A geometria de forma lúdica: uma experiência com materiais manipulativos em turma do ensino médio / Geometry in a playful way: an experience with manipulative materials in high school class

Willian Colares Destefani, Janacélia Andrade Lacerda Destefani, Bárbara de Medeiros Marinho

Abstract


Este trabalho apresenta resultados de uma experiência realizada com estudantes da 1ª série do ensino médio do Centro Estadual Integrado de Educação Rural de Águia Branca–ES, abordando o ensino da geometria espacial. Tivemos por objetivo investigar a geração e difusão de novas metodologias no ensino da matemática, utilizando materiais manipulativos, buscando estratégias simples que possibilitem a compreensão e a aprendizagem de conceitos geométricos. Para tanto, realizamos uma atividade investigativa de cunho qualitativo. Neste contexto, os estudantes, desenvolveram atividades inerentes ao contexto da pesquisa, tais como: oficinas para a confecção de sólidos geométricos com materiais manipulativos, registros fotográficos do processo construtivo e rodas de conversa abordando os conteúdos em estudo, destacando aspectos significativos do processo de aprendizagem. Trabalhar a geometria de forma lúdica, utilizando materiais manipuláveis, é um potencial motivador no processo de ensino e aprendizagem, pois facilita a visualização geométrica e a fixação das propriedades, contribuindo na construção e sistematização do conhecimento geométrico. Ao analisar o desenvolvimento da pesquisa e observações das relações estabelecidas pelos alunos dos conteúdos propostos, pudemos perceber que o uso da estratégia de ensino e aprendizagem adotada proporcionou aos alunos o desenvolvimento conceitual matemático de forma mais dinâmica e contextualizada, estimulando o trabalho coletivo.

 


Keywords


Geometria; Ensino e aprendizagem; Materiais manipuláveis; Sólidos geométricos.

References


BRAGA, Roberta Modesto; LEDOUX, Maria Lídia Paula; ROZAL, Edilene Farias; SANTO, Adilson Oliveira do Espírito. Materiais Manipulativos Motivando Futuros Professores de Matemática para a Prática de Sala de Aula - VI Congresso Internacional de Ensino da Matemática – ULBRA – Rio Grande do Sul, 2013.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília. MEC.1998.

CAMACHO, Mariana Sofia Fernandes Pereira. Materiais Manipuláveis no Processo Ensino/Aprendizagem da Matemática: Aprender explorando e construindo. Universidade da Madeira – UM: 68p. 2012.

FRANCO, Sérgio; PEREIRA, Cesar. O Estudo da Geometria Espacial e Recursos Pedagógicos Manipuláveis: uma estratégia para aguçar o interesse e a criatividade do estudante. Cadernos PDE: os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE artigos. Volume 1. 2013.

GRANDO, R.C. O conhecimento matemático e o uso de jogos na sala de aula. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação. São Paulo, 2000.

JULIANI, Kleber Sebastião. O Ensino de Geometria Espacial na Escola Pública do Paraná. Londrina, agosto – 2008.

LORENZATO, Sérgio. Por que não ensinar Geometria? In: Educação Matemática em Revista – SBEM 4, 1995.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento. 11 ed. São Paulo: Hucitec, 2008.

OLIVEIRA Liliane Lelis de; VELASCO, Ângela Dias. O Ensino De Geometria nas Escolas de Nível Médio da Rede Pública da Cidade de Guaratinguetá. GRAPHICA – Curitiba, 2007.

PAVANELLO, Regina Maria. O abandono do Ensino da Geometria no Brasil: Causas e Conseqüências. In: Zetetiké, n.1, p. 07-17, Unicamp, mar. 1993.

PIASESKI, Claudete Maria. A Geometria no ensino fundamental. 2010. Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Campus de Erechim - (Monografia) - Departamento de Ciências Exatas e da Terra da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI – Campos de Erechim. 33p. 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-148

Refbacks

  • There are currently no refbacks.