Padronização Espacial da Expansão Urbana de Goiânia (1981-2020): Um enfoque sobre a região sudeste / Spatial Standardization of the Urban Expansion of Goiânia (1981-2020): A focus on the southeast region

Larissa Daniela Castro Moura, Leonardo Guerra de Rezende Guedes

Abstract


Este trabalho busca compreender a padronização espacial dos condomínios horizontais surgidos do processo de expansão urbana na Região Sudeste de Goiânia, pela transformação de espaços rurais em urbanos. Para análise utilizou-se dados obtidos de consultas à Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo, Lei do Estatuto da Cidade e Plano Diretor de Goiânia. Os dados foram tratados por meio da técnica de Clusterização k-means. Verifica-se uma correlação entre os padrões espaciais das áreas destinadas para diversos fins dos condomínios em determinado cluster e as datas de seus decretos de parcelamento urbano, demonstrando que o fator político temporal tem influência na interpretação dos instrumentos os instrumentos de regulação urbana pelos poderes executivo e legislativo municipal de Goiânia.


Keywords


Metropolização, Condomínios Horizontais, Territorialidade, Cidade Contemporânea, Goiânia.

References


ABRANO, P.; LOURENÇO, L. F. Características Estruturais da Mobilidade Residencial Intraurbana no Rio de Janeiro: uma perspectiva espacial a partir do geoprocessamento. Anais da XIII Semana do Planejamento Urbano e Regional, Rio de Janeiro, 2007.

AMARAL, A. B. et al. Gestão de condomínios: diferenças do vertical versus horizontal/Condominium management: differences from vertical versus horizontal. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 4, p. 20040-20047, 2020.

CASSIANO, K. M. Análise de Séries Temporais Usando Análise Espectral Singular (SSA) e Clusterização de Suas Componentes Baseada em Densidade. 2014.172 f. Tese (Doutorado) – Departamento de Engenharia Elétrica, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, 2014.

DE ALMEIDA, R. A. F.; DE REZENDE GUEDES, L. G. Desenvolvimento urbano e condição pós-moderna do setor sul da cidade de Goiânia/Urban development and post-modern neighborhood conditioon of south sector of Goiânia city. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 11, p. 25371-25385, 2019.

DE ARAUJO FILHO, J. C.; BOAVENTURA, Deusa Maria Rodrigues. Condomínio alphaville flamboyant, uma experiência urbana/Alphaville flamboyant condominium, an urban experience. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 1, p. 190-212, 2020.

HALL, P. Cidades do Amanhã. São Paulo: Perspectiva, 2016.

HAESBAERT, Rogério; MONDARDO, Marcos. Transterritorialidade e antropofagia: territorialidades de trânsito numa perspectiva brasileiro-latino-americana. GEOgraphia, v. 12, n. 24, p. 19-50, 2011.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos da metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Constituição da República Federativa do Brasil de 1.988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/ Constituicao.htm

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Lei n. 10.257, de 10 de julho de 2001. Regulamenta os artigos 182 e 183 da Constituição Federal, estabelece diretrizes gerais de política urbana e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/L10257.htm

PREFEITURA DE GOIÂNIA. Planos Diretores e Leis Municipais. Disponível em: http://www.goiania.go.gov.br

RESENDE, S. C. P.; TREVISAN, R. A Cidade Planejada e a Cidade Construída: Entre Paradigmas Modernos e Híbridos Contemporâneos. Anais do XIV Encontro Nacional ANPUR, Rio de Janeiro, 2011.

RESENDE, S. C. P. et al. Da Vila Redenção ao Condomínios Horizontais Fechados: Sprawl Urbano, especulação imobiliária e cidade-região na Região Sudeste de Goiânia. Anais do XVI Simpósio Nacional de Geografia Urbana-XVI SIMPURB, Vitória, v. 1, p. 665-684, 2019.

REZENDE, S. C. P. Expansão e fragmentação do território: Goiânia de cidade planejada à metrópole regional. DRd-Desenvolvimento Regional em debate, v. 9, n. ed. esp., p. 22-42, 2019.

SANTOS JUNIOR, O. A.; MONTANDO, D.T. Os Planos Diretores Municipais Pós-Estatuto da Cidade: balanço crítico e perspectivas. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2011.

SANTOS, M. et al. Território, Territórios: ensaios sobre o ordenamento territorial. 3. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2011.

SANTOS, M. A. Urbanização Brasileira. São Paulo: Edusp, 2005.

TEIXEIRA, T. R. A.; ANDRADE, Á. O conceito de território como categoria de análise. Anais XVI Encontro Nacional dos Geógrafos, Porto Alegre/RS, 2010.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2006.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-516

Refbacks

  • There are currently no refbacks.