Ética no uso das tecnologias e mídias sociais no curso de odontologia / Ethics in the use of technologies and social media in the course of dentistry

Ana Clara Costa Ribeiro, Amanda Ingreed Rodrigues Martins, Liza Barreto Vieira, Nicole Escórcio de Meneses, Aldo Angelim Dias, Carlos Felipe Fontelles Fontineles, Ingrid Cordeiro Monte, Mara Gabryelle Dias Ribeiro Rodrigues Tinôco

Abstract


O uso das mídias sociais vem influenciando na formação dos profissionais de saúde, já que também estão sendo utilizadas com fins educativos. As publicações feitas nas redes sociais por profissionais devem assegurar o respeito à privacidade e à confidencialidade com relação aos seus pacientes. Este trabalho teve como objetivo identificar os aspectos éticos envolvidos no uso de tecnologias e mídias sociais pelos estudantes de Odontologia da Universidade de Fortaleza. Trata-se de uma pesquisa descritiva e transversal, com abordagem quantitativa. A pesquisa foi realizada no curso de Odontologia da UNIFOR com amostra de 375 alunos, sendo estes matriculados regularmente no turno integral. A coleta de dados aconteceu de fevereiro a abril de 2018, mediante o preenchimento de um questionário, contendo informações sobre dados pessoais, utilização, questões éticas e formas de divulgação em mídias sociais. Os dados foram analisados pelo programa SPSS® Statistics 24.0, permitindo análise estatística descritiva. 31,2% dos acadêmicos fotografam atendimentos clínicos, porém 59,7% não postam fotos nas redes sociais. A maioria concorda com as postagens e afirmam que servem para veicular informação. 67% dos alunos conhecem a função do TCLE, 88,8% conhecem os princípios da Ética e Bioética, 56% concordaram que apesar de conhecer, os princípios não são cumpridos pelos estudantes nas redes sociais e 84% afirmaram que o tema deveria ser mais abordado durante a graduação em Odontologia. Conclui-se que a maioria conhece os princípios da Ética e Bioética, porém consideram que estes princípios não estão sendo cumpridos e que deveriam ser mais abordados durante a graduação.


Keywords


Ética, Mídias Sociais, Odontologia.

References


ANASTASIOU, L. G. C.; ALVES, L. P. A. Estratégias de ensinagem nas universidades. Disponível em:

df>. Acesso em: 06 nov. 2018.

BARLOW, C. J. et al. Unprofessional behaviour on social media by medical students. The Medical Journal of Australia, v. 203, n. 11, p. 439, dez. 2015. Acesso em: 06 nov. 2018. http://dx.doi.org/10.5694/mja15.00272

CHARANGOWDA, B. K. Dental records: An overview. Journal of Forensic Dental Sciences, v. 2, n. 1, p. 5-10, out. 2010. Acesso em: 01 nov. 2018. http://dx.doi.org/10.4103/0974-2948.71050

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA. Código de ética odontológica. Disponível em: . Acesso em: 27 nov. 2018.

FELTER, M. et al. Análise dos aspectos éticos e legais de uma rede social profissional odontológica. Rbol - Revista Brasileira de Odontologia Legal, v. 4, n. 3, mar. 2017.

FINKLER, M.; CAETANO, J. C.; RAMOS, F. R. S.. Modelos, mercado e poder: elementos do currículo oculto que se revelam na formação em odontologia. Trabalho, educação e saúde, Rio de Janeiro, v. 12, n. 2, p. 343-361, ago. 2014.

HENRY, R. K.; WEBB, C. A survey of social media policies in US dental schools. Journal of Dental Education, v. 78, n. 6, p. 850-855, jun. 2014.

HOLDEN, A. C. L. Social media and professionalism: does the profession need to re-think the parameters of professionalism within social media?. Australian Dental Journal, v. 62, n. 1, p.23-29, 30 jan. 2017. Wiley-Blackwell. http://dx.doi.org/10.1111/adj.12445.

LEKA, A. R.; GRINKRAUT, M. L. A utilização das redes sociais na educação superior. Revista Primus Vitam, São Paulo, v. 7, n. 2º, p.1-12, ago. 2014.

LIMA, A. I. C.; CRUZ, R. A.; SILVA, R. A. Análise dos perfis de clínicas odontológicas e de cirurgiões-dentistas em duas redes sociais quanto aos aspectos éticos, de propaganda e publicidade. Rbol - Revista Brasileira de Odontologia Legal, p.66-73, 2016. Revista Brasileira de Odontologia Legal. http://dx.doi.org/10.21117/rbol.v3i2.6.

LOPES, R. T.; PEREIRA, A. C.; SILVA, M. A. D. Análise Comparativa da Familiaridade e Uso das TIC por Alunos de Odontologia. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 40, n. 2, p.254-260, jun. 2016. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1981-52712015v40n2e02932014.

MARTORELL, L. B. et al. O Uso de Imagens em Redes Sociais e o Respeito ao Paciente Odontológico. Journal Of Health Sciences, v. 18, n. 2, p.104-110, 19 mai. 2016. Editora e Distribuidora Educacional. http://dx.doi.org/10.17921/2447-8938.2016v18n2p107-113.

MARTORELL, L. B.; NASCIMENTO, W.F.; GARRAFA, V. Redes sociais, privacidade, confidencialidade e ética: a exposição de imagens de pacientes no facebook. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, v. 20, n. 56, p.13-23, mar. 2016. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1807-57622014.0902.

MARTORELL, L. B. et al. Divulgação de imagem de pacientes em redes sociais segundo docentes: curtir e compartilhar?. RBOL-Revista Brasileira de Odontologia Legal, v. 5, n. 2, 2018.

MELO, A. U. C. et al. Publicidade odontológica na internet: considerações éticas e legais. RFO UPF, Passo Fundo, v. 17, n. 2, ago. 2012.

NEVILLE, P.; WAYLEN, A. Social media and dentistry: some reflections on e-professionalism. Bdj, [s.l.], v. 218, n. 8, p.475-478, 24 abr. 2015. Springer Nature. http://dx.doi.org/10.1038/sj.bdj.2015.294.

OLIVEIRA, D. L.; YARID, S. D. Prontuário odontológico sob a ótica de discentes de Odontologia. Revista de Odontologia da UNESP, São Paulo, v. 43, n. 3, p. 158-164, mai./jun. 2014. Doi: http://dx.doi.org/10.1590/rou.2014.031




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-208

Refbacks

  • There are currently no refbacks.