A formação matemática do professor para ensinar nos anos iniciais: o que pensam futuros pedagogos / The teacher's mathematical training to teach in the initial years: what they think future pedagogues

Alessandra Costa Freitas, Maria Elizabete Souza Couto

Abstract


O artigo tem como objetivo analisar os saberes necessários para o futuro professor (pedagogo) dos anos iniciais ensinar Matemática. Este artigo traz um recorte de uma dissertação de mestrado com uma abordagem qualitativa, realizada em uma universidade pública, tendo como participantes a professora que leciona a disciplina ‘Ensino de Matemática: conteúdos e metodologias’ e sete alunos do curso de Pedagogia que já tinham concluído o Estágio Supervisionado nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Realizamos uma entrevista com a professora da disciplina e quatro sessões de grupo focal com os alunos. Como categoria de análise, elegemos os saberes necessários para o ensino de Matemática nos anos iniciais. Os dados evidenciaram algumas lacunas da formação e indicaram os saberes matemáticos necessários para a formação inicial e as contribuições do estágio como momento de reflexão sobre a docência nos anos iniciais, explicitando alguns pontos, tais como: o aprofundamento do conhecimento matemático, a formação matemática para ensinar nos anos iniciais, a relação entre teoria e prática e o uso de materiais didáticos para trabalhar com os conteúdos matemáticos.


Keywords


Formação Inicial de Professores, Ensino de Matemática, Conhecimento matemático.

References


ANDRE, Marli. O que é um estudo de caso qualitativo em educação? Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade. Salvador, v. 22, n. 40, jul/dez. 2013.

AURÉLIO. Dicionário. Disponível em: ‹https://dicionariodoaurelio.com/isomorfismo›. Acesso em: 11 jan. 2018.

BIEMBENGUT, M. S. Modelagem na educação matemática e na ciência. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2016.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, 20 de dezembro de 1996.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Proposta Preliminar. Segunda Versão Revista. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/busca-geral/211-noticias/218175739/58581-base-comum-curricular-sera-homologada-por-ministro-da-educacao-mendonca-filho-no-dia-20 Acesso em: out. 2018.

CRUZ, Shirlei de Pereira da Silva; NETO, José Batista. A polivalência no contexto da docência nos anos iniciais da escolarização básica: refletindo sobre experiências de pesquisas. Revista Brasileira de Educação. v. 17, n. 50, maio-ago, 2012.

CASTRO, Michele Guedes Bredel. Uma retrospectiva da formação de professores: histórias e questionamentos. In: Anais ... VI SEMINÁRIO DA REDES TRADO - Regulação Educacional e Trabalho Docente, 06 e 07 de novembro de 2006 – UERJ - Rio de Janeiro – RJ, 2006.

D'AMBROSIO, Ubiratan. Etonomatemática. Elo entre as tradições e a modernidade. 4ª edição, Belo Horizonte: Autêntica,2011.

D’AMBROSIO, Ubiratan. Prefácio. In: BORBA, Marcelo de Carvalho; ARAUJO, Jussara de Loiola (Orgs.). Pesquisa qualitativa em educação matemática. 2.ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

GATTI, Bernadete Angelina. Grupo Focal na pesquisa em ciências sociais e humanas. Brasília: Liber Livro Editora, 2005.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para mudança e a incerteza. Tradução Silvana Cobucci Leite. 9.ed, São Paulo: Cortez, 2011.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. Pesquisa em educação. Abordagens Qualitativas. São Paulo: EPU, 1986,

MARCELO GARCIA, Carlos. Formação de Professores. Para uma Mudança Educativa. Porto: Porto Editora, LTDA,1999.

MORAIS, R. dos S.; ONUCHIC, L. de la R. Uma abordagem histórica da resolução de problema. In: ONUCHIC, L. de la R. et al. Resolução de Problemas. Teoria e Prática. Jundiaí: Paco Editorial, 2014.

NACARATO, Adair Mendes; MENGALI, Brenda Leme da Silva; PASSOS, Cármen Lúcia Brancaglion. A matemática nos anos Iniciais do ensino fundamental: tecendo fios do ensinar e do aprender. 1ª. Reimp. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011.

PONTE, João Pedro da (Org.). Tarefas no ensino e na aprendizagem da Matemática. In: Práticas profissionais dos professores de Matemática. Lisboa: Universidade de Lisboa - Instituto de Educação, 2013.

SCHÖN, Donald. A. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (coord.). Os professores e sua formação. Trad. Graça Cunha, Cândida Hespanha, Conceição Afonso e José Antônio Souza Tavares. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

VERGNAUD, Gérard. Multiplicate structures. In: RESH, R.; LANDAU, M. (Orgs.). Acquisitions of mathematics concepts and processes. New York. Academic Press, 1983;1996




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-086

Refbacks

  • There are currently no refbacks.