Adequação dialítica e estado nutricional de indivíduos em hemodiálise / Dialitical adequacy and nutritional status of hemodialysis individuals

Jhonatan Costa, Cláudia Porto Sabino Pinho, Regiane Maio, Alcides da Silva Diniz, Tuane Rodrigues de Carvalho, Ylka Anny Couto Oliveira Barboza, Ricardo da Silva Duarte, Maria da Conceição Chaves de Lemos

Abstract


Introdução: Pacientes portadores de doença renal crônica em hemodiálise apresentam risco elevado para desenvolver distúrbios nutricionais, havendo uma forte relação entre estado nutricional, qualidade de vida e mortalidade com adequação dialítica. Objetivo: Avaliar o estado nutricional e adequação dialítica entre indivíduos portadores de doença renal crônica em hemodiálise. Métodos: estudo transversal realizado com 110 pacientes em hemodiálise na cidade de Recife - PE, em 2016. O estado nutricional foi avaliado pelo Índice de Massa Corporal (IMC), adequação da circunferência do braço (CB), circunferência da cintura (CC). A adequação dialítica foi avaliada pelos métodos da Cinética da Uréia (Kt/V) e Percentual de Remoção da Ureia (PRU). Resultados: A desnutrição esteve prevalente em 17,3% e 53,7% pelo IMC e CB, respectivamente, com piores indicadores no sexo masculino. O excesso de peso apresentou taxas de 33,7% e 9% pelo IMC e CB 64,5% da amostra apresentou algum risco de desenvolver doenças metabólicas. A eficiência de diálise demonstrou que, aproximadamente, metade da população recebe tratamento insuficiente: 48,6% pelo Kt/V e 55% pelo PRU, com melhores valores no sexo feminino. Conclusões: Observou-se altas taxas de desnutrição e de insuficiência dialítica, variando de acordo com o método utilizado.

 

 


Keywords


Estado nutricional; diálise renal; desnutrição; obesidade.

References


Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada e Temática. Diretrizes Clínicas para o Cuidado ao paciente com Doença Renal Crônica – DRC no Sistema Único de Saúde. [Internet]. 2014. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_clinicas_cuidado_paciente_renal.pdf

Eknoyan G et al. KDIGO 2012 Clinical Practice Guideline for the Evaluation and Management of Chronic Kidney Disease. 2013.

Roso CC, Beuter M, Jacobi CDS, Silva CT da, Perrando MDS, Bruinsma JL. Progressão da insuficiência renal crônica: percepções de pessoas em pré-diálise. Rev Enferm UFSM. 12 de março de 2014;3(0):581–8.

Sousa MRG de, Silva AEB de C, Bezerra ALQ, Freitas JS de, Miasso AI. Eventos adversos em hemodiálise: relatos de profissionais de enfermagem. Rev esc enferm USP. fevereiro de 2013;47(1):76–83.

Riella MC, Martins C. Nutrição e o Rim. 2o ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2013.

Barzegar H, Moosazadeh M, Jafari H, Esmaeili R. EVALUATION OF DIALYSIS ADEQUACY IN HEMODIALYSIS PATIENTS: A SYSTEMATIC REVIEW. :6.

Hakim RM, Breyer J, Ismail N, Schulman G. Effects of Dose of Dialysis on Morbidity and Mortality. American Journal of Kidney Diseases. maio de 1994;23(5):661–9.

Daugirdas JT, Depner TA, Inrig J, Mehrotra R, Rocco MV, Suri RS, et al. KDOQI Clinical Practice Guideline for Hemodialysis Adequacy: 2015 Update. American Journal of Kidney Diseases. novembro de 2015;66(5):884–930.

RAIESIFAR A et al. Dialysis adequacy in patients of Abadan hemodialysis center. J Crit Care Nurs. 2009;2:87–90.

Afaghi E, Tayebi A, Ebadi A, Sobhani V, Einollahi B, Tayebi M. The Effect of BCAA and ISO-WHEY Oral Nutritional Supplements on Dialysis Adequacy. Nephrourol Mon [Internet]. 5 de setembro de 2016 [citado 21 de agosto de 2020];8(6). Disponível em: https://sites.kowsarpub.com/num/articles/17241.html

Breitsameter G, Figueiredo AE, Kochhann DS. Cálculo de Kt/V em hemodiálise: comparação entre fórmulas. J Bras Nefrol. março de 2012;34(1):22–6.

Borzou SR, Gholyaf M, Zandiha M, Amini R, Goodarzi MT, Torkaman B. The Effect of Increasing Blood Flow Rate on Dialysis Adequacy in Hemodialysis Patients. 2006;4.

Shasti S, Babahaji M. The assessment of dialysis adequacy among hemodialysis patients in Tehran City. The assessment of dialysis adequacy among hemodialysis patients in Tehran City. 2011;14.

Navuluri R, Regalado S. The KDOQI 2006 Vascular Access Update and Fistula First Program Synopsis. Semin Intervent Radiol. junho de 2009;26(2):122–4.

Wilkens K, Juneja V, Shanaman E. Terapia nutricional para distúrbios renais. In: Krause: Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2018.

Carrero JJ, Nakashima A, Qureshi AR, Lindholm B, Heimbürger O, Bárány P, et al. Protein-energy wasting modifies the association of ghrelin with inflammation, leptin, and mortality in hemodialysis patients. Kidney International. abril de 2011;79(7):749–56.

Martins C, Cuppari L, Avesani C, Gusmão MG. Terapia Nutricional para Pacientes em Hemodiálise Crônica [Internet]. Projeto Diretrizes; 2011 [citado 21 de agosto de 2020]. Disponível em: https://diretrizes.amb.org.br/_BibliotecaAntiga/terapia_nutricional_para_pacientes_em_hemodialise_cronica.pdf

Oliveira C. Malnutrition in chronic kidney failure: what is the best diagnostic method to assess? 2010;32:57–60.

Silva AMD. Estado nutricional de pacientes renais crônicos submetidos a tratamento hemodiálitico em um hospital de referência de Pernambuco. Estado nutricional de pacientes renais crônicos submetidos a tratamento hemodiálitico em um hospital de referência de Pernambuco. 2017;(3):58–65.

World Health Organization, organizador. Obesity: preventing and managing the global epidemic: report of a WHO consultation. Geneva: World Health Organization; 2000. 253 p. (WHO technical report series).

Lipschitz DA. Screening for nutritional status in the elderly. Prim Care. 1994;21:55–67.

Blackburn GL, Thornton PA. Nutritional assessment of the hospitalized patients. Med Clin North Am. 1979;63:11103–15.

Daugirdas JT, Kjellstrand CM. Prescrição de hemodiálise crônica: uma abordagem da cinética da uréia. 3o ed. Rio de Janeiro: Medsi; 2003.

Salazar JT, Salazar JTT, Tapia JP, Méndez JG, Vásquez LMP. Tasa de reducción de la urea como marcador de adecuación en diálisis en pacientes del H.O.N n°2 C.N.S.-2009. Gac Med Bol. 2010;6.

Claudino LM, De Souza TF, Mezzomo TR. Relação entre eficiência da hemodiálise e estado nutricional em pacientes com doença renal crônica. Sci Med. 26 de setembro de 2018;28(3):31674.

Hong W, Lee Y-J. The association of dialysis adequacy, body mass index, and mortality among hemodialysis patients. BMC Nephrol. dezembro de 2019;20(1):382.

Rani VN, Kavimani S, Soundararajan P, Chamundeeswari D, Kannan G. Correlation between anthropometry, biochemical markers and subjective global assessment-dialysis malnutrition score as predictors of nutritional status of the maintenance hemodialysis patients. Inte Jour of Medi Res & Health Sci. 2015;4(4):852.

Nunes FT, Campos G, Paula SMX, Portero-Mclellan KC, Motta DG, Oliveira MR. Dialysis adequacy and nutritional status of hemodialysis patients. Dialysis adequacy and nutritional status of hemodialysis patients. 2008;12:45–51.

Alvarenga L de A, Andrade BD, Moreira MA, Nascimento R de P, Macedo ID, Aguiar AS de. Nutritional profle of hemodialysis patients concerning treatment time. Jornal Brasileiro de Nefrologia [Internet]. 2017 [citado 23 de agosto de 2020];39(3). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-28002017000300283

Sesso RC, Lopes AA, Thomé FS, Lugon JR, Martins CT. Brazilian Chronic Dialysis Survey 2016. Jornal Brasileiro de Nefrologia [Internet]. 2017 [citado 23 de agosto de 2020];39(3). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-28002017000300261

Kovesdy CP, Furth SMD, Zoccali CMD. Obesity and kidney disease: hidden consequences of the epidemic. JPES. 2017;17(01).

Kopple JD. National Kidney Foundation K/DOQI Clinical Practice Guidelines for Nutrition in Chronic Renal Failure. American Journal of Kidney Diseases. janeiro de 2001;37(1):S66–70.

Caetano C, Valente A, Oliveira T, Garagarza C. Body Composition and Mortality Predictors in Hemodialysis Patients. Journal of Renal Nutrition. março de 2016;26(2):81–6.

Mafra D, Farage NE. O Papel do Tecido Adiposo na Doença Renal Crônica. 2006;6.

Valenzuela RGV, Giffoni ÂG, Cuppari L, Canziani MEF. Estado nutricional de pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise no Amazonas. Rev Assoc Med Bras. janeiro de 2003;49(1):72–8.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. COORDENAÇÃO DE TRABALHO E RENDIMENTO. Pesquisa Nacional de Saúde 2013: percepção do estado de saúde, estilos de vida e doenças crônicas. Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento; 2014.

Pinho CPS, Diniz A da S, Arruda IKG de, Batista Filho M, Coelho PC, Sequeira LA de S, et al. Prevalência e fatores associados à obesidade abdominal em indivíduos na faixa etária de 25 a 59 anos do Estado de Pernambuco, Brasil. Cad Saúde Pública. fevereiro de 2013;29(2):313–24.

Reis NSC, Alencar JD, Hortegal E, Dias RSC, Calado IL. Risco Cardiovascular Em Pacientes Em Tratamento Hemodialítico: Parâmetros Antropométricos E Razão Triglicerídeo/Hdl-colesterol. 2015;16:170–4.

Berlezi, GD, Bizuti, MB, Ribeiro, MGV, Zanesco, C, Meneghel, D, Pitilin, EB. "Avaliação de fatores de risco cardiovascular em pacientes submetidos ao tratamento hemodialítico-importância clínica segundo o escore de Framingham." Brazilian Journal of Development 6.7 (2020): 43679-43688.

US RENAL DATA SYSTEM. USRDS 2013 annual data report: atlas of chronic kidney disease and end-stage renal disease in the United States. National Institutes of Health, National Institute of Diabetes and Digestive and Digestive and Kidney Diseases.; 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-319

Refbacks

  • There are currently no refbacks.