A relevância do responsável técnico nutricionista na prevenção de surtos alimentares em unidades de alimentação e nutrição / The relevance of the nutritionist technical responsible for the prevention of food outbreaks in food and nutrition units

Guttemberg Nery Dos Santos Júnior, Cháritas de Almeida Andrade, Gabriella Agrizzi Milanesi, Felippe Agrizzi Milanesi, Almir Milanesi, Lívia Souza Guimarães Rocha e Silva, Rodrigo Alves Bezerra

Abstract


As doenças transmitidas por alimentos (DTAs), são ocasionadas por microrganismos patogênicos, substâncias químicas tóxicas ou objetos lesivos, sendo identificadas quando uma ou mais pessoas apresentam sintomas similares, após a ingestão de alimentos contaminados. Destacando-se o papel do nutricionista responsável técnico (RT) e da vigilância sanitária (VISA), atuando em conjunto para a garantia da segurança alimentar e prevenção de surtos alimentares provocados por DTAs. O presente estudo teve como objetivo avaliar a importância do nutricionista na prevenção de surtos alimentares em unidades de alimentação e nutrição. Este trabalho consistiu na elaboração de um artigo científico de revisão de literatura em uma abordagem exploratória, sendo incluídas neste estudo publicações dos últimos dez anos. Foi observado que 60% das unidades de alimentação e nutrição (UANs) notificaram surtos alimentares, provocados por DTAs, sendo que 12 (50%) eram empresas industriais, 10 (42%) hotelaria e 2 (8%) hospitalares, apresentando como os principais alimentos envolvidos nos surtos: carne bovina (39%), carne de frango (30%), embutidos (17%) e leite e produtos lácteos (14%). Da qual, apenas 55% delas apresentaram responsável técnico (RT), cujo 5 (31,2%), nas empresas, 8 (50%) hotéis e 3 (18,8%) hospitais, destas, apenas 6 (37,5%) eram nutricionista, tornando-se um fator preponderante para ocorrência de surtos. Desta forma, conclui-se que a presença do nutricionista como RT, nas UANs, é bastante relevante para a prevenção de surtos alimentares, visto que este profissional atua com os princípios da nutrição, melhorando as condições higiênicas sanitárias das unidades.


Keywords


Surtos alimentares, Nutricionista, responsável técnico, Vigilância sanitária.

References


ARAÚJO, L. M; BRAGANÇA, E. B; AMARAL, T. G; CASTRO, F. T; TABAI, K. C. Segurança do alimento: Condições higiênicossanitárias do restaurante de empresa do Município do Rio de Janeiro - RJ. (Apresentação de Trabalho/Congresso). 2010.

BARBOSA, L. N; ALMEIDA, F. Q. A. Avaliação dos riscos ambientais e mapeamento em uma Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN) de Botucatu, SP para a promoção da segurança no trabalho. Revista Simbio-Logias (Botucatu), v. 01, p. 170-179, 2010.

BERGAMINI, A. M. M. RECHE, S.H.R; AQUINO C. I; OLIVEIRA, M. A. Bacillus cereus em alimento oferecido em festa típica popular no interior do Estado de São Paulo. Boletim do Inst. Adolfo Lutz, v. 21, n.1, p. 35-36, 2011.

BRASIL. Centro de Vigilância Sanitária. Portaria CVS 5 de 09 de abril de 2013. Regulamento técnico sobre boas práticas para estabelecimentos comerciais de alimentos e para serviços de alimentação. Diário Oficial [do] Estado de São Paulo, São Paulo, SP, 19 de abril de 2013. Seção 1, p. 32-35. 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Manual integrado de vigilância, prevenção e controle de doenças transmitidas por alimentos. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 158 p. 2010.

COSTA, J. N. P. DA; SANTOS, V. V. M; SILVA, G. R. DA; MOURA, F. M. L. DE; GURGEL, C. A. B; MOURA, A. P. B. L. DE. Condições higiênicossanitárias e físico-estruturais da área de manipulação de carne in natura em minimercados de Recife (PE), Brasil. Arquivos do Instituto Biológico (Online), v. 80, p. 352-358, 2013.

DE PAULA, C. M. D. Riscos ocupacionais e condições de trabalho em cozinhas industriais. Monografia (Especialização em engenharia de segurança do trabalho de alimentos) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2011.

FERREIRA, Á. M; SIMON, K. F; TASCA, C. G. Segurança no Trabalho: O Uso

Efetivo dos EPIs pelos Colaboradores em uma UAN de um Município do Sudoeste do Paraná. Revista Simbio-Logias (Botucatu), v. 8, p. 103-113, 2015.

FERREIRA, M. A; SÃO JOSE, J. F. B; TOMAZINI, A. P. B; MARTINO, H. S. D; MILAGRES, R. C. R; SANTANA, H. M. P. Avaliação da adequação às boas práticas em unidades de alimentação e nutrição. Revista do Instituto Adolfo Lutz (Impresso), v. 70, p. 230-235, 2011.

GOIS, I. C. M; FEITOSA, P. B. R; SANT'ANNA, M. de S. L. Verificação do conhecimento em boas práticas dos manipuladores de alimentos de unidades de alimentação hospitalar. Revista Higiene Alimentar. v. 30, p. 59-63, 2016.

GOMES, H. O. de J; GONÇALVES, L. S. S; REZENDE, R. F; ROZA, J. H. I. da. A importância da implantação dos procedimentos operacionais patronizados (POP) no setor de higienização de hortifrútis em três unidades de alimentação e nutrição (UAN) no município do Rio de Janeiro.

Trabalho de conclusão de estágio supervisionado em serviços de alimentação e nutrição (Bacharel em Nutrição). Universidade Estácio de Sá. Rio de Janeiro, 2016.

KETZER, L. T. B. Dificuldades encontradas por nutricionistas na aplicação de boas práticas. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Nutrição) - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ, Ijuí, RS. 2013.

MONTEIRO, M. A. M. Importância da ergonomia na saúde dos funcionários de unidades de alimentação e nutrição. Revista Baiana de Saúde Pública, v. 33, n. 3, jul-set, 2010.

MORATOYA, E. E; CAVALHAES, G; WANDER, A; ALMEIDA, L. M. Mudanças no padrão de consumo alimentar no Brasil e no mundo. Revista de Política Agrícola, v. 22, p. 72-84, 2013.

NASCIMENTO, C. B do. Surtos de toxinfecção alimentar notificados e investigados no município de Porto Alegre no período de 2003 a 2011. Especialização em produção, higiene e tecnologia de produtos de origem animal. UFRS. Porto Alegre, 2013.

OLIVEIRA, A. B. A; PAULA, C. M. D; CAPALONGA, R; CARDOSO, M. R. de I; TONDO, E. C. Doenças transmitidas por alimentos, principais agentes etiológicos e aspectos gerais: UMA REVISÃO. Revista HCPA (Online), v. 30, p. 279-285, 2010.

OLIVEIRA, A. M. C; DALLARI, S. G. Vigilância Sanitária, Participação Social e Cidadania. Saúde e Sociedade (USP. Impresso), v. 20, p. 617-624, 2011.

PERES, A. P; PASSONI, C. R. M; BUENO, C. M; POMBAL, S.S. Promoção de Segurança Alimentar em um Colégio Estadual do município de Almirante Tamandaré - Pr. Revista Cadernos da Escola de Saúde, v. 1, p. 168, 2013.

RIBEIRO, D. F. S; FREITAS, F; JANUSIC, L; SILVA, I. M. M. Unidade Produtora de Refeições de uma organização militar: qualidade sanitária e ação educativa. Magistra Cruz Das Almas-BA, v. 29, p. 246-256, 2018.

RAMOS, S. A; OLIVEIRA, T. R. P. R; SANTOS, N. D. S; DIAS, V. A. Megaeventos e doenças transmitidas por alimentos. Revista Percurso Acadêmico, v. 4. n. 8. P. 238-252, 2014.

SERAFIM, A. L; HECKTHEUER, L. H. R. Avaliação dos procedimentos de Boas Práticas na área de alimentos e bebidas em hotéis. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia dos Alimentos). Santa Maria, RS, 2010.

SILVA JR, E. A. da. Manual de controle higiênicossanitário em serviços de alimentação. 7. ed. Atual. São Paulo: Livraria Varela, 2014.

SILVA, L. C; SANTOS, D. B; SÃO JOSE, J. F. B; SILVA, E. M. M. da. Boa pratica na manipulação de alimentos em unidades e nutrição. Revista Demetra, v.10. n.4 p. 797-820, 2015.

SILVEIRA, S. M. da. Avaliação das condições higiênicassanitárias da uan de um asilo em planaltina. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Nutrição) - Centro Universitário de Brasília – UNICEUB, Brasília, 2011.

SIRTOLI, D. B; COMARELLA, L. O papel da vigilância sanitária na prevenção das doenças transmitidas por alimentos (DTA). Revista Saúde e Desenvolvimento, v. 12, p. 507, 2018.

VALENTE, D. C; PERES, A. P. Análise de um surto alimentar em um restaurante de um município do Paraná. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Nutrição) - Centro Universitário Autônomo do Brasil. 2011.

WELKER, C. A. D; BOTH, J. M. C; LONGARAY, S. M; HAAS, S; SOEIRO, M. L. T; RAMOS, R. C. Análise microbiológica dos alimentos envolvidos em surtos de doenças transmitidas por alimentos (DTA) ocorridos no estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Revista Brasileira de Biociências, Porto Alegre, v. 8, n. 1, p. 44-48, jan./mar, 2010.

ZAMBIAZI, S; MARTINS, A H. Condições de armazenamento em restaurantes comerciais na cidade de Cascavel PR. Revista Higiene Alimentar, São Paulo, v. 24, p. 36-42, jan/fev, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-273

Refbacks

  • There are currently no refbacks.