivinhações e o jogo da Memória, para alunos de graduação do 5° período em Bacharelado em Ciências Biológicas que cursam a disciplina de Micologia na Universidade de Pernambuco (UPE). A partir da aplicação, os jogos foram abordados de acordo com os objetivos passados em sala de aula, para que os alunos aprendessem mais sobre micologia. Este trabalho teve como objetivo incentivar práticas coletivas e estimular professores e alunos a práticas de materiais extras para o ensino e aprendizagem. Os dados foram coletados a partir de um questionário, antes e depois da aplicação dos jogos. Os dados analisados relataram que foi possível aprender com os jogos elaborados sobre os fungos e que os alunos se sentiram satisfeitos com o material aplicado. Este trabalho possibilitou interação e dinâmica em sala de aula.


Keywords


Ensino e aprendizagem, Fungos, Jogos educativos.

References


CARVALHO, A. A. A.; CRUZ, S.; MARQUES, C. G.; MOURA, A.; SANTOS, I. Atas do

º Encontro sobre Jogos e Mobile Learning. Centro de Investigação em Educação (CIEd) Instituto de Educação, Universidade do Minho – Braga: CIEd. 2014.

COSTA, G.; BARCELOS, T.; OLIVEIRA, C.; MUÑOZ, R.; NOEL, R.; SILVEIRA, I. Construindo

jogabilidade: como a percepção dos jogadores afeta o desenvolvimento de jogos em um contexto escolar. XII SBGAMES. São Paulo. Out, 2013.

COUTINHO, A. S.; REZENDE, I. M. N.; ARAUJO, M. L. F. A avaliação no ensino de biologia: concepções e sentimentos de discentes do ensino médio. Revista Didática Sistêmica, ISSN 1809-3108. v.15 n.2. p. 45 – 60. 2013.

FERNANDES, J, P. O Lilavati de Bhaskaracarya e o Sistema Métrico Moderno: qual o denominador comum para o ensino de Ciências e Matemática? Trabalho de conclusão de curso. Universidade de Brasília Faculdade UnB Planaltina. Fevereiro, 2013.

FERRO, L, O.; SOUZA, A, K, P.; RODRIGUES, D, K, B.; SILVA, J, R, M.; SILVA, K, W, L.; FREITAS, L, W, S.; RIBEIRO, T, K, O.; ARAÚJO, M, A, S. Trichophyton rubrum como principal agente etiológico de dermatofitoses em um laboratório de Maceió – AL. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 3, n. 5, p. 13198-13207 set/out. 2020.

GOMES, T.; ABADE, T.; CAMPOS, J. C.; HARISSON, M. D.; SILVA, J. L. Desenvolvimento de

Jogos Educativos na plataforma APEX: O Jogo da Asma. Departamento de Informática. Universidade do Minho & HASLab / INESC TEC, Braga, Portugal. 2013.

JOAQUIM, F.L.; CAMACHO, A. C. L. F. O uso de jogos como estratégia de ensino: relato de experiência. Rev. Enferm. UFPE online. Recife, v.8. n 4, abr., 2014.

KIMURA, A. H.;OLIVEIRA, G. S.; SCANDORIEIRO, S.S.; SCHURUFF, P. A.; MEDEIROS, L. P.; BODMAR, G.C.; SARMIENTO, J. J. P.; GAZAL, L. E. S.; SANTOS, P. M. C. KOGA, V.L.; CYOIA, P. S.; NISHIO, E. K.; MOREY, A. T.; TATIBANA, B. T.; NAKAZATO, G.; KOBAYASHI,

R. K. T. microbiologia para o ensino médio e técnico: contribuição da extensão ao ensino e aplicação da ciência. Revista Conexão – UEPG -Ponta Grossa, v. 9. N.2 - jul./dez. 2013.

KISHIMOTO, T. M.; PINAZZA, M. A.; MORGADO, R. F. C.; TOYOFUKI, K. R. Jogo e letramento: crianças de 6 anos no ensino fundamental. Universidade de São Paulo. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.37, n.1, 220p. 191-210, jan./abr. 2011.

LEITE, C. A.; FONTOURA, H. A. O desenvolvimento profissional dos professores e o uso de jogos cooperativos na prática docente nas escolas. Colabor@ - Revista Digital da CVA - Ricesu, ISSN 1519- 8529. v 8, n 30, dezembro de 2013.

LEITE, C. A.; FONTOURA, H. A. O desenvolvimento profissional dos professores e o uso de jogos cooperativos na prática docente nas escolas.

MACHADO, M. M. B. Tema Meio Ambiente, Sustentabilidade e Educação Ambiental no Ensino de Biologia: um estudo sobre as práticas dos professores do Ensino Medio de Sapucaia do Sul, RS. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2014.

MOREIRA, L. C. O ensino de biologia por investigação e problematização: uma articulação entre teoria e prática em uma escola pública de Cruz das Almas-BA. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró-reitoria de Graduação – PROGRAD Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas curso de Licenciatura em Biologia. Cruz das Almas. 2013.

OLIVEIRA, C. S.; COSTA, S.R.R.; SANTOS, I.C L.; LEMOS, C.E.S. Oficina de educação, memória, esquecimento e jogos lúdicos para a Terceira Idade. Rev. Ciênc. Ext. v.8, n.1, p.8-17, 2012.

ROLIM, F. J. R.; A influência dos jogos na educação: Uma abordagem sobre o lúdico no ensino de matemática. Trabalho de conclusão de curso. Licenciatura em computação. Centro de ciências exatas e sociais aplicadas. Universidade Estadual da Paraíba.

SANTOS, T.C.F.; BARREIRA, I.A.; GOMES, M.L.B.; BAPTISTA, S.S.; PERES, M.A.A.; FILHO, A.J. A memória, o controle das lembranças e a pesquisa em história da enfermagem. Esc Anna Nery (impr.) 2011 jul-set; v.15, n.3, pgs.616-621.

SOUZA, V. G. A. Arte, percepção e contexto: breves considerações em filosofia da arte. Revista Filosofia Capital. ISSN 1982 6613. V.8, Edição 15, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-559

Refbacks

  • There are currently no refbacks.