VivacIDADE: Rede entre nós e os agenciamentos na construção de projetos de vida na velhice / EAGErness: Retworks between us and agencies in the construction of projects of life in old age

Gabriela Alves Mendes, Keila Cristianne Trindade da Cruz, Grasielle Silveira Tavares

Abstract


Trata-se de um ensaio que relata uma experiência durante a criação de um grupo de promoção à saúde para idosos no ano de 2019. O objetivo principal dos encontros era dar enfoque aos projetos de vida dos idosos, partindo das experiências e experimentações. Os resultados obtidos, corresponderam às construções de projetos de vida e de redes no envelhecimento, que fizeram parte de todo o processo, trazendo o território-rede como um dos focos enquanto intervenção terapêutica ocupacional para este grupo.


Keywords


Envelhecimento, Idoso, Planos e Programas de Saúde, Rede Social, Terapia Ocupacional, Território Sociocultural.

References


AMARAL, Shirlena Campos de Souza; BRUNELLI, Priscila Barbosa; SOUZA, Sheila Campos. Estética e envelhecimento humano em tempos líquidos: múltiplos olhares. In: ISTOE, Rosalee Santos Crespo; MANHÃES, Fernanda Castro; SOUZA, Carlos Henrique Medeiros (org.). Envelhecimento humano, inovação e criatividade: diálogos interdisciplinares. Campos dos Goytacazes, RJ: Brasil Multicultural, 2020.

BALLARIN, Maria Luisa Gazabim Simões. Abordagens Grupais. In: CAVALCANTI, Alessandra; GALVÃO, Cláudia (org.). Terapia Ocupacional – Fundamentação & Prática. Pg. 38-43. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan [reimp.] 2014.

BEAUVOIR, Simone de. A Velhice. Trad. Maria Helena Franco Monteiro. 5ª Ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.

BIANCHI, Pamela Cristina. Terapia Ocupacional, território e comunidade: desvelando teorias e práticas a partir de um diálogo latino-americano. 2019. Tese (Doutorado em Terapia Ocupacional) – Programa de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional, Universidade Federal de São Carlos, São Paulo, 2019.

BUNDIK, Mattew Joseph. Pursuing the good life: An examination of purpose, meaningful engagement, and psychological well-being in emerging adulthood. 2009. Dissertation (Doctor degree of Philosophy) – Stanford University, Stanford, 2009.

CASTRO, Eliane Dias. Atividades Artísticas e Terapia Ocupacional: construção de linguagens e inclusão social. 2001. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) – Universidade de São Paulo, São Paulo. 2001.

COSTA, Samira Lima, MENDES, Rosilda. Redes Sociais Territoriais: Primeiras Palavras. In: COSTA, Samira Lima; MENDES, Rosilda. Redes Sociais Territoriais. Pg. 17-32. Ficha cartográfica elaborada pela Biblioteca da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas/Unifesp, São Paulo. 2014.

CUNHA, Ana Cristina.; SANTOS, Thais Fernanda. A utilização do grupo como recurso terapêutico no processo da terapia ocupacional com clientes com transtornos psicóticos: apontamentos bibliográficos. Cadernos de Terapia Ocupacional da UFSCar, São Carlos, v. 17, n.2, p 133-146, jul./dez. 2009.

DELEUZE, Gilles.; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora 34, 2011a. vol. 1.

DELEUZE, Gilles.; PARNET, Claire. Diálogos. São Paulo: Escuta, 1998.

FERREIRA, Vitor Hugo Sales, LEÃO, Luiza Rosa Bezerra, & FAUSTINO, Andrea Mathes. Ageísmo, políticas públicas voltadas para população idosa e participação social. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 42, 2020.

GALHEIGO, Sandra Maria. Terapia ocupacional, cotidiano e a tessitura da vida: aportes teórico-conceituais para a construção de perspectivas críticas e emancipatórias. Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional, v. 28, n.1, p. 5-25. 2020.

LIMA, Elizabeth Maria Freire de Araújo. A análise de atividade e a construção do olhar do terapeuta ocupacional. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, São Paulo, v. 15, n. 2, p. 42-48, mai./ago. 2004.

LIMA, Elizabeth Maria Freire de Araújo. Uma perspectiva ético-estético-política para as atividades em terapia ocupacional. In: SILVA, Carla Regina. (org). Atividades humanas e terapia ocupacional: saber-fazer, cultura, política e outras resistências. São Paulo: Hucitec, 2019.

LIMA, Martha Savana de Sousa. et al. A tenda do conto como possibilidade de encontro entre serviço, ensino e comunidade. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 1984-2147, Florianópolis, v.10, n.26, p.101-114, 2018.

MERHY, Emerson Elias. Saúde: a cartografia do trabalho vivo. São Paulo: Hucitec, 2002.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE – OMS. Envelhecimento ativo: uma política de saúde. Brasília: Organização Pan-Americana de Saúde, 2005.

PEREZ, Marina Picazzio.; ALMEIDA, Maria Helena Morgani. O processo de revisão de vida em grupo como recurso terapêutico para idosos em Terapia Ocupacional. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, São Paulo, v. 21, n. 3, p. 223-229, set./dez. 2010.

RYFF, Carol Diane. Happiness is everything, or is it? Explorations on the meaning of psychological well-being. Journal of Personality and Social Psychology, v. 57, n.6, p. 1069-1081, 1989.

SABATÉ, Roberta Cristina Delboni. Envelhecimento e sociedade: um debate sobre o lugar do idoso no Brasil contemporâneo. (Mestrado em Ciências Sociais) Universidade Estadual Paulista, São Paulo, 2016.

SANTANA, Carla da Silva; BELCHIOR, Carolina Guimarães. A velhice nas telas do cinema: um olhar sobre a mudança dos papéis ocupacionais dos idosos. Kairós Gerontologia, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 93-116, mar. 2013.

SANTANA, Carla da Silva, BERNARDES, Marina Soares, Molina, Amanda Marcócio Touro Bianco. Projetos de vida na velhice. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, v. 21, n. 1, p. 171-186, 2016.

SANTOS, Luciane de Medeiros, et al. Grupos de promoção à saúde no desenvolvimento da autonomia, condições de vida e saúde. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 40, n.2, p. 346-352, 2006.

SILVEIRA, Nise da. Jung: vida e obra / Nise da Silveira – 7- ed.– Rio de Janeiro. Paz e Terra, 1981.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-513

Refbacks

  • There are currently no refbacks.