Melhoria do processo produtivo de uma empresa do setor Oleiro- Cerâmico por meio da utilização de técnicas de produção enxuta e de avaliação de impactos ambientais / Improvement of the production process of a company in the Pottery-Ceramic sector through the use of lean production techniques and evaluation of environmental impacts

Sandro Dias Pena, Gleicy Karen Abdon Alves Paes, Eliane de Castro Coutinho, Lucy Anne Cardoso Lobão Gutierrez, Ana Júlia Soares da Silva Barbosa

Abstract


No estado do Pará, as empresas do segmento oleiro-cerâmico desenvolvem um papel importante na distribuição de renda e na absorção de mão-de-obra, entretanto, estas empresas não tiveram acompanhamento nos aspectos organizacional, tecnológico e ambiental. Esta produção contempla elevados níveis de desperdício, além de impactos ambientais. O objetivo desta pesquisa é otimizar o processo produtivo de uma empresa do setor oleiro-cerâmico por meio da utilização de técnicas de produção enxuta, de avaliação de impactos ambientais e de segurança. Para atingir este objetivo, foram utilizadas checklists, realizadas observações “in loco” e pesquisa bibliográfica. Os resultados mostram que a empresa possui pontos críticos em seu processo produtivo, tais como a superprodução. Entende-se que, adotando o modelo Toyota de produção elencado às técnicas de avaliação de impactos ambientais  e  de segurança, a empresa aperfeiçoará sua produção, adequando-se aos preceitos ambientais, de segurança, e conseqüentemente, tornar-se-á mais competitiva no mercado.


Keywords


Produção enxuta, Impacto Ambiental, Indústria oleiro-cerâmica

References


BRAGA, Benedito et al. Introdução à Engenharia Ambiental. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

BRILHANTE, Ogenis Magno; CALDAS, Luiz Querino de A; Gestão e avaliação de risco em saúde Ambiental. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 1999. 155p.

DONAIRE, Denis. Gestão ambiental na empresa – 2.ed. – São Paulo: Atlas, 1999. IWATA, Bruna F. et al. Avaliação dos impactos ambientais da atividade mineradora de argila, no bairroolarias, em Teresina-Pi. 2008. Disponível em:

. Acesso em: 11 abr. 2009.

GARCIA, André A. Aplicabilidade do sistema Toyota de produção na construção civil: estudo de caso. 2008. 74f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008. Disponível em: . Acesso em: 16 mai. 2009.

LIKER, J. K. O modelo Toyota: 14 princípios de gestão do maior fabricante do mundo/ trad. Lene Belon Ribeiro. – Porto Alegre: Bookman, 2005.

LUSTOSA, Leonardo J. et al. Planejamento e Controle de Produção – Rio de Janeiro: Ed. Elsevier, 2008.

MARTINS, Petrônio Garcia; LAUGENI, P. Fernando. Administração da Produção – 2. Ed.rev; aum e atual – São Paulo: Saraiva 2006.

MOTA, Suetônio. Introdução à Engenharia Ambiental – 3ª ed. Rio de Janeiro: ABES, 2003.

MOURA, Luiz Antônio Abdalla de. Qualidade e gestão ambiental: sugestões para implantação das normas ISO 14000 nas empresas – 3ª Ed. – São Paulo: Editora Juarez de Oliveira, 2002. 360 p.

OHNO, T. Sistema Toyota de Produção: além da produção em larga escala/ trad. Cristina Schumacher – Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

Revista proteção. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2009

SHINGO, Shigeo. O Sistema Toyota de Produção do ponto de vista da Engenharia de Produção. 2ªed. Bookmark, Porto Alegre,1996.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-281

Refbacks

  • There are currently no refbacks.