Avaliação da percepção do jogo Perfil Periódico Alimentos como um recurso didático auxiliar a uma aula para o ensino da tabela periódica/Evaluation of the perception of the game Periodic Profile Food as a didactic resource to assist a class for teaching the periodic table

Laura Melissa Barreto Christofori, Ronald Santos Merlim, Larissa Codeço Crespo, Seldon Aleixo, Helen Sant’ Ana dos Santos Ribeiro

Abstract


Os jogos didáticos constituem-se um recurso de ensino que podem ser utilizados como ferramentas didáticas complementares as aulas de química para tornar a prática pedagógica diferente do ensino tradicional praticado. Deste modo, este estudo teve o objetivo de verificar a percepção do jogo Perfil Periódico Alimentos adaptado do jogo Perfil químico para o contexto do tema alimentos como forma de auxiliar na fixação do conteúdo da tabela periódica abordado na aula. Assim, foi ministrada uma aula seguida da aplicação do referido jogo do tipo cartas, em quatro turmas da 1ª série do Ensino Médio. Verificou-se que 78 % dos alunos relataram que gostaram do jogo e que 74 % disseram que o jogo ajudou no entendimento do conteúdo.  De acordo com os resultados, os alunos relataram que aprender a disciplina de química ficou mais interessante, dinâmica e divertida. Os alunos conseguiram fazer analogias dos elementos químicos presentes nas cartas do jogo com os elementos presentes no seu cotidiano, o que demostrou a eles a importância de estudar química e assim o tema alimentos serviu para a contextualização do conteúdo. Portanto, a partir dos resultados obtidos verificou-se que o jogo didático é um recurso auxiliar a aula de química tradicional expositiva, pois facilitou a fixação e compreensão do conteúdo abordado. Para a validação do jogo como uma ferramenta didática para avaliar a aprendizagem faz-se necessário à sua validação conforme discutido aqui. Essa metodologia tornou a aula mais dinâmica e atraente, uma necessidade relatada nos documentos norteadores do ensino médio no Brasil, uma vez que ferramentas didáticas diferenciadas de ensino são importantes para as aulas, a partir do momento em que elas são insubstituíveis.

Keywords


Jogos Didáticos, Tabela periódica e Alimentos

References


ALMEIDA, M.O.; RIBEIRO, V.G.P.; ARRUDA, A.R.P.; MAIA, F.J.N.; MAZZETTO, S.E (2016) O efeito da contextualização e do jogo didático na aprendizagem de funções orgânicas, Revista Virtual de Química, Vol. 8, N° 3, p. 767-779.

ANJOS, L.C.G.; MENON, A.; BERBARDELLL, M.S. (2019) O Sabor da Tabela Periódica: Interligando Conceitos de Nutrição com o ensino de química, Revista Química Nova na Escola, Vol. 41, N° 3, p. 275-285.

ARAÚJO, E.C.S.; PEREIRA, L.L.S. (2016) Alimentos como tema gerador do conhecimento químico sobre compostos orgânicos na educação de jovens e adultos. Anal. XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química, Florianópolis, SC, Brasil.

ALVES-BRITO, A.; MASSONI, N.T. (2019) Uma estratégia de jogo na educação básica: o uso da história dos elementos químicos e a tabela periódica de Mendeleev para discutir conceitos contemporâneos, Experiências em Ensino de Ciências, V.14, N° 1.

BRASIL. (2006) Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais Ensino Médio: Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília, Brasil, 2006.

BRASIL.(2017) Base Nacional Comum Curricular. Brasília, MEC, CONSED, UNDIME.

BARDIN, L. Análise de conteúdo, 70 LDA/Almeida Brasil: São Paulo, 2011.

CUNHA, M.B. (2012) Jogos no ensino de química: considerações teóricas para sua utilização em sala de aula, Química nova na escola, Vol. 34, n° 2, p. 92-98.

CASTRO, B.J.; COSTA, P.C.F. (2011) Contribuições de um jogo didático para o processo de ensino e aprendizagem de química no ensino fundamental segundo o contexto da aprendizagem significativa, Revista Electrónica de Investigácion En Educacíon Em Ciencias, Vol. 6, 1-13.

CHATEAU, J. (1987) O jogo e a criança, 4a ed.,Summus editorial: São Paulo.

CARVALHO, F.C. (2018) Validação de jogos didáticos utilizados para o ensino de química, Dissertação de mestrado, IFAM, p.33-70.

CRESPO, L.C (2014) Implementação de ludotecas de química para o ensino médio em colégios públicos de Campos Dos Goytacazes e Região, Tese de Doutorado, UENF, p.30-95.

CAVALCANTI, E.L.D.; CARDOSO, T.M.G.; MESQUISTA, N.A.S.; SOARES, M.H.F.B. (2012) Perfil Químico: debatendo a ludicamente o conhecimento científico em nível superior de ensino, Revista Electrónica de Investigación em Educación em Ciencias, V.7, N° 1.

CRESPO, L.C.; LESSA, M.D.; MIRANDA, P.C.L.; GIACOMINI, R. (2011) Ludoteca de química para o ensino médio [recurso eletrônico], Campos dos Goytacazes (RJ): Essentia Editora, p.1-15.

CARBULONI, C.F.; OLIVEIRA, J.B.; SANTOS, K.B.; RIVELINI-SILVA, A.C. (2017) Levantamento bibliográfico em revistas brasileiras de ensino: artigos sobre o conteúdo da tabela periódica, ACTIO: Docência em Ciências, v.2, N. 1, p. 225-242.

GIL, A. C. (2007) Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas.

FERREIRA,H., CORREA, C.L.; L.; DUTRA, L. K. (2016) J. Análise das estratégias de ensino utilizadas para o ensino da Tabela Periódica. Química Nov. na Esc., p 34 -39.

LEÃO, M.F.; DEL PINO, J.C.; OLIVEIRA, E.C. (2017) A Tabela Periódica dos elementos químicos contidos nos alimentos: uma maneira de promover a aprendizagem com significado na educação de jovens e adultos. Aprendizagem significativa em revista, Vol. 7, n 2, p. 01-17.

LIMA, E. C.; MARIANO, D. G.; PAVAN, F. M.; LIMA, A.A.; Arçari, D. P. (2011) Uso de Jogos Lúdicos Como Auxilio Para o Ensino de Química. Rev. Científica da UNISEPE (Rev. Eletrônica) V.3, N.1.

NEVES, A.P.; GUIMARÂES, P. I.C.; MERCON, F. (2009) Interpretação de Rótulos de Alimentos no Ensino de Química. Química Nova na Escola, Vol. 31, n 1, p.34-39.

OLIVEIRA, A.S.; SOARES, M.H.F.B. (2005) Júri químico: uma atividade lúdica para discutir conceitos químicos. Química Nova na Escola, n. 21, p. 18-24.

OLIVEIRA, F.F.; CARVALHO, I.S.; MACHADO, C.S.H.; MERLIM, R.S.; PINHEIRO, T.F.; FERNANDES, B.F. (2020) Impactos de uma Feira de Ciências com materiais de baixo custo relacionados ao enfoque CTSA, Scientia Amazonia, V.9, n.2, p. 1-14.

ROMANO, C.G.; CARVALHO, A.L.; MATTANO, I.D.; CHAVES, M.R.M. (2017) Perfil químico: um jogo para o ensino da Tabela Periódica. Revista Virtual de Química. Vol. 9 n. 3, 1235-2444.

SOUZA, E.C.; SOUZA, S.H.S.; BARBOSA, I.C.C.; SILVA, A.S. (2018) O Lúdico como estratégia didática para o ensino de química no 1° ano do ensino médio, Revista Virtual de Química, Vol. 10, n 3, pg.449-458.

SOARES, M.H.F.B.; CAVALHEIRO, E.T.G. (2006) O ludo como um jogo para discutir conceitos de termoquímica. Revista Química Nova na Escola, n. 23.

SILVA, B.; CORDEIRO, M. R.; KIIL, K. B. (2015) Jogo Didático Investigativo: Uma Ferramenta para o Ensino de Química Inorgânica. Química Nov. na Esc., V.37, N.27.

SILVA, M.B.F. (2016) Perfil Ciências: um jogo educativo que transforma informações cotidianas em conhecimento científico, Trabalho de Conclusão de Curso, UNESP, p.14-18.

Vygotsky, L. S. (1991) O papel do brinquedo no desenvolvimento. In: ______. A formação social da mente, 4a ed., Livraria Martins Fontes: São Paulo.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-160

Refbacks

  • There are currently no refbacks.