Diversidade de gênero: educação, legislação, conscientização e luta por direitos no trato da violência contra a mulher e LGBTs / Gender diversity: education, legislation, awareness and the fight for rights in the treatment of violence against women and LGBTs

Adna Duarte de Morais, Pedro Ramon Pinheiro de Souza

Abstract


Este artigo é parte integrante da minha dissertação de mestrado onde se busca compreender a partir do enfoque teórico crítico, qual a perspectiva da abordagem da escola para com a diversidade de gênero. De tal modo, buscaremos proceder com esta apreciação na perspectiva da materialidade e significado da violência contra gays, lésbicas e mulheres, levando-se em consideração a contradição e o tensionamento da relação entre educação e relações humanas na conjuntura atual. A partir dos dados conclui--se que os problemas de origem social enfrentados pela sociedade possuem uma base material. Nesse aspecto, a desigualdade social se relaciona, de forma estreita, com a forma como a violência se organiza. Pois, a sociedade possui condições sociais de desigualdades, pobreza, desemprego, miséria, as quais são benéficas ao capital, fazendo com que a falta de acesso à segurança se configure por meio de uma condição socialmente imposta.


Keywords


Diversidade de gênero, Violência contra a mulher e LGBTs

References


ARANTES, E. M. M. Mediante quais práticas a Psicologia e o Direito pretendem discutir a relação? Anotações sobre o mal estar. In: COIMBRA, C. M. B e AYRES, L.S. M. e NASCIMENTO, M. L. do (orgs). Pivetes – Encontros entre a Psicologia e o Judiciário. Curitiba: Editora Juruá, 2008.

BOURDIEU, P. An Invitation to Reflexive Sociology. Chicago: The University of Chicago Press, 2004.

CASTELLS, Manuel. O poder da identidade. Paz e Terra, 1999.

CHARLOT, B. O saber, a exclusão escolar e a pesquisa em educação. Educação em Debate, UFC, Fortaleza, p. 115-119, 2002.

DINIZ, M. H. Curso de Direito Civil Brasileiro. v. 5. 14 ed. São Paulo: Saraiva, 2002.

FERREIRA, Juca. Um grande encontro no coração do Brasil: a mudança pela cultura. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA AS CULTURAS POPULARES. Brasília: Ministério da Cultura, 2005. p. 19

FAVRETTO, A. R; SCIVOLETTO. C. La protezionedel minore nella cultura giuridica e nellepraticheattuative: lafisionimadell’affidopreadottivo e dell’affido temporâneo pressoiltribunale per i Minorennidi Ancona. In: ARTOSI, A. B e VIDA, S. Problemi dela produzione e del’attuazione normativa. Bologna: GeditEdizioni, Vol. IV, 2001.

JULIA, Dominique. A cultura escolar como objeto histórico. Revista Brasileira de História da Educação. Campinas, São Paulo: Sociedade Brasileira de História da Educação: Autores Associados, n 1, jan/jun. 2001.

RAIMONDO, Maria Lúcia; LABRONICI, Liliana Maria; LAROCCA, Liliana Muller; Retrospecto de ocorrências de violência contra a mulher registradas em uma delegacia especial. Cogitare Enferm. 2013 Jan/Mar; 18(1):43-9 .

RIBEIRO, M. A presença das mulheres negras na luta anti-racista e feminista. Que cara tem a mulher brasileira? Seminário Gênero, Classe e raça. Instituto Cajamar, p.42-56, 2016.

SANTOS, S. B. dos. Interseccionalidade e Desigualdades Raciais e de Gênero na Produção de Conhecimento entre as Mulheres Negras. Vozes, Pretérito & Devir Ano IV, Vol. VII, Nº I (2017).

SILVA, C.L.R. O percurso de construção da família através da adoção e seus aspectos psicológicos 2º Ed. 2012.

SAVATER, F. O valor de educar. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

SERBENA, Carlos Augusto; RAFFAELLI, Rafael. Psicologia como disciplina científica e discurso sobre a alma: problemas epistemológicos e ideológicos. Psicol. estud., Maringá, v. 8, n. 1, 2003.

Weber, L. N. D. (1999a). Aspectos psicológicos da adoção. Curitiba: Juruá.

WEFFORT, Francisco. A cultura e as revoluções da modernização. Rio de Janeiro: Fundo Nacional de Cultura, 2000.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-092

Refbacks

  • There are currently no refbacks.