A psicocinética de jean le boulch: gênese da abordagem psicomotora na educação física escolar / Jean le boulch's psychokinetics: genesis of psychomotor approach in school physical education

Paulo Gabriel Lima da Rocha, Heraldo Simões Ferreira, Rosa Maria Alves de Oliveira, Cristiane Gomes de Souza Campos, Maria Adriana Borges dos Santos, Gardênia Coelho Viana

Abstract


O trabalho se propõe a identificar as bases que deram início à abordagem psicomotora na Educação Física escolar. Sabe-se que na prática da Educação Física, pode ser estabelecido alguns critérios para a prática a partir de abordagens que darão norte no fazer pedagógico do professor. Contudo, no meio de tantas linhas teóricas e, de tantos estudos, podem existir dificuldades para diferenciar ou caracterizar uma abordagem da outra, sobretudo quando se trata da Psicomotricidade, que se caracteriza como uma ciência transdisciplinar mantendo contato com diversos outros campos do saber. Com este estudo, pretende-se chegar a uma compreensão da gênese do conceito de psicocinética e no entendimento de como ela contribuiu para a formulação da abordagem psicomotora na Educação Física escolar.


Keywords


Psicocinética, Educação física, Abordagem psicomotora

References


ABP, Associação Brasileira de Psicomotricidade. (2017). História da Psicomotricidade.

Bueno, J. M. (2013). Psicomotricidade: Teoria & Prática: da escola à aquática; São Paulo; Cortez..

Campos, D; Cabral, S; (2014) . Psicomotricidade: uma visão sobre a infância no IPREDE: crianças em difuculdades e sua famílias: os benefícios da relação psicomotora – Fortaleza; Gráfica LCR,.

.

Castro, J. N. (2008). Educação Física e Psicomotricidade: em busca de uma educação mais humanista. Buenos Aires; Revista digital – Año 13 – n°124

Darido, S.C. (2012). Caderno de formação: formação de professores didática dos conteúdos. São Paulo: Cultura Acadêmica

.

Darido, S.C. (2003). Educação Física na Escola: questões e reflexões. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.

Façanha, M.C. (2010). Sociedade Brasileira de Psicomotricidade capítulo cearense: uma história marcada por conquistas e realizações; Fortaleza; LCR.

Falcão, H.T.; Barreto, M.A.M. (2009). Breve histórico da Psicomotricidade. Ensino, Saúde e Ambiente, v.2 n.2 p.84-96 agosto.

Filho, et.al. (2009). Metodologia do ensino da educação física. 2 ed. ver. – São Paulo; Cortez.

Fonseca, V. (2004) Psicomotricidade: perspectivas multidisciplinares. São Paulo;

Artmed.

Fonseca, V. (2012). Manual de observação psicomotora: significação psiconeurológica dos fatores psicomotores. Rio de Janeiro; WAK.

Gonçalves, F. (2012). Psicomotricidade e Educação Física: quem quer brincar põe o dedo aqui. São Paulo; Cultural RBL.

Le Boulch, J. (1983). A educação pelo Movimento. Porto Alegre; Artes Médicas.

Le Boulch, J. (1986). Educação psicomotora: a psicomotricidade na idade escolar. Porto Alegre; Artes Médicas.

Le Boulch, J. (1977). Introdução à psicocinética. Coleção pedagogia e práxis. Lisboa; Editorial Semente Ida.

Le Boulch, J. (1987). Rumo a uma ciência do movimento. Porto Alegre; Artes Médicas.

Levin. E. (1995). A clínica psicomotora: o corpo na linguagem. Petrópolis, RJ; Vozes.

Nóbrega. T.P.; Silva. C.G.L.S; Andrieu, B. (2018) A psicocinética de Jean Le Boulch e o conhecimento do corpo na educação física, Porto Alegre; Movimento v. 24, n. 3, p. 1041-1054.

Santos et al, M.A.B. (2019). Abordagem psicomotora na educação física escolar: o que considerar? - in: Abordagens da educação física escolar: da teoria à prática. Fortaleza; Assembléia Legislativa do Ceará: EdUECE,

Santos, B. M. (2013). Um Breve Histórico da Psicomotricidade e suas Aplicações Práticas Junto a um Grupo de Estudantes da Rede Pública de ensino no Município de Barra Mansa –Rio de Janeiro . Psicologado, [S.l.].

Silva, C.G.L.S. (2015). Corpo, Movimento e Aprendizagem na Psicocinética de Jean Le Boulch. UFRN; Dissertação, Pós graduação em Educação Física.

Sousa, D. C. (2007). Psicomotricidade: integração pais, crianças e escola. Fortaleza; Edições Livro Técnico.

Souza, K.T.A; Souza, J.F.C. (2016). Corpo-próprio: de corpo objeto à corpo-sujeito em Merleau-Ponty. Caicó; Revista Trilhas Filosóficas, ano 9, n. 1, Jan.-Jul., p. 121-131.

Soares, C, L. (1996). Educação Física Escolar: conhecimento e especificidade. São Paulo; Ver. Paul. Educação Física; supl. 2, p.6-12




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-119

Refbacks

  • There are currently no refbacks.