Atendimento odontológico ambulatorial do Pet - clínica: atenção a pessoas com necessidades especiais/ Pet ambulatorial odontological service - clinical: attention to people with special needs

Maylanne Freitas dos Santos, Daiana Arcanjo Silva, Daniel Luan da Silva, Jemima Brandão Oliveira, Liliane Oliveira Gomes, Matheus de Araujo Melo, Naire Ferreira de Oliveira, João Victor dos Santos Cardoso, Thais Ribeiro Nogueira Alves, Ana Aurea Alécio de Oliveira Rodrigues, Myria Conceição Cerqueira Félix, Hervânia Santana da Costa

Abstract


O objetivo desse trabalho é relatar à comunidade científica e aos demais interessados o atendimento odontológico – sua importância e suas técnicas – às crianças portadoras da recente Síndrome Congênita do Vírus Zika (SCZV) e portadores de Anemia Falciforme realizado pelo PET-Odontologia, da Universidade Estadual de Feira de Santana, por meio da sua atividade extensionista denominada PET-Clínica e o impacto dessas ações para a comunidade.  Para subsidiar as nossas reflexões, utilizamos como método investigativo a pesquisa, leitura e discussões em torno da temática abordada.  Desse modo, pudemos compreender que o trabalho desenvolvido pelo PET-Clínica vem garantindo à promoção e manutenção da saúde bucal dessa população. Os resultados encontrados demonstram que é necessária a presença de profissionais de saúde bucal capacitados para o atendimento a pessoas com necessidades especiais na rede de saúde dos municípios, no intuito de realizar o tratamento destes pacientes de acordo com suas especificidades e orientar corretamente seus cuidadores quanto aos cuidados com a saúde bucal.


Keywords


Microcefalia, Anemia falciforme, extensão universitária, saúde bucal, educação em saúde.

References


BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Orientações Integradas de Vigilância e Atenção à Saúde no Âmbito da Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional. Distrito Federal: Ministério da Saúde, 2017. 158 p.

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Manual de saúde bucal na doença falciforme. Distrito Federal: Ministério da Saúde, 2007. 73 p.

DE JESUS JÚNIOR, A.; MANIÇOBA, É. F.; COSTA, K. S.; FALCÃO, T. S. A.; RODRIGUES, A. A. A. O. Atendimento do pet clínica aos pacientes com anemia falciforme: um relato de experiência. Revista Extensão, Cruz das Almas, BA, v. 15, ed. 1, p. 71-75, 2019. ISSN: 2236-6784. Disponível em: https://www2.ufrb.edu.br/revistaextensao/images/Revista_Extens%C3%A3o_15%C2%BA_volume-_publicar.pdf. Acesso em: 20 maio 2020.

SÁ, M, R, C; PONE, S, M. Atenção Integral às Crianças com Alterações do Crescimento e Desenvolvimento Relacionadas às Infecções Zika e STORCH: CONTEXTO EPIDEMIOLÓGICO DA ZIKA E STORCH. Recife: Fiocruz/Ministério da Saúde, 2018.

SOUZA, I. M.; ARAÚJO, E. M. Doença falciforme e triagem neonatal: um debate necessário. Feira de Santana: Revista de Saúde Coletiva da UEFS, 2015.2

SANTANA, W. J.al.Impactos da microcefalia no Brasil e no mundo: revisão sistemática e meta-análise. Brazilian Journal of Development, Curitiba, ano 2020, v. 6, n. 7, p. 51861-51871, 27 jul. 2020. DOI 10.34117/bjdv6n7-726. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/13971/11680. Acesso em: 5 set. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-476

Refbacks

  • There are currently no refbacks.