As contribuições dos clássicos para a discussão sobre o campesinato / Classic contributions to discussion about the peasant

Adriano de Oliveira Lima, Antonia Sandra Honoria de Sousa, Izabela Cristina Gomes da Silva

Abstract


O presente artigo busca apresentar as principais ideias dos autores clássicos, como Alexander Chayanov, Teodor Shanin, Karl Kautsky e Vladimir Lênin, sobre o campesinato num contexto onde a produção capitalista, em ascensão na Europa, era introduzida no campo, implicando em profundas mudanças na estrutura organizacional do homem do campo. Neste sentido, buscou-se localizar estas diferentes ideias e compreensões, considerando-se que têm constituído como importantes referenciais sob os quais as políticas públicas e as novas construções teóricas têm se baseado.


Keywords


Campesinato, autores clássicos, campo.

References


CHAYANOV, Alexander V. La organización de la unidad económica campesina. Buenos Aires: Nueva Vision, 1974.

KAUTSKY, KARL. A questão agrária. 6 Ed. São Paulo: Proposta Editorial, 1980.

LÊNIN, V. I. O desenvolvimento do capitalismo na Rússia. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

MARX, K. O capital: crítica da economia política. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira S.A., 1980.

OLIVEIRA, A. U. A geografia das lutas no campo. São Paulo: Contexto, 1999.

SHANIN, T. La clase incómoda: Sociología política del campesinado en una sociedad en desarrollo - Rusia (1910-1925). Madrid: Alianza Editorial, 1983.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-097

Refbacks

  • There are currently no refbacks.