Políticas públicas de esporte, cultura e lazer versus Inatividade física: uma análise em idosos da ilha de Cotijuba/PA / Public policies on sports, culture and leisure versus Physical inactivity: an analysis of the elderly on the island of Cotijuba/PA

Rayssa da Conceição Brito de Souza, Ricardo Gomes Reis

Abstract


Este artigo teve o objetivo de analisar sobre a existência e implementação das políticas públicas de esporte, cultura, lazer e práticas corporais, sua relação com a inatividade física e incidência de doenças crônicas em idosos da ilha de Cotijuba/PA. A pesquisa foi fundamentada no enfoque dialético, com abordagens quantiqualitativa. Pela metodologia empregada é considerada um estudo de campo. A amostra para análise foi constituída por 50 idosos que moram na ilha de Cotijuba/PA. Foram aplicados questionários com idosos acima de 60 anos. Identificamos que a falta de políticas públicas advindas de planos e metas da administração pública, tem como consequências idosos que apresentam ser sedentários pela falta de incentivo à atividades físicas, juntamente com outros fatores associados ao estilo de vida, gera aumento no risco de desenvolver várias doenças na população da ilha. Como considerações finais, este estudo expõe sobre a necessidade de assistência em políticas públicas que resultem na promoção, prevenção e manutenção da saúde e qualidade de vida dos idosos da ilha, e ações, projetos ou programas advindos das entidades públicas até então inexistentes na ilha, possam ser implementados a partir do diálogo e observação sobre as necessidades da comunidade, possibilidades, adequação local e dinâmica populacional.

 


Keywords


Políticas públicas, Inatividade física, Idosos da ilha.

References


BELÉM. Distrito Administrativo de Outeiro. Secretaria Municipal de Coordenação Geral do Planejamento e Gestão. Belém, 2004.

BELÉM. Lei Ordinária 7753, de 1995 de Belém PA. Administração Distrital. Data de Inserção no Sistema Leis Municipais: 19/11/2002.

BRASIL. Constituição Federal Brasileira. São Paulo: TECHOPRINT, 1988.

BRASIL. Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Secretaria de Atenção à Saúde, e Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde. 2006.

BRASIL. Lei n. 8.842, de 4 de janeiro de 1994: Dispõe sobre a Política Nacional do Idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras providências. Brasília, 1994.

BRASIL. Lei Nº 10.741, de 1º de Outubro de 2003: Estatuto do Idoso, 2003.

BRASIL. Ministério da Saúde. Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas. Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde. Brasília, 2015.

CANDAU, Vera Maria. Educação escola e Cultura(s): construindo caminhos. Revista Brasileira de Educação, 2003.

CASPERSEN, C. J.; POWELL, K. E., CHRISTENSEN, G. M. Physical activity, exercise, and physical fitness: definitions and distinctions for health-related research. Public Health Reports, 1985.

CASTELLANI FILHO, Lino. Gestão municipal e política de lazer. In: ISAYAMA, Helder F. e LINHARES, Meily A. (Org.). Sobre lazer e política: maneiras de ver, maneiras de fazer. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006.

CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino. Metodologia científica: para uso dos estudantes universitários. 3. ed. São Paulo: Makron Books, 1983.

CIOLAC, Emmanuel; GUIMARÃES, Guilherme. Exercício físico e síndrome metabólica. Rev. Bras. de Medicina do Esporte: Niterói, v. 10, n. 4, Ago. 2004.

DUMAZEDIER, Joffre. Valores e conteúdos culturais do lazer. São Paulo: SESC, 1980. GUEDES, T. A. et al. Projeto de Ensino: Aprender Fazendo Estatística, 2005.

GUERRA, Gutemberg. Desenvolvimento territorial na Amazônia: rural e urbano como faces da mesma moeda. In: CARDOSO, A. (Org). O Rural e o urbano na Amazônia: diferentes olhares em perspectivas. Belém: EDUFPA, 2006.

IBGE. Perfil dos idosos no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2010.

IBGE. Pesquisa Nacional de Saúde 2013: percepção do estado de saúde, estilos de vida e doenças crônicas no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2014.

MACIEL, Marcos. Atividade física e funcionalidade do idoso. Escola de Educação Física. MG: Rio Claro, v.16 n.4, out./dez, 2010.

MALTA, D.C.; SILVA, J. B. O Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das DCNTs no Brasil e a definição das metas globais para o enfrentamento dessas doenças até 2025: uma revisão. Epidemiol Serv Saude, 2013.

MELO, Odimar do Carmo. O lugar e a comunidade na Ilha de Cotijuba/PA. Dissertação (Mestrado): UFPA, 2010.

MELO, V. A. Introdução ao Lazer. Barueri SP: Manole, 2003.

NAHAS, M. V. Atividade física, saúde e qualidade de vida: Conceitos e sugestões para um estilo de vida ativo. Londrina, Editora Mediograf, 4ª edição, 2006.

OKUMA, Silene. O Idoso e a Atividade Física. Fundamentos e Pesquisa. Campinas, Papirus, 2007.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (OMS). Envelhecimento ativo: uma política de saúde. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2005.

PAPALIA, D. E., OLDs, S. W., & FELDMAN, R. D. Desenvolvimento humano. Porto Alegre: Artmed, 2006.

PETERS, B. G. American Public Policy. 1986.

RODRIGUES, A. J. Metodologia Científica. São Paulo: AVERCAMP, 2006.

RODRIGUES, N. O.: NERI, A. L. Vulnerabilidade social, individual e programática em idosos da comunidade: dados do estudo FIBRA. SP: Campinas, 2012.

SANTANA, R. M. Território e gênero de vida de uma população ribeirinha na Ilha de Cotijuba- Belém/PA. Belém, 2002.

SCALABRIN, Cristine; PRAZERES, Maria de Jesus. Agricultura familiar na Ilha de Cotijuba/Pará.

RS: Porto Alegre, 2013.

SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS. Dados sobre o envelhecimento no Brasil. Coordenação Geral dos Direitos do Idoso. Brasília: DF, 2011.

SEGEP. Anuário Estatístico do Município de Belém. 2012.

SIMÃO, L. M. et al. O Papel da iniciação científica para a formação em pesquisa. Rio de Janeiro: ANPPEP, 1996.

SPIES, Marcia. O envelhecimento populacional e o direito à cidadania: a política pública de esportes e lazer no município de Toledo/PR. Universidade Estadual de Maringá. Especialização em Gestão Pública Municipal. Maringá, 2016.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

TUBINO, M.J.G. As Dimensões Sociais do Esporte. São Paulo, Cortez Editores Associados, 1992.

World Health Organization. Envelhecimento ativo: uma política de saúde. Brasília: Organização Pan- Americana da Saúde, 2005.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-348

Refbacks

  • There are currently no refbacks.