Comportamento sexual dos estudantes de medicina: diferenças entre os sexos e fatores influenciadores / Sexual behavior of medical students: differences between genders and influencing factors

Rodrigo Davanço Souto, Carolina Ribeiro Fernandes Oliveira, Rayssa Carolina de Lacerda Candido, Sofia de Barros Jesus, Edwilson Gonçalves Rios Filho, Rodrigo Dias Cassimiro, Raquel Oliveira dos Santos

Abstract


Comportamento sexual pode ser considerado de risco quando, por exemplo, o uso de preservativo para evitar uma gestação ou proteger-se de uma infecção sexualmente transmissível (IST) não é escolhido. O objetivo deste trabalho foi comparar, entre os sexos, o comportamento sexual dos acadêmicos do ciclo básico (primeiro ao quarto período) do curso de medicina de uma instituição de ensino privada do Centro-Oeste brasileiro, bem como as situações de risco e seus possíveis fatores influenciadores. Tratou-se de um estudo epidemiológico transversal e descritivo. Foram aplicadas 39 questões objetivas adaptadas de 4 estudos. Houve diferença entre os sexos quanto ao parceiro na primeira relação sexual (p=0,007), os homens com maior número de parceiros após a entrada na faculdade (p=0,01), a camisinha e o anticoncepcional hormonal como os principais métodos utilizados (p=0,008) e a tendência de menor uso de preservativos por pessoas que praticam relações sexuais não exclusivamente heterossexuais (Odds Ratio com intervalo de confiança variando entre 0,6 e 19). Morar sem os pais favorece o uso de métodos protetivos (p=0,05) e usar preservativo na primeira relação contribuiu para uma chance 3,9 vezes maior de uso nas subsequentes (p=0,007). Parte dos acadêmicos apresentam práticas sexuais de risco. São necessários mais estudos que avaliem outras etapas da graduação, permitindo uma discussão com mais embasamento.   


Keywords


Sexualidade, Doenças Sexualmente Transmissíveis, Educação em saúde.

References


ALMEIDA, T.M; ROCHA, L.S. Gravidez na Adolescência: Reconhecimento do Problema para Atuação do Enfermeiro na sua Prevenção. ANAIS SIMPAC, v. 7, n. 1, p. 1-6, 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico AIDS. 2018.

BRÊTAS, J.R.S.; et al. Conhecimento sobre DST/AIDS por estudantes adolescentes. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 43, n. 3, p. 551-557, 2009.

BRÊTAS, J.R.S.; et al. Conhecimentos de adolescentes sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis: subsídios para prevenção. Escola Paulista de Enfermagem, v. 22, n. 6, p. 786-792, 2009.

CASTRO, E.L.; et al. O conhecimento e o ensino sobre doenças sexualmente transmissíveis entre universitários. Ciência & Saúde Coletiva, v. 21, n. 6, p. 1975-1984, 2016.

CHINAZZO, I.R.; CÂMARA, S.G.; FRANTZ, D.G. Comportamento sexual de risco em jovens: aspectos cognitivos e emocionais. Fascículo Psico-USF v. 19, n. 1, p. 1-12, 2014.

CUNHA, R.B.B.; Gomes, R. Os jovens homossexuais masculinos e sua saúde: uma revisão sistemática. Interface-Comunicação, Saúde, Educação, v. 19, p. 57-70, 2014.

DANTAS, K.T.B.; et al. Jovens universitários e o conhecimento acerca das doenças sexualmente transmissíveis – contribuição para cuidar em enfermagem. Revista de Pesquisa Cuidado é Fundamental Online, v. 7, n. 3, p. 1-17, 2015.

DELATORRE, M.Z.; DIAS, A.C.G. Conhecimentos e práticas sobre métodos contraceptivos em estudantes universitários. Revista da SPAGES - Sociedade de Psicoterapias Analíticas Grupais do Estado de São Paulo, v. 16, n. 1, p. 60-73, 2015.

FALCÃO JÚNIOR, J.S.P.; et al. Perfil e práticas sexuais de universitários da área de saúde. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, v. 11, n. 1, p. 58-65, 2007.

HUGO, T.D.O. et al. Fatores associados à idade da primeira relação sexual em jovens: estudo de base populacional. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 27, n. 11, p. 2207-2214, 2011.

JOINT UNITED NATIONS PROGRAMME ON HIV/AIDS (UNAIDS). Prevention gap report. Geneva: UNAIDS, 2016.

LEVIN, J. Estatística Aplicada a Ciências Humanas. 2.ed. São Paulo: Editora Harbra Ltda, 1987.

LOOBY, A., et al. Alcohol-related protective behavioral strategies as a mediator for the relationship between drinking motives and risky sexual behaviors. Addictive Behavior, v. 93, n. 1, p. 1-8, 2019.

MOREIRA, L.R.; DUMITH, S.C.; PALUDO, S.S. Uso de preservativos na última relação sexual entre universitários: quantos usam e quem são? Ciência & Saúde Coletiva, v. 23, p. 1255-1266, 2018.

OLIVEIRA, L.F.R.; et al. Adesão de adolescentes à camisinha masculina. Revista de Pesquisa Cuidado é Fundamental Online. v. 7, n. 1, p. 1765-1773, 2015.

PIMENTEL, M.H. et al. Comportamento sexual e estudantes do ensino superior. Psicologia, saúde & doenças, v. 1, n. 1, p. 352-367, 2016.

RABELO, S.T.; et al. Gravidez e DST: Práticas preventivas entre universitários. Jornal Brasileiro DST, v. 18, n. 2, p. 148-155, 2006.

SHAFII, T.; et al. Is condom use habit forming? Condom use at sexual debut and subsequent condom use. Sexually transmitted diseases, v. 31, n. 6, p. 366-37, 2004.

SILVA, L.P.; CAMARGO, F.C.; IWAMOTO, H.H. Comportamento sexual dos acadêmicos ingressantes em cursos da área da saúde de uma universidade pública. Revista de Enfermagem e Atenção à Saúde, v. 3, n. 8, p. 39-52, 2014.

SOARES, L.R.; et al. Avaliação do comportamento sexual entre jovens e adolescentes de escolas públicas. Adolescência & Saúde, v. 12, n. 2, p. 76-84, 2015.

TEIXEIRA, A.; et al. Adolescentes e uso de preservativos: as escolhas dos jovens de três capitais brasileiras na iniciação e na última relação sexual. Cadernos de Saúde Pública, v. 22, n. 7, p. 1385-1396, 2006.

TEIXEIRA, R.C.; et al. Use of condoms by students in health courses at a public university. Ciências Biológicas e da Saúde, v. 39, n. 1, p. 85-90, 2018.

YI, S.; et al. Social and Behavioural factors associated with risky sexual behaviours among university students in nine ASEAN countries: a multi-country cross-sectional study. SAHARA-J: Journal of Social Aspects of HIV/AIDS, v. 15, n. 1, p. 71-79, 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-199

Refbacks

  • There are currently no refbacks.