Perfil epidemiológico das internações por neoplasia maligna de pâncreas nos últimos 5 anos no Brasil / Epidemiological profile of hospitalizations for malignant pancreatic neoplasia in the last 5 years in Brazil

Davi Wesley Ramos do Nascimento, Ana Cláudia da Silva Fernandes Duarte, Antonio Paulo Reis de Amorim Lisboa, Matheus dos Santos do Nascimento Carvalho, Ana Kelly da Silva Fernandes Duarte, Flavia Danielle Souza de Vasconcelos, Ranulfo Paranhos dos Santos Neto, Euclides Maurício Trindade Filho

Abstract


A neoplasia de pâncreas caracteriza-se por sua elevada mortalidade, apesar dessa doença não ser tão comum, observa-se que, nos últimos cinco anos, no Brasil, houve um aumento gradativo no registros de internações por essa doença, destaque para as regiões Sudeste com o maior número de casos, 49,6%, seguida pela região Sul com 25,9%. No presente estudo foram analisadas as seguintes variantes: internação, caráter de atendimento, regiões do país, sexo, raça/etnia, faixa etária e número de óbitos.


Keywords


Neoplasia, Pâncreas, Epidemiologia, Internações.

References


Ministério da Saúde, Instituto Nacional do Câncer.ABC do Câncer: Abordagens Básicas para o Controle do Câncer. INCA. Rio de Janeiro, 2011.

KUIAVA, VA; CHIELLEB, EO. Epidemiologia Do Câncer De Pâncreas Na Região Sul Do Brasil: Estudo Da Base De Dados Do Departamento De Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus). Revista de Atenção à Saúde, v. 16, n. 56, p. 32-39, 2018.

KUMAR, V.; ABBAS, A.; ASTER, J. Robbins e Cotran – Patologia – Bases Patológicas das Doenças. 9. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013; p. 646-652.

LOWENFELS, AB; MAISONNEUVE, P. Epidemiology and Prevention of Pancreatic Cancer. Japanese Journal of Clinical Oncology, v. 34, n. 5, p. 238-244, 2004.

Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. ABC do Câncer: Abordagens Básicas para o Controle do Câncer. Rio de Janeiro: INCA; 2019.

Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Câncer de pâncreas. INCA, 2018. Disponível em: Acesso em: 29 de jun. de 2020.

MÔNICA, S. Rastreamento do câncer de pâncreas. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 44, n. 2, p. 109-111, 2017.

RAWLA, P.; SUNKARA, T.; GADUPUTI, V. Epidemiology of Pancreatic Cancer: Global Trends, Etiology and Risk Factors. World Journal of Oncology, v. 10, n.1, p. 20-27, 2019.

SANTOS, T.; POLISTCHUCK, I. Pesquisa mostra aumento da incidência de câncer de pâncreas em vários países. Medscape, 2019. Disponível em: . Acesso em: 28 de jun. de 2020.

VICENT, A; HERMAN, J; SCHULICK, R; HRUBAN, R H; GOGGINS, M S. Pancreatic cancer. The Lancet, v 378, n 9791, p. 12-19, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-104

Refbacks

  • There are currently no refbacks.