Influência do tempo de secagem nas propriedades físicas de helianthus annuus / Influence of drying time on the physical properties of sunflower grains

Larissa Monique De Sousa Rodrigues, Jamilly Salustiano Ferreira, Josivanda Palmeira Gomes, Semirames Do Nascimento Silva, Agdylannah Felix Vieira, Luis Paulo Firmino Romão Da Silva, Aline De Oliveira Silva, Marizânia Sena Pereira

Abstract


Tendo em vista o crescimento significativo do cultivo do girassol nos últimos anos, o conhecimento das suas propriedades físicas é de fundamental importância visando um melhor transporte e armazenamento. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo avaliar os efeitos de diferentes tempos de secagem nas propriedades físicas dos grãos de girassol. Os grãos in natura foram submetidos ao processo de secagem nos tempos de 24h e 48h a 50 °C. Os três tratamentos foram submetidos à caracterização, em triplicata, quanto aos parâmetros: teor de umidade, atividade de água, massa do grão, massa de mil grãos, massa específica real e aparente, ângulo de repouso dinâmico, dimensões a, b, e c, além de terem sido obtidos os dados de porosidade, volume do grão e esfericidade. O teor de umidade dos grãos foi diminuindo à medida que o tempo de secagem foi aumentando, enquanto o teor de água obteve o mesmo comportamento, variando de 0,266 (T3) e 0,620 (T1). Com o aumento do tempo de secagem e a redução do teor de água, observou-se uma contração ou diminuição do volume do grão, de 0,3183 a 0,0965 cm³. Os valores de porosidade, volume do grão e ângulo de repouso, por sua vez, decresceram com o aumento do tempo de secagem. De maneira geral, percebe-se a importância de estudos com grãos de girassol visando o melhoramento do dimensionamento e de projeto de equipamentos transportadores, construção de silos e outros dispositivos de armazenagem, mostrando o caráter científico e promissor do presente estudo.

 

 


Keywords


grãos de girassol, massa específica, pós-colheita.

References


Almeida, F. de A. C. (Org.).; Duarte, M. E. M. (Org.).;Cavalcanti-Mata, M. E. R. M. (Org.). Tecnologia de Armazenagem em sementes. 1. ed. Campina Grande: Marconi, 2006. v. 1. 382p.

Amorim, M. Q.; Nascimentos, E. M. S.; Oliveira, J. L. P.; Lopes, J. E. L.; Chioderoli, C. A. Qualidade fisiológica de sementes de girassol em função do teor de água e do sistema de trilha. Gl. SciTechnol, Rio Verde, v.10, n.03, p.95-105, set/dez. 2017.

Araújo, W. D.; Goneli, A. L. D.; Souza, C. M. A. De; Gonçalves, A. A.; Vilhasanti, H. C. B. Propriedades físicas dos grãos de amendoim durante a secagem, Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 18, n. 3, p. 279-286, 2014.

Botelho, F. M.; Granella, S. J.; Botelho, S. C. C.; Garcia, T. R. B. Influência da temperatura de secagem sobre as propriedades físicas dos grãos de soja. Engenharia na agricultura, Viçosa - MG, v.23, n.3, p.212-219, maio / junho. 2015.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília: Mapa/ACS, 2009. 399p.

Coradi, P.C.; Helmich, J.C.; Fernandes, C.H.P.; Peralta, C.C. Drying kinetics, mathematical modeling and volumetric shrinkage of sunflower seeds (Helianthus Annuus L.). Energ. Agric., Botucatu, v.30, n.3, p.319-330, julho-setembro, 2015.

Farias, H. F. L.; Camargo, F. R. T.; Silva, I. L.; Faria, R. C.; Machado, V. S.; Devilla, I. A. Propriedades físicas, térmicas e aerodinâmicas de grãos de mamona. In: Anais do IV Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da UEG. v. 4. 2018.

Jesus, F. F. De; Souza, T. G. De; Teixeira, G. C. Da S.; Teixeira, I. R.; Devilla, I. A. Propriedades Físicas de Sementes de Feijão em Função dos Teores de Água, Revista Engenharia da Agricultura, Viçosa, MG, v. 21, n.1, Janeiro/Fevereiro, 2013.

Malike, M. A.; Saini, C. S. Engineering properties of sunflower seed: Effect of dehulling and moisture content. Cogent Food & Agriculture, v.2, n.1, p.1145783, 2016.

Mohsenin, N. N. Physical properties of plant and animal materials. New York, Gordon and Breach Science Publishers, 1970. 734p.

Mohsenin, N. N. Physical properties of plant and animal materials. New York: Gordon and Breach science publishers Inc., 1986. 734p.

Muder, S.; Agryropoulos, D.; Muller, J. Class-based physical properties of air-classified sunflower seeds and kernels.Bosystemsengineering, n. 164, p. 124 -134, 2017.

Oliveira, D. E. C. de.; Santos, M. N. S. dos.; Rufatto, S. Forma e tamanho dos grãos de milho da cultivar P3646 submetidos a diferentes condições de ar de secagem. Nativa, Sinop, v. 02, n. 03, p. 162-165, jul./set., 2014.

Oliveira, G. S. Aplicação do processo de liofilização na obtenção de cajá em pó: avaliação das características físicas, físico-químicas e higroscópicas. 2012. 83 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos). Universidade Federal do Ceará. Fortaleza – CE, 2012.

Silva, D. G. Secagem de alimentos: uma abordagem teórica. 2017. 30 f. Monografia (Graduação em Química Industrial) - Universidade Estadual da Paraíba. Campina Grande – PB, 2017.

Silva, L. P. F. R.; Silva, S. N.; Silva, R. C.; Cândido, A. F. M.; Dantas, M. C. A. M.; Gomes, P. J. Propriedades físico-químicas das sementes de girassol oriundas de diferentes localidades. Anais... III Encontro Nacional da Agroindústria: desafios da segurança alimentar. Armistrong Martins da Silva (org.) – Bananeiras -PB, 2017.

Silva, R. M.; Silva, E. A. C.; Silva, E. C. O.; Nunes, J. S.; Silva, S. N.; Gomes, J. P. Propriedades físicas dos grãos de soja em diferentes tempos de secagem. Anais... III Encontro Nacional da Agroindústria: desafios da segurança alimentar. Armistrong Martins da Silva (org.) – Bananeiras -PB, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-544

Refbacks

  • There are currently no refbacks.