A educação física como meio de inclusão social: O caso do Ceará / Physical education as a media for social inclusion: The case of Ceará

Aline Soares Campos, Carla Samya Nogueira Falcão, Francisca Sueli Farias Nunes, Gardenia Coelho Viana, Luiza Lúlia Feitosa Simões, Manoela de Castro Marques Ribeiro, Heraldo Simões Ferreira

Abstract


A Educação numa perspectiva inclusiva é aquela onde todos os alunos dispõem das oportunidades para aprender de acordo com suas capacidades, sendo necessário o envolvimento de toda a comunidade escolar. A Educação Física (EF) se apresenta como indispensável nesse processo inclusivo, no qual suas aulas podem favorecer um ambiente lúdico para trabalhar as diferenças por meio dos seus conteúdos. Este estudo objetivou identificar o processo de inclusão de alunos com deficiência através das aulas de EF, baseado em uma revisão bibliográfica dos periódicos Scielo, CAPES e Google Acadêmico no qual foi estabelecido uma leitura exaustiva sobre a temática. Como resultado, constatou-se que mesmo depois de décadas, a inclusão de pessoas com deficiência ainda apresenta diversos desafios. Elaborar uma proposta de Educação Física Inclusiva não é algo simples, pois depende de vários fatores, tais como: a) Participação efetiva de toda a comunidade escolar, a relevância social e as estratégias didáticas e diversas possibilidades de acessibilidade e tecnologias educativas;  b) Planejamento escolar amplo e comum a todos, buscando dar respostas educativas com respeito às diferenças, sempre reavaliando de acordo com as habilidades motoras e sociais de cada turma; e c) Participação conjunta dos alunos com e sem deficiência nas aulas e tarefas propostas e implementação de atividades complementares a partir de princípios pedagógicos da Educação Física Adaptada, buscando desenvolver habilidades que lhe permitam um maior sucesso.


Keywords


Educação Inclusiva, Educação Física, Educação Física Inclusiva.

References


AGUIAR, J. S. O Jogo no Ensino de Conceitos a Pessoas com Problemas de Aprendizagem: Uma Proposta Metodológica de Ensino. Pós-Doutorado em Educação Especial-UFSCAR 2002. 71f.

AGUIAR, J.S.; DUARTE, E. Educação inclusiva: um estudo na área da educação física. Rev. Bras. Ed. Esp., v.11, n.2, p.223-240. Marília. 2005,

ANTUNES, A. C. Mercado de trabalho e educação física: aspectos da preparação profissional. Revista de Educação da Anhanguera Educacional, Valinhos, v. 10, n. 10, p. 141-149, 2007.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Censo da Educação Básica 2019: notas estatísticas. Brasília, 2020.

CAMPOS, A.S; GARDÊNIA, C.V.; SIMÕES, L.L.; FERREIRA, H.S. Jogo como auxílio no processo ensino aprendizagem: as contribuições de Piaget, Wallon e Vygotsky. Brazilian Journal of Development, v.6, n.5, p.27.127-27144. May. 2020.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino da educação física. São Paulo: Cortez, 1992.

COSTA, A.M.; SOUSA, S.B. Educação física e esporte adaptado: história, avanços e retrocessos em relação aos princípios da integração/inclusão e perspectivas para o século XXI. Rev. Bras. Cienc. Esporte, Campinas, v. 25, n. 3, p. 27-42, maio 2004.

DAXENBERGER, A.C.S.; POLIA, A.A. Inclusão: Do Discurso às Práticas Educacionais. Curitiba. Appris.2018.

FALCÃO, C.S.N. Envolvimento de crianças autistas em bullying de acordo com elas próprias, pais e professores de educação física. Dissertação de Mestrado. UFC. 2017.

FERREIRA, E.L.; CATALDI, C.L. Implantação e implementação da Educação Física inclusiva. Revista Educação Especial, v. 27, n. 48, p. 79-94. 2014.

GHILARD, R. Formação profissional em educação física: a relação teoria e prática. Motriz, v.4, n.1. 1998.

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada-IPEA. Sobre a redução das matrículas no ensino médio regular. Texto para discussão, n.1421, set. 2009.

Instituto Rodrigo Mendes-IRM. Portas abertas para a inclusão. Educação física inclusiva. Coletânea de Práticas. 2016.

LAPLANE, A.L.F. O que os dados do censo escolar revelam sobre as barreiras à inclusão? Educação e Fronteiras On-Line, Dourados/MS, v.5, n.13 p.7-20, maio/ago. 2015.

MEIRIEU, P. A. Pedagogia entre o Dizer e o Fazer. Porto Alegre: Artmed, 2002.

TOJAL, J.B.A.G. Formação de profissionais de educação física e esportes na América Latina. Movimento & Percepção, Espirito Santo de Pinhal, SP, v.5, n.7, jul./dez..2005.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-437

Refbacks

  • There are currently no refbacks.