O impacto das manifestações patológicas no patrimônio histórico de Sobral / The impact of pathological manifestations on heritage Sobral history

Lucas Emanuel Fernandes Araújo, Felipe Melo Carvalho, Klinger Aguiar de Santana, Maycon Douglas Alves Rodrigues, Francisco Gustavo Pessoa Jovino, Juscelino Chaves Sales

Abstract


 O termo Patrimônio Histórico referisse a símbolos produzidos por grupos sociais e que são testemunhas da cultura e história desses povos. O município de Sobral detém 23 edificações tombadas como monumentos históricos que fazem parte de um rico acervo cultural que conta a trajetória e costumes do povo sobralense. O projeto tem como intuito identificar as manifestações patológicas presentes nessas estruturas, avaliar o grau de impacto danosos nessas obras, determinar a possível causa dessas manifestações e propor programas de restauração e preservação adequados à problemática. Esse trabalho foi um estudo de casos, utilizando-se do método de matriz de avaliação estrutural e estética que tem como objetivo ligar as manifestações patológicas as origens e consequências, além de avaliar o grau de impacto decorrente dessas patologias. As manifestações patológicas foram avaliadas em 3 níveis de impacto. Nível 1: Impacto leve, a manifestação patológica não afeta ou quase não afeta a estrutura, porém danifica a estética do local. Nível 2: O dano causa pela manifestação patológica tanto agride a parte estrutural como estética. Nível 3: A manifestação patológica agride de forma grave a parte estrutural e estética da edificação, com sérios riscos de acidentes, carecendo de intervenção imediata do local e isolamento da área. Na análise de alguns monumentos históricos estudados, a ocorrência de várias manifestações patológicas decorrentes de uma mesma causa é um fator comum apresentado. Vale ressaltar que cada caso apresentado nas edificações exige medidas mitigatórias distintas, por se tratar de causas e manifestações singulares de cada edificação. Com base nos dados levantados, o patrimônio histórico detém setores que carecem de atenção dos seus responsais e órgão de preservação, pois das 23 edificações inspecionadas 19(82,61%) detectaram algum tipo de manifestação patológica; dentre estas, 3(13,04%) precisam de intervenções imediatas, pois detém sérios riscos de desmoronamento; em relação a frequência de manifestações patológicas apresentadas, 19(82,61%) edificações apresentaram fissuras, 12(52,17%) decorrente de machas por infiltração, 4(17,39%) detectaram eflorescência, 2(8,7%) formação de flechas em suas vigas, 6(26,09%) fundações apresentaram recalques nas fundações. O diagnóstico das patologias de um edifício significa identificar as manifestações e determinar as origens e mecanismos de formação, estabelecer procedimentos e recomendações para a prevenção. Baseado nessa conjuntura propõe-se: Elaboração de um manual que auxilia o usuário e comunidade na correta utilização do imóvel e medidas de conservação e manutenção afim de evitar depredação. Programa de Manutenção Corretiva através de atividades realizadas com o objetivo de recuperar o desempenho perdido e baseadas nas laudas técnicas fornecidas pelo setor administrativo de cada imóvel. 


Keywords


Avaliação de Impacto, Edificações, Identificação, Manifestações Patológicas, Patrimônio Histórico.

References


BARBOSA, M. T. G.; POLISSENI, A. E.; TAVARES, F. M. Análise e representação em contextos diversos: projeto, técnica e gestão do ambiente construído. I ENANPARQ, Rio de Janeiro, 2010. Disponível em:. Acesso em: 23 out. 2017.

FROTA, D. J. T. História de Sobral. 2º edição. Sobral: UVA, 1992

GIRÃO, G. G. S. M.; SOARES, M. N. M. História e Vidas. Sobral: UVA, 1997.

O Iphan. IPHAN. c2014. Disponível em:< http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/872>. Acesso em 14 nov. 2017

PAULLA, C. C., Patologias de estruturas de concreto: identificação e tratamento. AECWeb. [s.d]. Disponível em: . Acesso em: 23 out. 2017.

ROCHA, H. O lado esquerdo do rio. São Paulo - Sobral: Hucitec, 2003.

SILVA, S. B. A importância das raízes culturais para a identidade cultural do individuo. Brasil Escola. [s.d]. Disponível em:. Acesso em: 23 out. 2017.

SILVA, B. F. Patologias das construções: uma especialidade na engenharia civil. Revista TECHNE. São Paulo, Oficina de Textos. V.174. Set. 2011 .

Sobral (CE). IPHAN. c2014. Disponível em: . Acesso em: 14 nov. 2017

SOUZA, V. C.; RIPPER, T. Patologia, recuperação e reforço de estruturas de concreto. São Paulo: Pini, 1998.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.