Análise comparativa do Método de Mensuração de Degradação e do Índice de Performance do Elemento no Levantamento das Edificações Inventariadas na Cidade de Pelotas/RS/ Comparative analysis of the Degradation Measurement Method and the Performance Index of the Element in the Survey of Inventory Buildings in the City of Pelotas / RS

Vitória Silveira da Costa, Ana Helena Marques Di Primio, Andréia Azaredo Machado, Naurienni Dutra Freitas, Vitória Santos Avila, Ariela da Silva Torres

Abstract


Pelotas, no Rio Grande do Sul, vivenciou um ápice econômico devido à exportação do charque entre o final do século XIX e o início do século XX, refletindo na construção e na estilização de fachadas de diversas edificações. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional tem 88 conjuntos urbanos sob proteção, sendo treze cidades localizadas no sul do Brasil, dentre elas a cidade de Pelotas. O trabalho propõe realizar o levantamento do estado de degradação de fachadas de edificações históricas na cidade por meio da análise comparativa de dois métodos de levantamento de danos: Método de Mensuração de Degradação (MMD) e o Índice de Performance do Elemento (IP). Avaliou-se o estado de degradação de três fachadas de edificações inventariadas localizadas na Zona de Preservação do Patrimônio Cultural no sítio do 1º loteamento. Como resultados da aplicação do MMD conclui-se que o fator de dano total das fachadas é de 9,51%; 48,74% e 2,11% sendo os danos mais recorrentes fissuras, machas de umidade, mofo e bolor e descolamento de pintura. Quanto ao IP os valores encontrados foram 1,00; 2,50 e 1,00.


Keywords


manifestações patológicas, conservação, fachadas, patrimônio histórico.

References


BARRETO, J.S. Estudo da Degradação das Fachadas de Edificações Históricas da Cidade de Salvador- BA. 2019. 145 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2019.

CASTRO, M. D.; MARTINS, R. M. Análise e sugestões terapêuticas das

manifestações patológicas de infiltração de um edifício com mais de 20 anos - estudo de caso. Dissertação (Monografia) - Universidade Tecnológica Federal do

Paraná, Pato Branco, 2014.

CÓIAS, V. Inspecções e ensaios na reabilitação de edifícios. IST Press, Lisboa, 2006.

COSTA, V. S. Uso de Indicadores Qualitativos e Quantitativos na Análise do Estado da Degradação das Fachadas de Edificações Históricas da Cidade de Pelotas/RS. 2020. 150 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2020.

COSTA, V. S..; TORRES, A.S. Levantamento do Estado Degradação das Edificações Inventarias na Cidade de Pelotas/RS: Zona de Preservação do Patrimônio Cultural, Sítio Do 1º Loteamento. In: Congresso Brasileiro de Patologia das Construções – CBPAT 2020, 4., 2020. Anais […] CBPAT online: 2020, p. 263-274.

CORNELLI, D. Condition rating of RC structures: A case study. Journal of Building Appraisal, v. 3, p. 29-51, 2007.

PELOTAS. Manual do usuário de imóveis inventariados. Prefeitura Municipal de Pelotas, Secretaria de Cultura. Pelotas: Nova Prova, 2008. 104 p.

PELOTAS. Lei nº 5.502, de 11 de setembro de 2008. Institui o III Plano Diretor Municipal e estabelece as diretrizes e proposições de ordenamento e desenvolvimento territorial no Município de Pelotas, e dá outras providências. Pelotas, 2008. http://www.pelotas.com.br/storage/gestao-da-cidade/lei_5502.pdf > Acesso em: 23 abr. 2020.

SANTOS, D. G. Estudo da vida útil e degradação de fachadas em argamassa a partir da inspeção de edifícios. 2018. 122 f. Dissertação (Mestrado em Estruturas e Construção Civil) - Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, Universidade de Brasília, Brasília, 2018.

SILVA, M.N.B. Avaliação quantitativa da degradação e vida útil de revestimentos de fachada – aplicação ao caso de Brasília/DF. 2014. 217 f. Tese (Doutorado em Estruturas e Construção Civil) - Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, Universidade de Brasília, Brasília, 2014.

SOUZA, J.S. Evolução da Degradação de Fachadas - Efeito dos Agentes de Degradação e dos Elementos Constituintes. 2016. 114 f. Dissertação (Mestrado em Estruturas e Construção Civil) - Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, Universidade de Brasília, Brasília, 2016.

TAGUCHI, M.K. Avaliação e qualificação das patologias das alvenarias de vedação nas edificações. 2010. 87 f. Dissertação (Mestrado em Construção Civil) - Programa de Pós-graduação em Construção Civil, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2010.

TINOCO, J.E.L. Mapa de danos recomendações básicas. serie 2, volume 43. Olinda: centro de estudos avançados da conservação integrada - textos para discussão - gestão de restauro, 2009. 23 p.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-212

Refbacks

  • There are currently no refbacks.