Apropriação da Mídia Radical contra-hegemônica nas reflexões do movimento sindical do sudeste Paraense / Counter-hegemonic Radical Media Appropriation in the reflections of the Southeast Paraense Trade Union Movement

Jax Nildo Aragão Pinto, Ingrid Gomes Bassi, Suelen de Aguiar Silva

Abstract


Pesquisa sobre o movimento sindical do sudeste do Pará (Amazônia Oriental), na cidade de Rondon do Pará. A investigação exploratória e analítica objetiva compreender como a teoria sobre a Mídia Radical de John Downing (2002) é apropriada involuntariamente no contexto de atuação do movimento sindical citado. Os procedimentos metodológicos utilizados foram a pesquisa bibliográfica e a entrevista semiaberta. Como resultado, foi desenvolvido o estudo inter-relacionando as práticas reivindicatórias de protesto e comunicação do movimento sindical com o aporte teórico, problematizando a crítica sociocultural das lideranças e ativistas, como interlocutores e fomentadores de direito civil, político e social. As iniciativas e procedimentos construídos coletivamente no movimento colaboraram com a perspectiva cidadã de transformação social no espaço de atuação do movimento, na cidade e região.


Keywords


Mídia Radical, Movimento sindical, Rondon do Pará, Amazônia Oriental, Cidadania.

References


BRITO, José Soares. Entrevista concedida para os autores, na produção do presente artigo. Arquivo documental. Jun. de 2019.

COSTA, Francisco de Assis. Questão agrária e macropolíticas para a Amazônia. Estudos Avançados 19 (53), 2005.

COUTINHO, Eduardo G. Comunicação e Contra-hegemonia: processos culturais e comunicacionais de contestação, pressão e resistência. Rio de Janeiro: UFRJ, 2008.

DANTAS, Rodrigo. Ideologia, hegemonia e contra-hegemonia, in: COUTINHO, E. G (Org.). Comunicação e Contra-hegemonia: processos culturais e comunicacionais de contestação, pressão e resistência. Rio de Janeiro: UFRJ, 2008.

DOWNING, John D. H. Mídia Radical: rebeldia nas comunicações e movimentos sociais. São Paulo: Editora Senac, 2002.

DUARTE, Jorge. Entrevista em Profundidade, in: DUARTE, J.; Barros, A. (Orgs). Métodos e Técnicas de Pesquisa em Comunicação. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2015.

GOHN, Maria da Glória. Novas Teorias dos Movimentos Sociais. 4ª ed. São Paulo: Edições Loyola, 2012. 166p.

EMMI, Marília. A Oligarquia do Tocantins e o domínio dos Castanhais. Belém: CFCH/NAEA/UFPA, 1987.

HÉBETTE, J. Movimentos Sociais Contemporâneos no Campo Paraense. In: Cruzando a Fronteira: 30 anos de estudo do campesinato na Amazônia. Vol. II. Hébette, J. Belém: EDUFPA, 2004 (197-2011).

MARTINS, José de Souza. Expropriação e Violência: a questão política no campo. 3ª edição, São Paulo: Hucitec, 1991.

PAIVA, Raquel. Contra-mídia-hegemônica, in: COUTINHO, E. G (Org.). Comunicação e Contra-hegemonia: processos culturais e comunicacionais de contestação, pressão e resistência. Rio de Janeiro: UFRJ, 2008.

PEREIRA, Airton dos Reis. Do Posseiro ao Sem Terra: a Luta pela Terra no Sudeste do Pará. Recife: Editora da UFPE, 2015.

PERUZZO, Cicilia M. Krohling. Comunicação nos movimentos populares: a participação na construção da cidadania. 3ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004.

PICOLLOTO, Everton Lazzaretti. Os Atores da Construção da Categoria Agricultura Familiar no Brasil. RESR, Piracicaba-SP, Vol. 52, Supl. 1, p. S063-S084, 2014 – Impressa em fevereiro de 2015.

SETRAN-PARÁ. Dados Setran. Disponível em: http://setran.pa.gov.br/site/. Acesso em 17 de jun. de 2019.

SILVA, Idelma Santiago da. Migração e Cultura no Sudeste do Pará: Marabá (1968-1988). Dissertação de Mestrado. UFG, 2006.

SILVA, S. de A. (2018). Comunicação, movimentos sociais e redes: por um projeto biopolítico e comunitário da multidão. Tese (Doutorado em Comunicação Social) - Escola de Comunicação, Educação e Humanidades da Universidade Metodista de São

Paulo, São Bernardo do Campo.

STUMPF, Ida Regina. Pesquisa Bibliográfica, in: DUARTE, Jorge; BARROS, Antonio. Orgs. Métodos e Técnicas de Pesquisa em Comunicação. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2015.

VELHO, O. G. Frentes de Expansão e Estrutura Agrária: estudo do processo de penetração numa área da Transamazônica. Rio de Janeiro: Editora Zahar, 1972.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-350

Refbacks

  • There are currently no refbacks.