Morfometria e zoneamento ambiental da microbacia hidrográfica do açude 25 de Março – RN/ Morphometry and environmental zoning of the weir micro watershed March 25 – RN

Marcos Elias de Oliveira Júnior, Vinícius José Correia Arlindo, Anderson Rodrigo da Silva Lunes, Joel Medeiros Bezerra

Abstract


Uma Bacia Hidrográfica (BH) é uma unidade territorial, delimitada pelo divisor de águas, formada por um curso d’água principal, que pode ser um rio ou um reservatório artificial, por onde convergem todos os seus afluentes. É dividida em sub-bacias e esta, por sua vez, em microbacias. A microbacia do Açude 25 de Março, inserida dentro da bacia hidrográfica do rio Apodi-Mossoró, é inteiramente potiguar, abrange quatro municípios e está inserida no clima semiárido, com um período chuvoso curto e elevados índices de insolação e evapotranspiração, sendo, portanto, deficitária do ponto de vista hidrológico. Através do emprego de algoritmos do software QGIS, foi possível delimitar a área da bacia, as áreas de preservação permanente (APP’s), tomando-se por base o novo código florestal brasileiro, datado de 2012, e ainda a ordem de drenagem dos cursos d’água. Também foi utilizado o Google Earth Pro, no qual delimitou-se manualmente os corpos lênticos, através de polígonos. Foi constatado que a bacia é deficitária, apresenta ordem de drenagem 4 e seus cursos d’água intermitentes e com relevo predominantemente plano, com declividades predominando entre 0 e 5%, e baixa propensão à ocorrência de enchentes. Em relação às APP’s, predomina a largura mínima 50 metros de mata ciliar, embora boa parte dessas áreas se encontre desmatada.


Keywords


Geoprocessamento, Zoneamento ambiental, Morfometria.

References


ALMEIDA, Rafael Alvarenga et al. ANÁLISE MORFOMÉTRICA DE UMA SUB-BACIA DO RIO PIRACICABA (MG) UTILIZANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA. Revista Engenharia na Agricultura, Viçosa (Minas Gerais), v. 25, n. 4, p. 372-380, 1 nov. 2017. Disponível em: https://reveng.ufv.br/index.php/reveng/article/view/815/503. Acesso em: 14 set. 2018.

ANDRADE, Manoel Caminha Freire de et al. Revista Comemorativa do Bi-Centenário da Paróquia e Centenário do Município de Pau dos Ferros (1756-1856-1956). 2. ed. Natal: Sebo, 2015. 206 p.

BRASIL. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Lei nº 6.938, de 31 de agosto de 1981. Brasília, 2 de setembro de 1981. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12651.htm. Acesso em: 10 set. 2018.

_______. Dispõe sobre a regulamentação do Artigo 2°, inciso VIII, da Lei n° 6.938, de 31 de agosto de 1981, e dá outras providências. Decreto n° 97.632, de 10 de abril de 1989. Brasília, 12 de abril de 1989. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1980-1989/D97632.htm. Acesso em: 10 set. 2018.

_______. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis nos 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e 11.428, de 22 de dezembro de 2006; revoga as Leis nos 4.771, de 15 de setembro de 1965, e 7.754, de 14 de abril de 1989, e a Medida Provisória no 2.166-67, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012. Brasília, 28 de maio 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6938.htm. Acesso em: 10 set. 2018.

Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte. Climatologia - Rio Grande do Norte. Disponível em: http://189.124.130.5:8181/climaRN/prec.html. Acesso em: 10 set. 2018.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA. Clima. Disponível em: https://www.cnpf.embrapa.br/pesquisa/efb/clima.htm. Acesso em: 10 set. 2018.

__________________________________________________. Levantamento exploratório-reconhecimento de solos do Estado do Rio Grande do Norte. 1971. Disponível em: https://www.embrapa.br/solos/busca-de-publicacoes/-/publicacao/330796/levantamento-exploratorio-reconhecimento-de-solos-do-estado-do-rio-grande-do-norte. Acesso em: 10 set. 2018.

FERREIRA, Clarisse Wanderley Souto, et al. Caracterização morfométrica da bacia hidrográfica do Açude Cachoeira II, no município de Serra Talhada – PE - Brasil. In: Anais VI Seminário Latino Americano de Geografia Física, 2010.

FIOREZE, Ana Paula et al. A questão da água no Nordeste. Brasília: Agência Nacional de Águas/centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2010. 432 p. Disponível em: http://livroaberto.ibict.br/bitstream/1/669/4/A%20quest%C3%A3o%20da%20%C3%A1gua%20no%20Nordeste.pdf. Acesso em: 10 set. 2018.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Manual técnico de geomorfologia. 2. ed. Rio de Janeiro: Coordenação de Recursos Naturais e Estudos Ambientais, 2009. 182 p. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv66620.pdf. Acesso em: 14 set. 2018.

Instituto Nacional de Meteorologia – INMET. Normais climatológicas do Brasil. 2018. Disponível em: http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=clima/ normaisclimatologicas. Acesso em: 10 set. 2018.

JACOMINE, Paulo Klinger Tito. A NOVA CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA DE SOLOS. Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, Recife, v. 5, p. 161-179, 2008. Disponível em: http://web.archive.org/web/20140701032225/https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/ item/19350/1/Jacomine.pdf. Acesso em: 10 set. 2018.

LANA, Cláudio Eduardo; ALVES, Júlia Maria de Paula; CASTRO, Paulo de Tarso Amorim. Análise morfométrica da bacia do Rio do Tanque, MG - Brasil. Revista Escola de Minas, Ouro Preto, v. 54, n. 2, p. 121-126, jun. 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php? script=sci_arttext&pid=S0370-44672001000200008&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 10 set. 2018.

Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte – IDEMA. Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos – SEMARH. Perfil do Seu Município (2008). 2008. Disponível em: http://www.idema.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=PASTAC&TARG=875&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=. Acesso em: 10 set. 2018.

PEREIRA, Klenia Dias; SILVA, QuÉsia Duarte da. Morfometria: um estudo de caso da sub-bacia hidrográfica do Santa Bárbara, São Luís - MA. 2009. 10 f. TCC (Graduação) - Curso de Geografia, Universidade Estadual do Maranhão, São Luís, 2009. Disponível em: http://lsie.unb.br/ugb/sinageo/7/0207.pdf. Acesso em: 10 set. 2018.

PIRES, José Salatiel Rodrigues; SANTOS, José Eduardo dos; PRETTE, Marcos Estevan del. A Utilização do Conceito de Bacia Hidrográfica para a Conservação dos Recursos Naturais. In: SCHIAVETTI, Alexandre; CAMARGO, Antonio F. M. (Ed.). Conceitos de Bacias Hidrográficas: Teorias e Aplicações. Ilhéus (Bahia): Universidade Estadual de Santa Cruz, 2002. p. 17-35. Disponível em: http://web.archive.org/web/20180329011626/http://www.uesc.br/editora/ livrosdigitais2015/conceitos_de_bacias.pdf. Acesso em: 10 set. 2018.

RIO GRANDE DO NORTE. Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças – SEPLAN. Perfil do Rio Grande do Norte. 2014. Disponível em: http://web.archive.org/web/20170531041028/http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/seplan/DOC/DOC000000000129527.PDF. Acesso em: 10 set. 2018.

SANTOS, Marilaine Alves; CARVALHO, Silvia Méri; ANTONELI, Valdemir. Suscetibilidade a enchentes a partir da análise de variáveis morfométricas, na bacia hidrográfica Rio Bonito em Irati-PR, BRASIL. Revista Equador, Teresina, v. 5, n. 5, p. 152-167, dez. 2016. Disponível em: http://www.ojs.ufpi.br/index.php/equador/article/download/4855/3224. Acesso em: 14 set. 2018.

SILVA, Jussara Severo da; LEITE, Eugênio Pacelli Fernandes; GADELHA, Arnaldo Gomes. Utilização de software livre na extração de atributos hidrológicos. In: III Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação. Anais. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2010. p. 1-9. Disponível em: https://www3.ufpe.br/cgtg/SIMGEOIII/IIISIMGEO_CD/artigos/CartografiaeSIG/SIG/A_218.pdf. Acesso em: 10 set. 2018.

SOUZA, Ana Cláudia Medeiros; SILVA, Márcia Regina Farias da; DIAS, Nildo da Silva. Gestão de recursos hídricos: o caso da bacia hidrográfica Apodi/Mossoró (RN). Revista Irriga, Botucatu (SP), edição especial, p. 280-296, 2012. Disponível em: http://revistas.fca.unesp.br/index.php/irriga/article/download/453. Acesso em: 14 set. 2018.

SOUZA NETO, Manoel Cavalcante de. Pau dos Ferros à sombra da oiticica. Natal: Offset Editora, 2013. 142 p.

STEVAUX, José Cândido; LATRUBESSE, Edgardo Manuel. Geomorfologia fluvial. São Paulo: Oficina de Textos, 2017. 336 p.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-101

Refbacks

  • There are currently no refbacks.