Aproximações agrorreformistas no brasil: as derrotas dos projetos reformistas e o determinismo da condição de pobreza / Agrorreformist approaches in brazil: the defeats of reformist projects and the determinism of the condition of poverty

Reshad Tawfeiq, Lenir Aparecida Mainardes da Silva

Abstract


Nos anos 1970, a Coréia do Sul avançou economicamente a partir de uma reforma agrária prévia ao seu projeto desenvolvimentista, tendo como principal efeito a desarticulação da elite agrária e a viabilização de maior autonomia ao Estado para implementar suas políticas. No caso do Brasil, o Estado vocalizou preferencialmente interesses dos grandes proprietários rurais, que concentraram suas bases de riqueza e consolidaram seu domínio, em diferentes momentos e contextos históricos. Neste sentido, o presente artigo tem por objetivo identificar os momentos de aproximação agrorreformista no Brasil, compreendendo-se que a identificação e análise destes momentos poderão oferecer importantes pistas sobre a natureza dos atuais fatores que obstam as mudanças fundamentais ao processo de desenvolvimento e de autonomia dos sujeitos e da sociedade brasileira, dentre elas a reforma agrária, culminando na manutenção de uma estrutura fundiária problemática e que possui papel central no determinismo da condição de pobreza no Brasil.

 


Keywords


reforma agrária, antirreformas, condição de pobreza.

References


CARVALHO, José Murilo de. Mandonismo, coronelismo, clientelismo: uma discussão conceitual. DADOS – Revista de Ciências sociais. Rio de Janeiro, v. 40, nº 02, 1997.

COSTA, Sandra Helena Gonçalves. A questão agrária no Brasil e a bancada ruralista no Congresso Nacional. 325 f. Dissertação – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

DUGUIT, León. Fundamentos do Direito. Tradução de Márcio Pugliesi. 3. ed. São Paulo: Martin Claret, 2009.

GRAZIANO NETO, Francisco. A tragédia da terra: o fracasso da reforma agrária no Brasil. São Paulo: Iglu; Jabuticabal/SP: Fundação de Estudos e Pesquisas em Agronomia, Medicina Veterinária, Zootecnia, 1992.

LEAL, Victor Nunes. Coronelismo, enxada e voto: o município e o sistema representativo no Brasil. 7. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

MENDONÇA, Sonia Regina; STÉDILE, João Pedro (Org.). A questão agrária no Brasil: a classe dominante agrária - natureza e comportamento 1964-1990. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

PRADO JÚNIOR, Caio. A revolução brasileira; A questão agrária no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

STÉDILE, João Pedro. Questão agrária no Brasil. 11. ed. São Paulo: Atual, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-361

Refbacks

  • There are currently no refbacks.