Métodos de avaliação ambiental e experiências construídas: uma revisão da teoria e prática sobre sustentabilidade urbana / Environmental assessment methods and built experiences: a review of the theory and practice on urban sustainability

Angela Maria Gabriella Rossi, Teresa Cristina Ferreira de Queiroz Gaudin, Ana Carolina B. Da Silva Couto, Luiza Massari Machado, Érica Helena da R. Ribeiro, Lídia Pinto Takamine Correia, Daniel Arruda Chueke

Abstract


Ao mesmo tempo em que os estudos sobre desenvolvimento sustentável se tornam cada vez mais presentes no âmbito da construção civil e da arquitetura brasileiras, presencia-se o surgimento de empreendimentos habitacionais de grandes dimensões que apresentam características muito distantes do que se conceitua por sustentabilidade no meio urbano. Essa realidade ocorre principalmente em empreendimentos destinados à população de baixa renda que, apesar de contribuírem para a diminuição do déficit habitacional brasileiro, pouco têm ajudado no surgimento de uma cidade mais bela e eficiente, socialmente mais inclusiva, menos consumidora de recursos naturais e com menor impacto no ambiente natural. Este artigo tem por objetivo apresentar uma revisão bibliográfica dos conceitos de sustentabilidade urbana e dos critérios presentes nos métodos de avaliação ambiental mais utilizados atualmente na escala urbana no Brasil e no exterior, com destaque na literatura e na prática profissional na França, por seu avanço em termos de certificação para edificações sustentáveis e por apresentar referências mais acessíveis à área de pesquisa dos autores deste artigo. Espera-se, a partir dos dados levantados no âmbito desta pesquisa, obter um entendimento mais claro a respeito do conceito e dos critérios de sustentabilidade urbana, na teoria e na prática, e identificar elementos que serão utilizados para a futura elaboração de um modelo de referência para a análise da sustentabilidade urbana em escala de bairro.

 

 


Keywords


Bairros Sustentáveis, Empreendimentos Habitacionais, Sustentabilidade Urbana, Métodos de Avaliação Ambiental.

References


ALLEMAND, S. Sous la Ville Durable. Le Génie Urbain. Paris: Le Carnets de l’Info – EIVP, 2009.

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Selo Casa Azul. Boas Práticas para Habitação Mais Sustentável. Coordenação: Vanderley M. John e Racine Tadeu Araújo Prado. São Paulo: Páginas e Letras, 2010.

FREY, W. Freiburg Green City. Freiburg: Herder, 2011, 208 p.

FUNDAÇÃO VANZOLINI. Referencial Técnico de Certificação – Bairros e loteamentos – Processo AQUA, Parte QAB, Qualidade Ambiental do Bairro. São Paulo: Fundação Vanzolini, setembro 2011.

GOBIERNO DE NAVARRA, Departamento de Vivienda y Ordenación del Territorio, “Sarriguren Ecociudad Ecocity”, Pamplona, 2009, pp. 175.

UNITED STATES GREEN BUILDING COUNCIL. LEED for Neighborhood Development Project Checklist. www.usgbc.org. Acesso em abril 2012.

NEGREIROS, I.; ABIKO, A.K. Diretrizes para Projetos de Loteamentos de Projetos Urbanos Considerando os Métodos de Avaliação Ambiental. Boletim Técnico BT/PCC/526. Boletim Técnico – Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2009.

www.cidadepedrabranca.com.br. Acesso em abril de 2012.

www.vivanonoroeste.com.br. Acesso em abril de 2012.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-552

Refbacks

  • There are currently no refbacks.