Uso popular e tradicional da mikania glomerata spreng e Mikania Laevigata Sch.Bip.Ex baker (GUACO) pela comunidade que frequenta o centro de referência em práticas integrativas em saúde (CERPIS) em Planaltina- DF / Popular and traditional use of mikania glomerata spreng and Mikania Laevigata Sch.Bip.Ex baker (GUACO) by the community attending the reference center on integrative practices in health (CERPIS) in Planaltina- DF

Rubens Malvezzi, Luana Aparecida Cirino de Jesus, Samuel Santos Dias, Alessandra Ferreira da Silva

Abstract


O uso de plantas medicinais pelos Centros de Medicina Alternativa é um hábito comum, que acaba relacionando o conhecimento popular com as indicações descritas nas literaturas. As pesquisas voltadas para o conhecimento popular e tradicional envolvem as questões culturais da população e as interações do homem com o meio ambiente. O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento, o uso popular e tradicional da mikania glomerata spreng e mikania laevigata sch.bip.ex baker (guaco) pela comunidade que frequenta o CERPIS-DF, visando sistematizar esse saber e adquirir informações sobre o modo de utilização do guaco, através dos conhecimentos tradicionais. Os dados foram coletados através de entrevistas com 50 frequentadores. Os resultados revelam que o guaco tem uma grande aceitação pelo público e que tem uma satisfatória eficácia, quando usado para o tratamento de diversas enfermidades. O conhecimento sobre o uso do guaco como medicamento, se mostrou presente em quase 95% dos entrevistados, se destacando as mulheres, que apresentaram um domínio sobre o uso de plantas medicinais. As folhas do guaco são adquiridas no CERPIS, as quais são utilizadas basicamente na forma de chá e xarope.


Keywords


Guaco, plantas medicinais, saberes tradicionais.

References


ALBUQUERQUE, U.; LUCENA, R.; ALENCAR, N. Métodos e técnicas na pesquisa etnobotânica. Recife: NUPEEA, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-309

Refbacks

  • There are currently no refbacks.