Morbidade materna na gravidez, parto e puerpério em Araguari e Minas Gerais / Maternal morbidity in pregnancy, childbirth and puerperium in Araguari and Minas Gerais

Mariane Prudente Castro, Maria Luiza Jorge Amaral, Mayara Duques Mascarenhas Alberti

Abstract


A razão de mortalidade materna é um indicador sensível e relevante da atenção e qualidade da saúde da mulher, valores elevados de mortalidade materna associam- se a outros problemas, como morbidade materna, mortalidade perinatal e infantil elevadas (MAGALHÃES, TEIXEIRA;2010). Morbidade refere-se ao conjunto dos indivíduos que adquirem doenças num dado intervalo de tempo em uma determinada população. Baseado nisso, estudos são feitos constantemente para compreender os determinantes deste número, e avaliar a qualidade da atenção obstétrica, que influenciará os governantes e os profissionais de saúde que ainda são relapsos quanto ao bem estar da parturiente.


Keywords


mortalidade materna, morbidade, saúde da mulher

References


CARDOSO, Priscila Oliveira; ALBERTI, Luiz Ronaldo; PETROIANU, Andy. Morbidade neonatal e maternas relacionada ao tipo de parto. Revista Ciência & Saúde Coletiva, v. 15, n. 2, 2010.

CECATTI, José Guilherme et al. Saúde da mulher: enfoque da evidência científica para a prevenção da morbidade e mortalidade materna. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, 2005.

SILVA, Thaíse Castanho da et al . Morbidade materna grave identificada no Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde, no estado do Paraná, 2010. Epidemiol. Serv. Saúde, Brasília , v. 25, n. 3, p. 617-628, Sept. 2016 . Available from . access on 22 July 2017. http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742016000300017.

MAGALHAES, Maria da Consolação; BUSTAMANTE-TEIXEIRA, Maria Teresa. Morbidade materna extremamente grave: uso do Sistema de Informação Hospitalar. Rev. Saúde Pública, São Paulo , v. 46, n. 3, p. 472-478, June 2012 . Available from . access on 22 July 2017. Epub Apr 17, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102012005000029

RIBEIRO, Kéury Nascimento et al. Caracterização do conhecimento das gestantes sobre as possíveis complicações relacionadas ao início do pré-natal tardio. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 8, p. 59458-59468, 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-318

Refbacks

  • There are currently no refbacks.