Conhecimento de discentes e enfermeiros acerca da política nacional dos direitos LGBT+ / Knowledge of discents and nurses about the national policy on LGBT rights+

Ruth Cristini Torres, Paulo Henrique Santana Feitosa Sousa, Maria Morgana Lima Silva, Marcel Vinicius Cunha Azevedo, André Luiz De Jesus Morais, Ana Fátima Souza Melo De Andrade, Arionaldo De Jesus Ribeiro, Magna Cristine De Sousa

Abstract


Objetivou-se avaliar o conhecimento de discentes e enfermeiros acerca da política nacional dos direitos LGBT+, bem como, realizar educação em saúde como proposta educativa. Trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória com abordagem educativa, realizada em uma Instituição de Ensino Superior (IES) de Sergipe. A amostra foi composta por discentes do curso de graduação em enfermagem e professores enfermeiros do curso. A coleta de dados ocorreu por meio de um instrumento criado pelos pesquisadores logo após a realização do Workshop. O estudo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Participaram do Workshop 63 sujeitos e apenas 52,38% responderam à pesquisa de opinião. 36,37% demonstrou saber da existência da Política Nacional de Saúde Integral da população LGBT. A maioria (66,66%), ficaram satisfeitos com a abordagem do Workshop e 33,34% citaram sentir a necessidade de alguns assuntos.  78,78% se sentiu melhor preparado para atender aos usuários LGBT+ após a intervenção e 72,72% demonstraram pretensão em multiplicar os conhecimentos adquirido. Ao considerar que o assunto abordado na educação em saúde é de relevância social, sugere-se que novos estudos sejam realizados acerca deste tema com o intuito de apresentar novas informações e dados, contribuindo para que a sociedade tenha um conhecimento maior acerca da temática.


Keywords


Minorias sexuais, Atenção primária, Capacitação profissional

References


ALBUQUERQUE, G.A. et al. Homosexualidade e o direito à saúde: um desafio para as políticas públicas de saúde no Brasil. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v.37 n.98, p.516-524, jul/set, 2013.

ALBUQUERQUE, G.A. et al. Violência psicológica em lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais no interior do Ceará, Brasil. Revista Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v.40, n. 190, p. 100-111, 2016.

ALENCAR, G.A.; ALVES, D.A.; PARENTE, J.S. Assistência a Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais Vítimas de Violência nos Serviços de Saúde. Saúde & Transformação Social, v.7, n.3, p.36-48, 2016.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa, Portugal; Edições 70, LDA, 2011.

BITTENCOURT, D; FONSECA, V; SEGUNDO, M. Acesso da população LGBT moradora de favelas aos serviços públicos de saúde: entraves, silêncios e perspectivas. Revista Conexões PSI, Rio de Janeiro, v.2, n.2, p.60-85, jul/dez, 2014.

BRASIL, Ministério da Saúde. Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. Brasília: 1. ed., 1. reimpresso Ministério da Saúde, 2013.

CARVALHO, S.L; PHILIPP, M.M. Percepção de lésbicas, gays e bissexuais em relação aos serviços de saúde. Revista Universitas: Ciências da Saúde, Brasília, v.11, n.2, p.83-92, jul/dez, 2013.

Constituição da República Federativa do Brasil: 1988. Brasília (DF): Centro Gráfico do Senado Federal; 1988.

FERREIRA, O. B.; PEDROSA, S. I. J.; NASCIMENTO, F.E. Diversidade de gênero e acesso ao sistema único de saúde. Revista Brasileira Promoção Saúde, Fortaleza, v.31, n.1, p.1-10, jan/mar, 2018.

FILHO, F. M. S; SOUSA, M. L.T. Implicações ético política do corpo travesti nas políticas de saúde. Revista Sanare Sobral, v.16, n.01, p.48-57, 2017.

GONÇALVES, J. R; LUSTOSA, G. R. Análise do conhecimento de enfermeiros relacionado à assistência à população LGBT. Revista JRG de Estudos Acadêmicos, v.II, n. 5, ago/dez, 2019.

GUIMARÃES, N.P. et al. Avaliação da Implementação da Política Nacional de Saúde Integral à população LGBT em um município da região Sudeste do Brasil. Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde, v. 14, n. 2, p. 372-85, abr.-jun. 2020.

GUIMARÃES, R.C.P. et al. Assistência à saúde da população LGBT em uma capital brasileira: o que dizem os Agentes Comunitários de Saúde?.Tempus Actas de Saúde Coletiva, Brasília, v.11, n.1, p.121-139, 2017.

HAFEEZ H. et al. Disparidades nos cuidados de saúde entre jovens lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros: uma revisão da literatura. Cureus [Internet], v. 9, n. 4, abr. 2017.

MELLO, L; AVELAR, B.R; MAROJA, D. Por onde andam as Políticas Públicas para a População LGBT no Brasil. Revista Sociedade e Estado, v.27, n.2, p.1-24, 2012.

MELLO, L. et al. Políticas de saúde para lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais no Brasil: em busca de universalidade, integralidade e equidade. Sexualidad, Salud y Sociedad- Revista Latinoamericana, n.9, p.7-28, 2011.

NOGUEIRA, F.J.S.; ARAGÃO, T.A.P. Política Nacional de Saúde Integral LGBT: O que Ocorre na Prática Sob o Prisma de Usuários (as) e Profissionais de Saúde. Saúde e Pesquisa, Maringá (PR). v. 12, n. 3, p. 463-470, 2019.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. Estigma e discriminação são as principais barreiras à saúde para a população LGBT [Internet]. Brasília: OPAS, 2019. [Citado 17 Agosto 2020].

PARENTE, J. S.; MOREIRA, F.T.L.S; ALBUQUERQUE, G.A. Violência física contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais no interior do nordeste brasileiro. Revista Salud Pública, v.20, n.4, p.445-452, 2018.

PAULA, C.E. A.; SILVA, A.P; BITTAR, C.M.L. Vulnerabilidade legislativa de grupos minoritários. Revista Ciências &Saúde Coletiva, v.22, n.12, p.3841-3848, 2017.

PIZARRO, Z. A. et al.Cuidados de saúde para pessoas transexuais para não especialistas no chile. Revista médica Chile, v.147, n.1, p.1-9, 2019.

POPADIUK, G. S.; OLIVEIRA, D.C; SIGNORELLI, M.C. A Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros (LGBT) e o acesso ao Processo Transexualizador no Sistema Único de Saúde (SUS): avanços e desafios. Ciência & Saúde Coletiva, v.22, n.5, p.1509-1520, 2017.

QUERINO, M.S. et al. Ações da equipe de enfermagem na implementação da política de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais- revisão de literatura. Revista Científica, n.1, p.46-58, Jan-jun, 2017.

SANTOS, J.S.; SILVA, R.N.; FERREIRA, M.A. Saúde da população LGBTI+ na Atenção Primária à Saúde e a inserção da Enfermagem. Escola Anna Nery, Rio de Janeiro, v. 23, n. 4, 2019.

SILVA, A.K.L.S. Diversidade sexual e de gênero: a construção do sujeito social.Revista Nufen, v.5, n.1, janeiro-julho, p.12-25, 2013.

SILVA, G.W.S. et al. Diversidade sexual e homofobia: o conhecimento de enfermeiros da estratégia saúde da família. Cuidado é fundamental [Internet]. v. 8, n. 1, p. 3725-39, jan-mar, 2019.

TEODORO, P.P.I; FELIPE, S.K.N; TEODORO, P.P.N. Percepção das mulheres homoafetivas frente a assistência de enfermagem na saúde da mulher. Revista de Psicologia, v.8, n.22, p.1-15 Fevereiro, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-069

Refbacks

  • There are currently no refbacks.