Educação alimentar e nutricional na promoção do consumo adequado de sódio na doença renal crônica / Food and nutritional education in promoting the appropriate consumption of sodium by people with chronic kidney disease

Michelle Adler de Oliveira, Jordanna de Souza Ferreira, Maria Luiza Ferreira Stringhini, Karine Anusca Martins, Ana Tereza Vaz de Souza Freitas

Abstract


O rim é um importante órgão na manutenção da homeostasia corporal. Quando lesionado sofre perda de funções de forma irreversível e gradativa, o que acarreta a doença renal crônica. Diagnosticada previamente, a progressão desta enfermidade pode ser retardada com medidas terapêuticas e, assim, melhorar a qualidade de vida do paciente. A alimentação adequada e saudável é uma das formas de controle destas alterações renais. O projeto de extensão “Educação Alimentar e Nutricional: promovendo alimentação saudável e adequada para portadores de Doença Renal Crônica”, por meio da educação alimentar e nutricional, objetivou conscientizar os atores sobre a relação entre função renal e alimentação com foco em nutrientes de maior relevância para esta doença, como o sódio, e garantir o empoderamento e autonomia para aprimorar as escolhas alimentares. As atividades foram desenvolvidas no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás com portadores de doença renal crônica e seus acompanhantes, utilizando-se de metodologia participativa, problematizadora, com atividades lúdicas e interativas. Organizações, diretrizes e comissões científicas abordam a importância da promoção da saúde em relação aos fatores de risco e ao enfrentamento da patologia renal. Todavia, estas informações são de difícil compreensão para a maioria dos pacientes. Assim, o presente projeto apresenta essa literatura científica e os conhecimentos relacionados à área da alimentação, de forma pedagógica e compreensível para a população, com vistas a gerar conhecimento e empoderamento. Além disso, o projeto promove a percepção sobre a doença e os benefícios do tratamento para garantir autonomia para uma melhor, mais adequada e mais saudável escolha alimentar.

 


Keywords


Insuficiência renal crônica. Educação nutricional. Cloreto de sódio.

References


Abensur H, Júnior GBS. Os integrantes do Departamento de Epidemiologia e Prevenção da Doença Renal Crônica da SBN comentam a relevância da data. Sociedade Brasileira de Nefrologia Informa. 2017;24(109):10-1.

Ammirati AL. Fisiopatologia da doença renal crônica. In Cuppari L, Avesani CMN, Kamimura MA. Nutrição na doença renal crônica. São Paulo: Editora Manole; 2013. cap. 2. p. 15-32.

Silva MIB, Barreto JGP, Avesani CM. Adesão à orientação dietética. In Cuppari L, Avesani CMN, Kamimura MA. Nutrição na doença renal crônica. São Paulo: Editora Manole; 2013. cap. 20. p. 403-26.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada e Temática. Diretrizes Clínicas para o Cuidado ao paciente com Doença Renal Crônica – DRC no Sistema Único de Saúde. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2014. Disponível em: Acesso em agosto de 2019.

Brasil. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Marco de referência de educação alimentar e nutricional para as políticas públicas. Brasília, DF: MDS; Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, 2012. Disponível em: http://www.mds.gov.br/webarquivos/arquivo/seguranca_alimentar/caisan/Publicacao/Educacao_Alimentar_Nutricional/1_marcoEAN.pdf. Acesso em outubro de 2020.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria no 389, de 13 de março de 2014. Define os critérios para a organização da linha de cuidado da pessoa com Doença Renal Crônica e institui incentivo financeiro de custeio destinado ao cuidado ambulatorial pré-dialítico. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2014. Disponível em: . Acesso em agosto de 2019.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação de Saúde. Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) no Brasil 2011-2022. Brasília: Ministério da Saúde; 2011. Disponível em: . Acesso em agosto de 2019.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa de orçamentos familiares 2008-2009: análise do consumo alimentar pessoal no Brasil / IBGE, Coordenação de Trabalho e Rendimento. Rio de Janeiro: IBGE, 2011. 150 p.

Brasil. Organização Pan-Americana da Saúde. Redução de Sal. Brasília, DF: Organização Pan-Americana da Saúde, 2016. Disponível em: . Acesso em agosto de 2019.

Brasil. Ministério da Saúde. Saúde alerta para prevenção e diagnóstico precoce da Doença Renal Crônica. Por Nicole Beraldo, da Agência Saúde. 2019. Disponível em: . Acesso em agosto de 2019.

Silva JPS, Silva LF, Guerra ED, Andrade LVB, Aguiar DS, Silva AP, Silva JJS. Educação em saúde na sala de espera: relato de experiência. Braz. J. of Develop. 2020;6(1):1057-66.

Brasil. Lei no 11.346, de 15 de setembro de 2006b. Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN com vistas em assegurar o direito humano à alimentação adequada e dá outras providências. Publicado no DOU em 18.9.2006. Disponível em: . Acesso em agosto de 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-541

Refbacks

  • There are currently no refbacks.