Ensino de ciências: Uma análise da relevância em se utilizar jogos lúdicos nos anos iniciais / Science teaching: An analysis of relevance in using play games in the initial years

Jucilene Oliveira de Sousa, Marcos Vieira Araujo, Edilma da Silva Ribeiro, Gilmara Batista de Souza, Dâmaris Souza de Nojosa Pais, Rosivânia Demétrio Magalhães, Erismilta Sucupira Ferro Carneiro

Abstract


Apesar do componente curricular Ciências possuir assuntos interessantes, geralmente, as salas de aula não oferecem um ambiente que favoreça a concentração e a participação de todos os estudantes, então, faz-se necessário metodologias de ensino que despertem um aprendizado instigante nos alunos. Nesse contexto, as atividades lúdicas aparecem como uma possível alternativa, diante disso, o objetivo principal desta pesquisa é evidenciar a importância dos jogos lúdicos no processo de ensino e aprendizagem de Ciências. Para isto, a metodologia adotada foi a pesquisa qualitativa, por meio de levantamento bibliográfico e com aplicação de um questionário direcionado aos professores que lecionam no 5º ano do Ensino Fundamental, das escolas municipais Jesus de Nazaré e Irmã Leonilde Dal Pós, do município de Mucajaí-Roraima. Verificou-se que os docentes, por unanimidade, reconhecem a relevância dos jogos lúdicos para o ensino e aprendizagem, porém, mencionaram a falta de material disponível na escola como uma das dificuldades para o seu uso constante nas aulas de Ciências.

Keywords


Jogos lúdicos, Ciências, Ensino Fundamental.

References


ALMEIDA, A. Ludicidade como instrumento pedagógico. 2009. Disponível em: http://www.cdof.com.br/recrea22.htm. Acesso em: 03 mai. 2019.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br. Acesso em: 12 jan. 2019.

______. IBGE. 2017 Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rr/mucajai/panorama. Acesso em: 17 mai. 2019.

______. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 23 out. 2018.

______. Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica. Brasília: MEC; SEB; DICEI, 2013. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=13448-diretrizes-curiculares-nacionais-2013-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 16 nov. 2018.

______. Conselho Nacional de Educação; Câmara de Educação Básica. Parecer nº 11, de 7 de julho de 2010. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 (nove) anos. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=6324-pceb011-10&category_slug=agosto-2010-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 23 out. 2018.

CRUZ, M. S. Dificuldades na aprendizagem de ciências naturais no 6º ano do ensino fundamental da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Orlando Freire, Porto Velho, Rondônia. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso - Faculdades Integradas Aparício Carvalho. Disponível em: https://www.webartigos.com/artigos/dificuldades-na-aprendizagem-de-ciencias-naturais-no-6-ano-do-ensino-fundamental-da-escola-estadual-de-ensino-fundamental-e-medio-professor-orlando-freire-porto-velho-rondonia/59108. Acesso em: 25 out. 2018.

DOMINGUES, A. M. S.; MARCELINO, C. de A. Jogos educativos aplicados no ensino de ciências: uma análise dos trabalhos apresentados no enpec. Anais, XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química (XVIII ENEQ). Florianópolis, SC, Brasil – 25 a 28 de julho de 2016.

FERREIRA, Z. R. S. O ensino de ciências naturais e sua importância. 2013.Disponível em: https://www.webartigos.com/artigos/o-ensino-de-ciencias-naturais-e-sua-importancia/116403. Acesso em: 01/11/2018.

GIL. A. C. 2010. Como elaborar projeto de pesquisa. 5.ed., São Paulo, Altas, 200 p.

JESUS, L. A. C. O lúdico e sua contribuição para o processo de ensino aprendizagem no ensino de ciências. 2014. 28 p. Monografia (Especialização em Ensino de Ciências). Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2014.

KIYA, M. C. S. O uso de Jogos e de atividades lúdicas como recurso pedagógico facilitador da aprendizagem, In: Os Desafios da Escola Pública paranaense na Perspectiva do Professor PDE. Produções Didático-Pedagógicas. Cadernos PDE. Ortigueira-PR, V. II, 2014.

LAKATOS, E. M. Metodologia cientifica. 7ed. São Paulo: Gen/Atlas, 2018.

LEAL, L. A. B.; D’ÁVILA, C. M. A ludicidade como princípio formativo. Interfaces Científicas – Educação. Aracaju, V.1, N.2, p. 41-52, fev. 2013.

LUCKESI, C. C. 2015. Desenvolvimento dos estados de consciência e ludicidade. Disponível em: http://luckesi002.blogspot.com/2015/. Acesso em: 07 mai 2019.

______. Ludicidade e formação do educador. Revista Entreideias, Salvador, v. 3, n. 2, p. 13-23, jul./dez. 2014.

PAIS, H. M. V.; SILVA, R. C. S.; SOUZA, S. M.; FERREIRA, A. R. O.; MACHADO, M. F. A Contribuição da ludicidade no ensino de ciências para o ensino fundamental. Simpósio Nacional de Ensino de Ciências e Tecnologia-VI SINECT. Ponta Grossa, 2018.

SOUZA, E. F. Alfabetização e o Lúdico: A Importância dos Jogos na Educação Fundamental. Monografia. Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium – UNISALESIANO, Lins-SP, 2013.

VIECHENESKI, J. P.; CARLETTO, M. Por que e para quê ensinar ciências para crianças, Revista Bras. de Ensino de C&T, V. 6, N. 2, mai-ago, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-496

Refbacks

  • There are currently no refbacks.