Levantamento de riscos ocupacionais na atividade de cravação de estacas pré-moldadas utilizadas na construção civil/ Survey of occupational risks in the activity of pile driving of precast piles used in civil construction

Rebecca Tarasiuk Borba Cavassin, Priscila Steberl, Cezar Augusto Romano, Rodrigo Eduardo Catai

Abstract


A Construção Civil tem se mantido como uma das atividades de mais altos índices de Acidentes de Trabalho, sendo que esta atividade ocupou, em 2010, o 4º lugar em acidentes registrados no Brasil. Destaca-se que uma das atividades dentro da construção civil que contribuem para este índice é a de cravação de estacas, em especial de estacas pré-moldadas, que se utiliza de equipamentos de grande porte e peças estruturais de dimensões significativas, e expõem os trabalhadores a diversos riscos tornando-se imprescindível intensificar a ênfase da Segurança do Trabalho nesta atividade. Portanto, este estudo objetivou levantar os possíveis riscos ocupacionais sob a ocorrência de agentes físicos, químicos, ergonômicos e de riscos de acidentes, em cada uma das etapas da atividade de cravação de estacas pré-moldadas, através do estudo de caso em uma empresa especializada na área. Utilizando-se como instrumento de pesquisa a observação da operação de cravação de estacas pré-moldadas com equipamento de bate-estacas em 3 obras situadas na cidade de Curitiba. Com os resultados dessa análise, foi possível identificar, dentre os diferentes tipos de riscos ocupacionais, quais são os predominantes na atividade de cravação de estacas. Os dados levantados mostraram que, em todas as fases da operação houve predominância da ocorrência dos riscos de acidentes, seguidos pelos riscos físicos, ergonômicos e por fim pelos riscos químicos. Ressalta-se que, em nenhuma das fases analisadas, houve a existência dos riscos biológicos. Sendo assim, é necessário dar maior atenção aos perigos relativos aos riscos de acidentes, fornecendo equipamentos e treinamentos aos trabalhadores a fim de prevenção. A ocorrência de uma doença e/ou de um acidente relacionado a esse risco ocupacional pode levar a perda da capacidade laboral ou até mesmo a morte do trabalhador.

 


Keywords


Construção Civil, Cravação de Estacas Pré-Moldadas, Riscos Ocupacionais. Gestão de Segurança.

References


ABDELHAMID, T. S. & EVERETT, J.G. Identifying Root Causes of Construction Accidents. ASCE Journal of Construction Engineering and Management, January/February 2000 /5

BORGES, A. de. C. Prática das pequenas construções. Volume 1. 9ª edição. Editora Blucher. São Paulo. 2002.

BRASIL, Ministério da Previdência Social, Saúde e Segurança Ocupacional. 2011. Disponível em: < http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=39>. Acesso em: 17 janeiro 2011.

BRASIL, Ministério do Trabalho e Emprego - MTE. Norma Regulamentadora NR-9. Manual de Legislação Atlas. 65ª edição. 2010.

BRASIL, IBGE: Pesquisa Anual da Indústria da Construção 2008. Vol. 18, 2008. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/industria/paic/2008/paic2008.pdf. Acesso em: 22 maio 2011

BRASIL, Portaria n° 25 de 1994, 1994. Disponível em: http://portal.mte.gov.br/data/files/FF8080812BE914E6012BEA44A24704C6/p_19941229_25.pdf. Acesso em: 22 maio 2011

CHENG, Ching-Wu; LIN, Chen-Chung; LEU, Sou-Sen. Use of association rules to explore cause–effect relationships in occupational accidents in the Taiwan construction industry. Safety Science 48, 2010 p. 436–444

HANOTEAU, P.; LEFÈVRE, J.; DOIREL, J.; ROUHEIR, F. Prevención de Accidentes en La Construcción – Barcelona: Editorial Blume, 1967

HASLAMA, R.A; HIDE, S.A.; GIBB, A.G.F.; GYI, D.E.; PAVITT, T.; ATKINSON, S.; DUFF, A.R. Contributing factors in construction accidents. Applied Ergonomics 36, 2005 p. 401–415

IIDA, I. Ergonomia: projeto e produção. 2ª edição rev. e ampl. – São Paulo: Blucher, 2005.

KUHLMANN, A. Introduction to Safety Science – New York: Springe-Verlag New York, 1986

PONZETTO, G. Mapa de Riscos Ambientais – NR – 5. 2ª edição. Editora LTR. São Paulo. 2007.

ZOCCHIO, A. Prática da Prevenção de Acidentes: ABC da segurança do trabalho – 7ª edição rev. e ampl. – São Paulo: Atlas, 2002

ZOU, P.X.W.; FANG, D.; WANG, S. Q.; LOSSEMORE, M. An overview of the Chinese construction market and construction management practice. Journal of Technology Management in China, Vol. 2 Iss: 2, 2007 p. 163 – 176

YAZIGI, W. A técnica de Edificar. 4ª edição. Editora PINI. São Paulo. 2002.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-139

Refbacks

  • There are currently no refbacks.