Interação: cuidar, amar e respeitar a natureza / Interaction: caring, loving and respecting nature

Magaly Morgana Lopes da Costa, Caio Franklin Vieira de Figueiredo, Francisco Fabrício Damião de Oliveira, Glaucio de Meneses Sousa, Saul Ramos de Oliveira, Raiff Ramos Almeida Nascimento, Aliane Cristiane de Sousa Formiga

Abstract


Para que um projeto educativo tenha êxito, é necessário o envolvimento de toda comunidade escolar, cada um com suas funções e responsabilidades. A aprendizagem acontece na interação com o outro e suas vivências significativas com o conhecimento. O objetivo é auxiliar o aluno a desenvolver o pensamento crítico e discutir os problemas ambientais na formação educacional através de práticas pedagógicas que proporcionem o protagonismo, promovendo assim a compreensão da necessidade de ser sustentável. Na tentativa de reforçar o interesse dos alunos, por disciplinas que são considerada “impossíveis” de aprender, como a matemática, é importante buscar utilizar diferentes métodos de aprendizagem, para um melhor rendimento do aluno e, consequentemente, melhoria na qualidade do ensino, unindo os conteúdos norteadores do tema “lixo” com os conteúdos base, como forma de conscientizar os alunos sobre o tema. Portanto esse projeto “InterAÇÃO: Cuidar, amar e respeitar a natureza”, se justifica de maneira geral por ser uma proposta inovadora, porque parte de problemas que os alunos identificaram, além de se fazer presente no contexto sócio-histórico-cultural dos estudantes.


Keywords


Alunos, Coleta de lixo, Esgoto sanitário, Superação.

References


BRASIL. Ministério da Educação. Caderno Temático: Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis.

CONSUMO SUSTENTÁVEL: Manual de educação. Brasília: Consumers 2005. Disponível em: . Acessado em: mar. de 2018.

FREDERICO, S. M. A química do lixo: a contextualização no ensino de conceitos químicos, Secretaria de Educação do Estado do Paraná. V. 1, 2012.

IBGE. Pesquisa Nacional de Saneamento Básico – 2000. Rio de Janeiro, 2001.

NUÑEZ I.B.; RAMALHO, B.L. (Orgs). Fundamentos do Ensino-Aprendizagem das Ciências Naturais e da Matemática: O novo ensino médio. Porto Alegre: Sulina, 2004. PIP. Projeto de Intervenção Pedagógica da Escola Cidadã Integral Técnica de São Bento, 2017

OLIVEIRA, M. S. A importância da educação ambiental na escola e a reciclagem do lixo orgânico. Revista Científica Eletrônica de Ciências Sociais Aplicadas da Eduvale. Jaciara/MT Ano V, Número 07, 2012.

Política Nacional de Educação Ambiental, art 1° da Lei N°9. 795, de abril de 1999.

RIBEIRO H.; BESEN, G. R. Panorama da coleta seletiva no brasil: desafios e perspectivas a partir de três estudos de caso. Revista de Gestão Integrada em Saúde do Trabalho e Meio Ambiente - v.2, n.4, Artigo 1, 2007.

SANTOS, W.L.P.; SCHNETZLER, R.P. Educação em química: compromisso com a cidadania. Ijuí-RS: Unijuí, 2003.

SANTOS, C. A. C.; QUEIROZ ; MEIRELES, A. J. A. . Educação Ambiental como Prática de Interdisciplinaridade e Docência. In: XVI Encontro de Iniciação à Docência, 2007, Fortaleza. Encontros Universitários 2007. Fortaleza: UFC, 2007.

SAVIANI, D. Educação em Diálogo. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

WUILLDA, A. C. J. S.; OLIVEIRA, A. C.; VICENTE, J. S.; GUERRA, A. C. O. ; SILVA, J. F. M. ; Educação ambiental no Ensino de Química: Reciclagem de caixas Tetra Pak® na construção de uma tabela periódica interativa, Revista Química: Nova escola Vol. 39, N° 3, p. 268-276, São Paulo – SP; 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-336

Refbacks

  • There are currently no refbacks.