Proposta de Aplicação e Avaliação de Conceitos do Pensamento Computacional em Crianças Hospitalizadas / Proposal for Application and Evaluation of Concepts of Computer Thought in Hospitalized Children

Felipe Mancini, Jussara Siqueira de Oliveira Zimmermann, Thiago Schumacher Barcelos

Abstract


O estudo objetiva avaliar o impacto da utilização do software ScrathJr para a aprendizagem de conceitos do Pensamento Computacional e sua influência sobre o desempenho cognitivo em crianças hospitalizadas. Desenvolveremos oficinas, onde sujeitos da pesquisa utilizarão a arquitetura computacional para a criação de jogos e animações. Para verificar o aprimoramento sobre conceitos do Pensamento Computacional serão utilizados análise de artefatos e entrevista ao final das oficinas. Para avaliar o nível intelectual dos participantes utilizaremos a escala WISC-III pré e pós realização das oficinas. 

 


Keywords


Aprendizagem, Pensamento Computacional, Pacientes Pediátricos, Desempenho Cognitivo.

References


Fontes, Rejane de S. "A escuta pedagógica à criança hospitalizada: discutindo o papel da educação no hospital." Revista Brasileira de Educação29.2 (2005): 119-139.

BRASIL, (1977). Ministério da Saúde. Definições e Normas das instituições e serviços de saúde. Diário Oficial da União de 5/4/1977 – Seção I, Parte I, p. 3929.

Piaget, Jean. Development and learning. In: LAVATELLY, C.; STENDLER, F. Reading in child behavior and development. Nova York: Hartcourt Brace Janovich, 1972.

Wing, Jeannette M. "Computational thinking." Communications of the ACM49.3 (2006): 33-35

The CSTA Standards Task Force, “CSTA K-12 Computer Science Standards,” ACM Computer Science Teachers Association, New York, 2011.

Sica, Carlos. (2008). Ciência da Computação no Ensino Básico e Médio. Disponível em Acesso em: 22 de ago. de 2015.

de Carvalho, Márcio Luiz Bunte, Luiz Chaimowicz, and Mirella M. Moro. "Pensamento Computacional no Ensino Médio Mineiro". In: Workshop de Educação em Informática (WEI), 2013, Maceió. Anais do XXXIII Congresso da Sociedade Brasileira de Computação, 2013.

Blikstein, Paulo. (2008). O pensamento computacional e a reinvenção do computador na educação. Disponível em < http://www.blikstein.com/paulo/documents/online/ol_pensamento_computacional.html > Acesso em: 05 de set. de 2011

A Model Curriculum for K–12 Computer Science: Report of the ACM K–12 Task Force Computer Science Curriculum Committee, 2011. Disponível em http://www.csta.acm.org/Curriculum/sub/CurrFiles/CSTA_K-12_CSS.pdf Acesso em 01 de ago. de 2015.

Nunes, Daltro José. "Ciência da computaçao na educaçao básica." Jornal da Ciência 9 (2011).

Rushkoff, D. As 10 questões essenciais da era digital. São Paulo: Editora Saraiva, 2012. Scracth. About Scratch (Scratch Documentation Site). Disponível em:< http://www.hipertextus.net/volume8/09-Hipertextus-Vol8-Acir-Mario-Karwoski.pdf> . Acesso em: 30 nov. 2015.

Wechsler, D. (1964). Escala de Inteligência para Crianças – WISC – Manual de aplicação e cotação (A. M. Poppovic, Trad.). Rio de Janeiro: CEPA.

Cruz, Maria Beatriz Zanarella. "WISC III: escala de inteligência Wechsler para crianças: manual." (2005): 199-201.

Manzano, José Augusto N. G; Oliveira, Jayr Figueiredo de. Algoritmos: lógica para desenvolvimento de programação de computadores. 22. ed. São Paulo: Érica, 2009. 240 p. MARQUES, T. M.O Scratch dá o que falar: dos usos domésticos aos usos na escola. Revista Educação e Matemática, Lisboa, número 96, 44-48, 2008.

Flannery, Louise P., et al. "Designing ScratchJr: Support for early childhood learning through computer programming." Proceedings of the 12th International Conference on Interaction Design and Children. ACM, 2013.

Brennan, K.; Resnick, M. New frameworks for studying and assessing the development of computational thinking. In: AERA 2012, 2012, Vancouver. Proceedings of the 2012 annual meeting of the American Educational Research Association. Vancouver: American Educational Research Association, 2012.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-078

Refbacks

  • There are currently no refbacks.