Aspectos biológicos do gênero Costus com enfâse na Costus Spiralis / Biological aspects of the Costus gender with emphasis in Costus Spiralis

Raissa da Conceição Santos, Viviane da Silva Lima, João Victor do Nascimento Nunes, Jamilly Moura Feitosa, Renata Magalhães Ramos, Jessica da Silva Siqueira, Lydja Rayhanne Dário Ferreira, Armando Ramos de Lima, Gabriela Cavalcante da Silva

Abstract


Introdução: As plantas medicinais produzem ampla variedade, no que se diz respeito às substâncias químicas de seu metabolismo secundário, as quais expressam atividades biológicas constituindo fontes de recursos terapêuticos complementares à medicina convencional. Dentre a biodiversidade, destaca-se a Costus spiralis, pertencente à família Costaceae, conhecida popularmente como cana-do-brejo é utilizada pela população por possuir atividades anti-inflamatória, antimicrobiana, dentre outras. Objetivo: Realizar um levantamento bibliográfico sobre o perfil fitoquímico, citotóxico e terapêutico do gênero da Costus com ênfase na Costus spiralis. Metodologia: Foram utilizadas as bases de dados como, Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Scientific Electronic Library Online - Biblioteca eletrônica científica online (SCIELO) e Medical Literature Analysis and Retrieval System Online - Sistema Online de Busca e Análise de Literatura Médica (MEDLINE), e Science Direct, seguindo os descritores, Costus, citotóxico e terapêutico, dos últimos cinco anos. Resultados: A espécie Costus spiralis demonstra possíveis atividades biológicas devido à presença de metabólitos secundários que contribuem para terapia de várias doenças. Dentre eles estão os fenóis, alcaloides, flavonoides e taninos, que contribuem para sua ação antiurolítica, anti-inflamatória, diurética, adstringente e hipoglicemica, comprovando-se essas propriedades por meio de bases empíricas. Conclusão: As comprovações científicas de efeitos farmacológicos da Costus spiralis, tornam-a fonte promissora para o desenvolvimento de novos fármacos, requerendo testes mais aprofundados e conclusivos de segurança e eficácia dos mesmos.


Keywords


Costus, Citotóxico, Terapêutico.

References


ABDELSALAM, M. A. M. H. Synthesis, Antiurolytic Activity, and Biotransformation Studies of Phyllo-quinic Acids from Copaifera Species by Filamentous Fungi. Ribeirão Preto, Dissertação, (Tese Doutorado). p.149, 2018.

ASCÊNCIO, P. G. M. et al. Chemical Assessment and Antimicrobial and Antioxidant Activities of Endophytic Fungi Extracts Isolated from Costus spiralis (Jacq.) Roscoe (Costaceae). Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine, v.14. p.10, 2014.

AZEVEDO, L. F. P. et al. Triagem Fitoquímica e Atividade Antioxidante de Costus spicatus (Jacq.) S. w. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 16, p.209-215, 2014.

BITENCOURT, A. P. R; ALMEIDA, S. S. M. S. Estudo Fitoquímico, Toxicológico e Microbiológico das Folhas de Costus spicatus Jacq. Biota Amazônia, v. 4, p. 75-79, 2014.

BORGES, P. M. O; CRUZ, S. A. B; SILVA, A. C. Avaliação da atividade tóxica e do perfil fitoquímico de Costus spicatus e Jatropha multifida. Simpósio de Química, 2018.

CAMPOS, S. C; SILVA, C. G; CAMPANA, P. R. V; ALMEIDA, V. L. Toxicidade de Espécies Vegetais. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 18, n. 1, p.373-382; 2016.

CASANOVA, L. M; COSTA, S. S. Interações sinérgicas em produtos naturais: potencial terapêutico e desafios. Rev. Virtual Quim. v.9, p.575-595, 2017.

CASSAS, F. et al. Canteiros de Plantas Medicinais, Condimentares e Tóxicas como Ferramenta de Promoção à Saúde no Jardim Botânico de Diadema, SP, Brasil. Revista Ciência em Extensão, v. 12, n. 2, p.37-46; 2016.

DIAS, K. S. T. et al. Aplicações recentes da abordagem de fármacos multialvo para o tratamento da doença de Alzheimer. Rev. Virtual Quim. v.7, p.609-648; 2015.

DUARTE, R. C; ANDRADE, L. A; OLIVEIRA, T. Revisão da Planta Costus Spiralis (JACQ.) Roscoe: Pluralidade em Propriedades Medicinais. Revista Fitos, Rio de Janeiro, v. 11. n.2; p.119-249; 2017.

DUARTE, R. C. et al. Effect of Costus spiralis (Jacq.) Roscoe Leaves, Methanolic Extract and Guaijaverin on Blood Glucose and Lipid Levels in a Type II Diabetic Rat Model. Chem Biodivers, v.1, n.2, p. 3; 2019.

ELLER, S. C. W. et al. Avaliação Antimicrobiana de Extratos Vegetais e Possível Interação Farmacológica in vitro. Journal of Basic and Applied Pharmaceutical Sciencies, v. 36, n.1; 2015.

FREITAS, A. V. L. et al. Diversidade e Usos de Plantas Medicinais nos Quintais da Comunidade de São João da Várzea em Mossoró RN. Rev. bras. plantas med, v.17, n.2, p. 845-856; 2015.

GIOVANNINI, P; HOWES, M. J; EDWARDS R; S. E. “Medicinal plants used in the traditional management of diabetes and its sequelae in Central America: A review”. J. Ethnopharmacol. v.184, p.58-71, 2016.

KABERA, J. N. et al. Plant Secondary Metabolites: Biosynthesis, Classification, Function and Pharmacological Properties. Journal of Pharmacy and Pharmacology, v. 2, p. 377-392. 2014.

MEYER, B. N. et al. Brine shrimp: A convenient general bioassay for active plant constituents. Planta Médica, v. 45, p. 31-34. 1982.

NEWMAN, D. J; CRAGG, G. M. Natural Products as Sources of New Drugs From 1981 to 2014. Journal of Natural Products, v. 79, p. 629-661, 2016.

NUNES, J. V. N. et al. Aspectos biológicos e terapêuticos do gênero Microgramma, família Polypodiace. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 7, p. 50403-50416, 2020.

OLIVEIRA, A. P. C. O. Conhecimento Tradicional Sobre Plantas Medicinais no Âmbito da Saúde da Mulher: Uma Perspectiva no Contexto do Produto Tradicional Fitoterápico. Revista Fitos, Rio de Janeiro, v.10; n.10, p.1-62, 2017.

OLIVEIRA, A. P. et al. Costus spiralis (Jacq.) Roscoe: A Novel Source of Flavones with α‐Glycosidase Inhibitory Activity. Chem Biodivers, v. 15, n. 1, p.170-421, 2018.

PEDROSA, D. M. Análise do Perfil Químico e Investigação dos Potenciais Antioxidante, Antibacteriano e Citotóxico in vitro de Extratos Obtidos do Caule de Costus spicatus Swartz (Costaceae). Trabalho Conclusão de Curso. Juiz de Fora - Jul.2017.

PICANÇO, L. C. S. et al. Pharmacological Activity of Costus spicatus in Experimental Bothrops atrox Envenomation. Pharmaceutical biology, v. 54, n. 10, p. 2103-2110. 2016.

ROBINSON, T. P. et al. A resistência a antibióticos é a questão de saúde por excelência. Transações da Sociedade Real de Medicina e Higiene Tropical, v. 110, n. 7, p. 377-380, 2016.

SANTOS, B. N. V. et al. Protocolo de Viabilidade de Grãos de Pólen de Costus Spiralis (Jacq.) Roscoe (Costaceae) Baseado em Distintos Métodos de Coloração e 2, 3, 5 Cloreto de Trifeniltetrazolio–Ttc. Revista De Ciências Agroambientais, v. 16, n. 2, p. 134-138, 2019.

SANTOS, B. N. V. et al. Estimativa da Viabilidade Polinica de Cana-de-Macaco Baseado no uso de 2, 3, 5 Cloreto de Trifeniltetrazolio Estimate of Viability Pollen of Monkey Cana Based on use of 2, 3, 5 Chloride. Ciência & Tecnologia: Fatec-JB, Jaboticabal, v. 7, p. 1-5, 2016.

SIGNORI, J. V. F; CORREA, T. W. Atividade Antimicrobiana e Identificação de Compostos de Plantas Medicinais de Uso Popular. Revista de Trabalhos Acadêmicos da FAM, v.1, n.1; p.1-49; 2016.

SILVA, J. R. O; SILVA, I. C. O; COELHO, M. F. B; CAMILI, E. C. As plantas e seus usos nos quintais de Alta Floresta, Mato Grosso. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 14, n. 3, p. 420-428; 2019.

SOUSA, W. C. et al. Avaliação in vivo do Potencial Cito / Genotóxico, Antigenotóxico e Antifúngico de Folhas e Hastes de Costus spiralis (Jacq.) Roscoe. A. Acad. Bras. Ciênc. v. 90, n.2, p.1-10; 2018.

YIN, Z. et al. α-Glucosidase inhibitors isolated from medicinal plants. Food Sci. Human Wellness, v.3, p.136-174, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-341

Refbacks

  • There are currently no refbacks.