A gestão de custo como ferramenta para formação de preço: estudo de caso em uma empresa familiar na cidade de Porto Velho / Cost management as a tool for price formation: a case study in a family business in the city of Porto Velho

Alex Oliveira Ferreira, Marlene Valerio dos Santos Arenas, Rosália Maria Passos da Silva

Abstract


A formação dos preços de venda dos produtos em uma empresa é uma atividade estratégica de suma importância para o sucesso organizacional. Nesse contexto, a gestão de custos se apresenta como uma relevante ferramenta para as organizações obterem vantagens competitivas no mercado. Para isso foram confrontados aspectos teóricos com as práticas observadas in-loco e por meio de documentos da empresa. Utilizou-se o método de estudo de caso, em pesquisa aplicada e de natureza exploratória, com abordagem qualitativa e quantitativa. Desta maneira foram obtidos resultados sobre a caracterização da empresa familiar com foco nas suas dificuldades de gestão de custos, identificaram-se os custos que influenciam na formação dos preços, elaboraram-se os preços de venda dos produtos da empresa familiar com base em métodos compatíveis, e, por fim, realizou-se a comparação dos resultados da empresa familiar com base nos preços praticados e nos preços propostos. Na análise de dados, constatou-se que a empresa familiar tem apresentado resultados insatisfatórios em virtude da gestora não ter conhecimento de métodos de formação de preços e, também, pela ausência de um sistema de apuração de custos eficiente. Em vista disso, foram recomendados métodos adequados de precificação dos produtos, além de outras melhorias.


Keywords


Formação de Preços; Gestão de Custos; Empresa Familiar

References


BETHLEM, A. S. 2002. Estratégia empresarial. São Paulo: Atlas.

BRUNI, A. L. 2012. A administração de custos, preços e lucros: com aplicações na HP 12C e Excel. 5. Ed. São Paulo: Atlas.

BRUNI, A. L; FAMÁ, R. 2012. Gestão de custos e formação de preços: com aplicações na calculadora HP 12C e Excel. 6. ed. São Paulo: Atlas.

DUBOIS, A; KULPA, L; SOUZA L. E. 2006. Gestão de Custos e Formação de Preços. São Paulo: Atlas.

GERHARDT, T. E; SILVEIRA, D. T. 2009. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

GERSICK, K. E; DAVIS, J. A; HAMPTON, M; LANSBERG, I. 2006. De geração para geração: ciclo de vida das empresas familiares. Rio de Janeiro: Elsevier.

LEITE, R. C. 2002. As técnicas modernas de gestão de empresas familiares. In: GRZYBOVSKI, D; TEDESCO, J. C. (Org.). Empresa familiar: tendências e racionalidades em conflitos. 3. ed. Passo Fundo: UPF. p. 167-198.

LETHBRIDGE, E. 2014. Tendências da empresa familiar no mundo. Revista do BNDES, Rio de Janeiro, v. 4, n. 7, p. 185-200, jun. 1997. Disponível em: . Acesso em: nov.

LODI, J. B. 1998. A empresa familiar. 5. Ed. São Paulo: Pioneira.

MARTINS, Eliseu. 2010. Contabilidade de Custos. 10. ed. São Paulo: Atlas.

PADOVEZE, Clovis Luís. 2003. Contabilidade gerencial de custos. São Paulo: Pioneira Thomson Learning.

PEREIRA, A. C. S; VIEIRA, A; GARCIA, F. C; ROSCOE, M. T. A. 2013. Desconstrução do mito e sucessão do fundador em empresas familiares. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 17, n. 5, art. 1, pp. 518-535, Set./Out. Disponível em: . Acesso em: nov. 2014.

PETRY, L. I; NASCIMENTO, A. M. 2009. Um estudo sobre o modelo de gestão e o processo sucessório em empresas familiares. Revista Contabilidade e Finanças, USP, São Paulo, v. 20, n. 49, p. 109-125, janeiro/abril 2009. Disponível em: . Acesso em: nov. 2014.

PRODANOV, C. C; FREITAS, C. F. 2013. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale.

WERNER, R. A. 2004. Família e negócios: um caminho para o sucesso. Barueri: Manole.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv4n4-170

Refbacks

  • There are currently no refbacks.