Proporção sexual e relação peso-comprimento do Geophagus surinamensis (Bloch, 1791) em um lago amazônico / Sexual proportion and weight-length Geophagus surinamensis (Bloch, 1791) Amazon Lake

Aquiles Batista Sousa, Regiane da Silva Almeida, Izabel Cristina da Silva Almeida Funo, Louise Thuane Barreto de Lima, Rayone Wesley Santos de Oliveira

Abstract


O presente trabalho tem por objetivo avaliar a razão sexual de Geophagus surinamensi, verificar o dimorfismo sexual e determinar se há ou não diferenças significativas no tamanho e peso entre os indivíduos de ambos os sexos. Com o auxílio de um paquímetro e uma balança analítica de precisão 0,001g, aferiram-se as análises morfométricas e medição da massa (g) nos indivíduos para avaliar a relação peso-comprimento entre eles. O único método visual de distinção entre ambos os sexos de G. surinamensis deu-se por meio da observação da região urogenital e a razão sexual foi de 1 Macho para 1,7 Fêmea, a qual apresentou uma diferença significativa ao nível de 5% (χ² = 2,957735). Avaliando os dados coletados, contatou-se que não foram encontradas diferenças significativas na relação peso-comprimento de ambos os sexos (teste t = 0,447214; p = 0,685038 e teste t = -1,39069; p = 0,181275). A espécie G. surinamensi apresenta crescimento do tipo alométrico negativa

Keywords


Estatística, Relações morfométricas, Dimorfismo sexual

References


FUNO, I.C.S.A.; PINHEIRO, C.U.B.; MONTELES, J. S. Identificação de tensores ambientais nos ecossistemas aquáticos da área de proteção ambiental (APA) da Baixada Maranhense. Rev. Bras. de Agroecologia, Porto Alegre. 5(1):74-85 (2010) ISSN: 1980-9735, 2010.

ALMEIDA, Z. S. Os recursos pesqueiros marinhos e estuarinos do maranhão: biologia, tecnologia, socioeconômicas, estado da arte e manejo. Tese de Doutorado, Universidade Federal do Pará, Pará, Belém. 286p, 2008.

ARAÚJO, A.S.; OLIVEIRA, M.R.; CAMPOS, C.E.C.; YAMAMOTO, M.E.; CHELLAPPA, S. Características morfométricas-merísticas, peso-comprimento e maturação gonadal do peixe voador, Hirundichythys affinis (Günther, 1866). Biota Amazônia v. 1, n. 2, p. 29-35, 2179-5746. 2011.

BARBIERI, G.; BARBIERI, M. C. Growth and first sexual maturation size of Gymnotus carapo (Linnaeus, 1758) in the Lobo reservoir (state of São Paulo, Brazil) (Pisces, Gymnotidae). Revista Hydrobiologia Tropical, v. 16, n.2, p. 195-201. 1983.

BITTENCOURT-NUNES, K.Aspectos reprodutivos das principais espécies de peixes de importância comercial como subsídio para o ordenamento pesqueiro da baixada maranhense. Disponível em: http://www.ppgrap.uema.br/wp-content/uploads/2016/03/Dissertacao_final_KARLA.pdf. 2015.

BORGES, A. M. Efeito da temperatura da água na produção de populações monossexo de tilápia do nilo (Oreochromis niloticus) da linhagem chitralada. 65f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade de Brasília e Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Brasília, DF. Disponível em: http://www.emater.df.gov.br/wp-content/uploads/2018/06/00001258.pdf. 2004.

BROWN-PETERSON, N.J.; WYANSKI, DM.; SABORIDO-REY, F.; MACEWICZ, B.J.; LOWERRE-BARBIERI, S.K. A Standardized Terminology for Describing Reproductive Development in Fishes. Marine and Coastal Fisheries: Dynamics, Management, and Ecosystem Science 3(1):52-70. 2011.

COIMBRA, AB.; TERRA, A.K.; MAZUREK, RRS.; PEREIRA, H.S.; BELTRÃO, H.; SOUSA, R.G.C. Atividade Pesqueira dos Índios Mura no Lago Ayapuá, Baixo Rio Purus, Amazonas, Brasil. Revista Desafios v. 04, n. 1, 2017. 2359-3652. 2017.

COSTA, I. D.; FREITAS, C.E.C. Factors determining the structure of fish assemblages in an Amazonian river near to oil and gas exploration areas in the Amazon basin (Brazil): establishing the baseline for environmental evaluation. Zoologia 32(5): 351–359. 2015.

COSTA, M. R.; MATTOS, T. M.; FERNANDES, V.H.; MARTÍNEZ-CAPEL, F.; MUÑOZ-MAS, R.; ARAÚJO, F.G. Application of the physical habitat simulation for fish species to assess environmental flows in an Atlantic Forest Stream in South-eastern Brazil. Neotropical Ichthyology 13(4): 685-698. 2015.

COSTA, C. L. Sustentabilidade da Pesca Artesanal no Lago de Viana, área de proteção Ambiental da Baixada Maranhense.Dissertação. Universidade Federal do Maranhão. Disponível em: https://tede2.ufma.br/jspui/bitstream/tede/1211/1/Clarissa%20Lobato%20da%20Costa.pdf. . 2006.

FRANCO, J.R.C. Sistema Lacustre Vianense: Ensaios de Modelos Conceituais para os Lagos do Município de Viana. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Maranhão, Maranhão, São Luís, p.61- 165. Disponível em: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/1207#preview-link0. 2008.

FORNEL, R.; P. CORDEIRO-ESTREL A. Morfometria geométrica e a quantificação da forma dos organismos. Pp.101-120. In:Marinho, J. R.; Hepp, L.U., Fornel, R. Temas em Biologia. Disponível em:http://portalpos.unioeste.br/media/File/carla.dias/Dissertação_Ana_Paula_FINAL(1)(2).pdf. 2012.

GOMES, I. O.; SILVA, A. P. C.; GOMES, J. B.; SILVA, M. C. S.; NASCIMENTO, I.T.V.S.; SERRA, I. M.R.S. Percepção da sanidade em pisciculturas da baixada Ocidental Maranhense, Brasil. Brazilian. Journal of Development., Curitiba, v. 6, n. 5, p. 23029-23043. ISSN 2525-8761. 2020.

HAUSER, F.E.; LOPEZ-FERNANDEZ, H. Geophagus crocatus, a new species of geophagine cichlid from the Berbice River, Guyana, South America (Teleostei: Cichlidae). Zootaxa. 3731 (2):279-286. 2013.

HULSEY, C.D.; LEON, F.J.G.; AXEL MEYER, A. Sexual Dimorphism in a Trophically Polymorphic Cichlid Fish? Journal of Morphology 276:1448–1454. 2015.

ITO, M.H.; YAMAGUCHI, M.; KUTSUKAKE, N. Sex differences in intrasexual aggression among sex-role-reversed, cooperatively breeding cichlid fish Julidochromis regani. Japan Ethological Society and Springer Japan DOI: 10.1007/s10164-016-0501-9. 2016.

LE CREN, E.D. The length weight relation shipandseasonalcycle in gonadal weight and condition in theperch (Perca fluviatilis). Journal of Animal Ecology v. 20, n. 2, p. 201-219. 1951.

LIMA, E.M.M.; SOUSA, K.N.S.; SANTOS, P.R.B.; FERREIRA, LAR.; RODRIGUES, A.F.; PANTOJA, A.S. Relação peso-comprimento e fator de condição da pescada branca (Plagioscion squamosissimus, Heckel 1840) comercializada no município de Santarém, Pará, Brasil. Biota Amazônia. V. 7, n. 2, p. 44-48. 2017.

MAZZONI, R.; COSTA, L.D.S. Feeding Ecology of Stream-Dwelling Fishes from a Coastal Stream in the Southeast of Brazil. Brazilian Archives of Biology and Technology vol.50, n. 4: pp. 627-635. 2007.

MERELES, M.A.; SANT'ANNA, IRA.; SOUSA, R.G.C. Length-weight relationship of fishes species from the tributaries of Machado River, located in pasture lands (Rondônia State, Brazil). Acta of Fisheries and Aquatic Resources 5 (1): 43-52. 2017.

MONTENEGRO, A.K.A; VIEIRA, A.C.B.; CARDOSO, M.M.L.; SOUZA, E.R.T.; CRISPIM, M.C. Piscivory by Hoplias aff. malabaricus (Bloch, 1794): a question of prey availability? Acta Limnologica Brasiliensia vol. 25, no. 1, p. 68-78. 2013.

MONTELES, J.S.; FUNO, I.C.A.; CASTRO, A.C.L. Caracterização da pesca artesanal nos municípios de Humberto de Campos e Primeira Cruz – Maranhão. Boletim Do Laboratório De Hidrobiologia, 23:65-74. 2010.

MOREY, G; MORANTA, J; MASSUTÍ, E; GRAU, A; LINDE, M; RIERA, F; MORALES-NIN, B. Weight-length relation shipso flitto ralto lowers lope fishes from the western Mediterranean. FisheriesResearch v. 62, p. 89-96. 2003.

NASCIMENTO, W. S.; YAMAMOTO, M. E. Proporção Sexual e Relação Peso-Comprimento do Peixe Anual Hypsolebiasantenori (Cyprinodontiformes: Rivuledae) de Poças Temporárias da Região Semiárida do Brasil. Revista Biota Amazônica v. 2, n. 1, p. 37-44. 2012.

PAIVA FILHO, A.M.; GIANNINI, R. Contribuição ao conhecimento da biologia do peixe-rei, Xenomelaniris brasiliensis (Quoy & Gaimard, 1824) (Atherinidae), no complexo baía-estuário de Santos e São Vicente, Brasil. Bolm Inst. oceanogr., S Paulo, 38(1):1-9. 1990.

PINHEIRO, C.U.B. Uso do conhecimento tradicional na caracterização e monitoramento de mudanças ecológicas no Maranhão - Incorporação de Bases Etnocientificas na Pesquisa e Ensino de Graduação e PósGraduação na UFMA, Bolsa de Desenvolvimento Científico Regional. 2003.

RANGEL-SERPAL, F.; TORRES, M. Reproductive seasonality of Geophagus steindachneri Eigenmann & Hildebrand, 1922 (Perciformes: Cichlidae) in a tropical mountain river. Neotropical Ichthyology, 13(2): 421-430. 2015.

RAMSAR. Manual da Convenção de Zonas Úmidas. APA da Baixada Maranhense – MA. Planejamento para o sucesso de conservação; Governo Federal. p.5-27 Disponível em : file:///C:/Users/regi2/Downloads/baixada_maranhense.pdf. 2006.

REIS, M. R. Diversidade e Estrutura das Assembleias de Peixes em Lagos da Área de Proteção Ambiental da Baixada Maranhense, Brasil. Dissertação de Mestrado, Universidade Estadual do Maranhão, Maranhão, Caxias, 97p. Disponível em : http://www.ppgbas.uema.br/wp-content/uploads/2017/02/Disserta%C3%A7%C3%A3o-Mauricio-assinada-fim.pdf . 2016.

RICKER, W.E. Computationandinterpretationofbiologicalstatisticsoffishpopulations. Bull. Fish. Res. Board Can. Ottawa v. 191, p. 1-382. 1975.

RIJSSEL, J.C.; MOSER, F.N.; FREI, D.; SEEHAUSEN, O. Prevalence of disruptive selection predicts extent of species differentiation in lake Victoria chiclids. The Royal Society 285: 20172630. 2018.

RODRIGUES, D. Ecologia trófica das principais espécies de peixes do Rio Paraíba do Sul na área de influência do aproveitamento hidrelétrico simplício durante o período pré-represamento. Pós-graduação, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 91p. 2013.

RODRIGUES, M.L.; SANTOS, R.B.; SANTOS, E.J.S.; PEREIRA, S.M., OLIVEIRA, A.; SOARES, E.C. Biologia populacional da carapeba listrada, Eugerres brasilianus (Cuvier, 1830), próximo à Foz do Rio São Francisco (Brasil). B. Inst. Pesca, São Paulo, 43(2): 152 – 163. 2017.

SANTOS, A.F.G.N.; SANTOS, L.N.; ARAÚJO, F.G.; SANTOS, R.N.; ANDRADE, C.C.; CAETANO, C.B. Relação peso-comprimento e fator de condição do acará; Geophagus brasiliensis, no reservatório de Larges. Revista Universidade Rural v. 22, n. 2, p. 115-121. 2002.

SANTOS, R.S.; MARCHIORI, N.; SANTAREM, V.A.; TAKAHASHI, H.K.; MOURINO, J.L.P.; MARTINS, M.L. Austrodiplostomum compactum (Lutz, 1928) (Digenea, Diplostomidae) in the eyes of fishes from Paraná river, Brazil. Acta Scientiarum v. 34, n. 2, p. 225-231. 2012.

SCHUBART, S.A.; MAZZONI, R. Produtividade de peixes em um riacho costeiro da bacia do Leste, Rio de Janeiro, Brasil. Iheringia 96(4):399-405. 2006.

SELZ, O.M.; THOMMEN, R.; PIEROTTI, M.E.R.; ANAYA-ROJAS, J.M.; SEEHAUSEN, O. Differences in male coloration are predicted by divergentsexual selection between population of a chiclids fish. The Royal Society 283: 20160172. 2016.

SOARES, M.G.M.; FREITAS, C.E.C.; OLIVEIRA, A.C.B. Assembleias de peixes associadas aos bancos de macrófitas aquáticas em lagos manejados da Amazônia Central, Amazonas, Brasil. Acta amazônica. v. 44(1): 143 – 152. 2014.

TURRA, E.M.; OLIVEIRA, D.A.A.; TEIXEIRA, E.A.; LUZ, R.K.; PRADO, S.A.; MELO, D.C.; FARIA, P.M.C.; SOUSA, A.B. Controle reprodutivo em tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) por meio de manipulações sexuais e cromossômicas Reproduction control in Nile tilapia (Oreochromis niloticus) by sexual and chromosome set manipulation. Rev. Bras. Reprod. Anim. v.34, n.1, p.21-28. 2010.

TSUJI, T.C. Sustentabilidade de Recursos Pesqueiros, Pesca Artesanal e Cooperativismo - Análise de Duas Experiências no Maranhão. Dissertação De Mestrado, Universidade Federal Do Maranhão, São Luís, 176p. 2011.

VAZZOLER A. E. A. M. Biologia da reprodução de peixes teleósteos: teoria e prática. Maringá, PR: EDUEM - Editora da Universidade Estadual de Maringá, Pag.31-191. 1996.

YOSHIDA, G.M.; OLIVEIRA, C.A.L.; KUNITA, N.M.; RIZZATO, G.S.; ALEXANDRE FILHO, L.; RIBEIRO, R.P. Genotype by sex interaction at different phases during Nile tilapia culture period. Acta Scientiarum. Animal Sciences v. 37, n. 4, p. 343-349. 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-111

Refbacks

  • There are currently no refbacks.