Economia de água na lavagem doméstica de roupas: Alternativas de tratamento do efluente para viabilização da recirculação e reuso / Water and its various uses: alternatives and innovations for economy through reuse

Rodrigo Dall’Agnol, Roberto Ribeiro Neli, Wyrllen Everson de Souza, Eduardo Giometti Bertogna, Flávia Vieira da Silva Medeiros

Abstract


Atualmente, muito tem se falado sobre o cenário futuro da água potável no planeta. Especialistas alertam para o vertiginoso crescimento populacional e a falta de uma efetiva atuação para se preservar este bem tão valioso. Algumas regiões, já enfrentam escassez ou total falta de água adequada ao consumo humano. Apesar de existirem tentativas para se reverter esse quadro, até o presente momento as soluções mais efetivas tem sido a economia de água já tratada e ou a melhoria dos processos de tratamento.Assim sendo, no âmbito da pesquisa científica todas as iniciativas visando produzir métodos que auxiliem tal intento, são extremamente aconselháveis. O presente trabalho teve como objetivo ilustrar um sistema destinado ao processamento de água ou efluentes que buscam melhorar a qualidade ou a disponibilidade deste fluido imprescindível à existência na Terra.São abordadas as modalidades de reuso e suas exigências, bem como benefícios e possíveis problemas envolvidos. Além disso, são apresentadas algumas patentes de invenção encontradas na base de dados do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). Elas tratam de equipamentos que possibilitam o reuso nos âmbitos residencial e comercial.


Keywords


Inovações tecnológicas, Tratamento de água, Reuso.

References


ALLEN, L; SMITH, JC; PALANIAPPAN, M. Overview of gray water reuse: the potential of gray water systems to aid sustainable water management, Pacific Institute, 2010.

ANA, Agência Nacional de Águas. FIESP, Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. SINDUSCON-SP, Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo. Manual de Conservação e reuso da água em edificações. São Paulo, 2005, 152 p.

ASANO, T; et al. Water reuse: issues, technologies, and applications, 1st edn. Metcalf and Eddy, Inc., McGraw-Hill, New York.

CHRISTOVA-BOAL, D; EVANS, R.;, MCFARLANE, S. An investigation into gray water reuse for urban residential properties. Desalination, vol. 106, p. 391–397, 1996.

CIRIA. Rainwater and Greywater Use in Buildings: Project Results From The Buildings that Save Water Project. Best Practice Guidance. C539. London, 2001.

CUNHA, A. H. N. O reúso de água no Brasil: a importância da reutilização de água no país. Enciclopédia Biosfera. Centro Científico Conhecer. Goiânia, v.7, n.13, p. 1225-1248, 2011. Disponível em: . Acesso em: 12/07/2017.

ERIKSSON, E; AUFFARTH, K; HENZE, M; LEDIN, A. Characteristics of gray wastewater. Urban Water, vol. 4, p. 85–104, 2002.

FRIEDLER, E. Quality of individual domestic gray water streams and its implication for on-site treatment and reuse possibilities. Environ Technol, vol. 25(9), p. 997–1008, 2004.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

HESPANHOL, I. Água e saneamento básico. In: REBOUÇAS, et al. Águas Doces do Brasil – Capital Ecológica, Uso e Conservação. 1. ed. São Paulo: Escritura Editora, 1999.

HESPANHOL, I. Potencial de reúso de água no Brasil: agricultura, indústria e recarga de aquíferos. In: MANCUSO, P. C.; SANTOS, H. F. dos. Reuso de água Barueri: Manole, p.37-96, 2002.

JEFFERSON, B; LAINE, A; PARSONS, S; STEPHENSOn, T; JUDD, S. Technologies for domestic wastewater recycling. Urban Water, vol. 1(4), p. 285–292, 1999.

JEPPESEN, B, SOLLEY D Domestic gray water reuse: overseas practice and its applicability to Australia. Urban Water Research Association of Australia, 1994.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos da metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MOITA, R.; CUDO, K. Aspectos gerais da qualidade da água no Brasil. In: Reunião técnica sobre qualidade da água para consumo humano e saúde no Brasil, 1991, Brasília. Anais... Brasília: Ministério da Saúde, Secretaria do Meio Ambiente. p.1-6, 1991.

MORUZZI, R. B. Reuso de água no contexto da gestão de recursos hídricos: impacto, tecnologias e desafios. OLAM. Ciência & Tecnologia. Rio Claro, ano VIII, V.8, n. 3, p.271-294, 2008. ISSN 1982-7784. Disponível em < www.olam.com.br>. Acesso em: 12/07/2017.

OCDE. MANUAL DE OSLO Diretrizes para coleta e interpretação de dados sobre inovação. Rio de Janeiro: ARTI/FINEP. 3. ed. 2005.

PARROTTA, M.J.; BEKDASH, F. UV desinfection of small groundwater supplies. Journal AWWA, v. 90, n. 2, p. 71-81, Feb. 1998.

SILVA, W. M.; SOUZA, L. O.; REGO, L. H. A.; ANJOS T. C. Avaliação da reutilização de águas cinzas em edificações, construções verdes e sustentáveis. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer. Goiânia, v.6, n.11, 2010. Disponível em . Acesso em 13/07/2017.

Site Oficial do Arduíno. Disponível em: http://www.arduino.cc/. Acesso em: 13 de nov. 2018.

STUETZ, R. M. Principles of Water and Wastewater Treatment Processes. 2nd ed. London: IWA Publishing, 2009, 213 p.

TIEN, C. Principles of Filtration. 1st ed. Syracuse: Elsevier, 2012. 360 p.

TUCCI, C. E. M.; HESPANHOL, I.; CORDEIRO, O. Gestão da água no Brasil. 1 ed. Brasília: Unesco, 2001. v. 1, 190 p.

TUNDISI, J.G. Limnologia do século XXI: perspectivas e desafios. 2 ed. São Carlos: Suprema Gráfica e Editora, 1999, 24 p.

TUNDISI, J. G. Recursos hídricos. Parcerias estratégicas. Brasília - DF, v. 20, p. 727 - 746, jun, 2005.

TUNDISI, J. G. Novas perspectivas para a gestão de recursos hídricos. Revista USP, v. 70, p. 24 - 35, 2006.

WINWARD, G. P.; AVERY, L.M.; FRAZER-WILLIAMS, R.; PIDOU, M.; JEFFREY, P.; STEPHERSON, T.; JEFFERSON, B. A study of the microbial quality of gray water and an evaluation of treatment technologies for reuse. Ecological Engineering, v. 32(2), p. 187 - 197, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-240

Refbacks

  • There are currently no refbacks.