Produção e caracterização fisico-quimica de morango (Fragaria X Ananassa Duch) sob diferentes fontes de adubação fosfatada / Production and physical and chemical characterization of strawberry (Fragaria X Ananassa Duch) under different sources of phosphate fertilization

Priscila Kelly Barroso Farnezi, Letícia Lopes de Oliveira, Levy Tadin Sardinha, André Cabral França, Caroline Maíra Miranda Machado, Leandro Alves Macedo

Abstract


O morangueiro tem se destacado como uma das principais hortaliças-fruto plantadas e consumidas no Mundo, sendo observada crescente demanda nos mercados. Com finalidade de aumentar a produtividade e qualidade dos frutos, novas tecnologias para adubação vêm sendo testadas. Dentre elas, os fertilizantes organominerais, que consiste na mistura de fertilizantes minerais e orgânicos se apresentam como excelente alternativa para aumentar a eficiência das adubações minerais. Assim, objetivou-se com este trabalho avaliar a produção de cultivares de morango sob efeito de diferentes fontes de fósforo. O experimento foi realizado sob cultivo protegido em vasos de 10 litros, na UFVJM/Diamantina-MG. Utilizou-se do delineamento experimental de blocos casualizados, em esquema fatorial 5x2, com 4 repetições. Sendo compostos por cinco fertilizantes (organomineral peletizado, organomineral farelado, MAP, superfosfato simples e a testemunha - sem adubação) e duas cultivares de morango (San Andreas e Monterrey). O solo utilizado foi caracterizado como Latossolo amarelo distrófico de textura franco argilo-siltosa. Aos 120 dias após o transplantio, iniciaram as colheitas dos frutos, separando os frutos comerciais com 10 gramas ou mais para as avaliações. Foram avaliadas as características físicas (número de frutos, massa média, peso, diâmetro e largura dos frutos) e as características físico-químicas (umidade, firmeza, pH, sólidos solúveis, acidez titulável e a relação entre sólidos solúveis e acidez titulável). Os fertilizantes organominerais peletizado e farelado promoveram ótimo desempenho para todas as variáveis avaliadas, produzindo maior número de frutos comercias, maior peso e maior massa média.  Conclui-se que a adubação organomineral se destacou apresentando maiores teores de sólidos solúveis, melhor razão dos sólidos solúveis e acidez titulável, resultando em melhor sabor dos frutos. Além disso, proporcionou melhor produção e qualidade de frutos do morangueiro, sendo os resultados mais expressivos quando se utilizou a cultivar San Andreas.

 


Keywords


Organomineral, Eficiência, Fósforo, Liberação Lenta

References


Alvarenga, M. A. R. Crescimento, teor e acúmulo de nutrientes em alface americana (Lactuca sativa L.) sob doses de nitrogênio aplicados no solo e de níveis de cálcio aplicados via foliar. 1999. 119 f. Tese (Doutorado em Fitotecnia) – Universidade Federal de Lavras, Lavras.

Antunes, L.E.C.; Reisser Júnior, C. Produção de morangos. Jornal da Fruta, Lages, v.15, n.191, p.22-24, 2007.

AOAC - Association of Official Analytical Chemists. Ofiicial Methods of Analysis ofAssociation of Official Analytical Chemists. 17ª ed. Arlington, 2000.

Benites, V. M.; Correa, J. C.; Menezes, J. F. S.; Polidoro, J. C. Produção de fertilizante organomineral farelado a partir de dejetos de suínos e aves no Brasil. 2010

Barral, Dalyla. produção de frutos de diferentes cultivares de morango em sistema semi-hidropônico. 2019. Monografia (Bacharelado em Agronomia) - Faculdade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina - Minhas gerais, 2019.

Bleinroth, E. W. Colheita, embalagem e conservação. In: Simpósio sobre a cultura do morangueiro, 1. Cabreúva-SP. A Cultura do morangueiro. Jaboticabal: UNESP, FCAV, 1986. p. 1-14. cap.1.

Brackmann, A. et al. Avaliação de genótipos de morangueiro quanto à qualidade e potencial de armazenamento. Revista Ceres. v. 58. p. 542-547. 2011.

Carvalho, S. F. 2013. Produção, qualidade e conservação pós-colheita de frutas de diferentes cultivares de morangueiro nas condições edafoclimáticas de Pelotas-RS. Programa de Pós-Graduação em Agronomia. Universidade Federal de Pelotas, 102 p. Pelotas, Rio Grande do Sul.

Ceagesp. A medida da doçura das frutas. Disponível em https://www.hortibrasil.org.br/images/Brix02022017.pdf

Chitarra, M.I.F.; Chitarra, A.B. Pós-colheita de frutas e hortaliças: Fisiologia e Manuseio. 2 ed. ver. e ampl. Lavras: UFLA, 2005. 785 p.

Conti, J. H.; Minami, K.; Tavares, F. C. A. Produção e qualidade de frutos de morango em ensaios conduzidos em Atibaia e Piracicaba. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 20, n.1, p. 10-17, 2002.

Dias, M. S. C.; Silva, J.J.C.; Pacheco, D. D.; Rios, S. de A.; Lanza, F. E. Produção de morangos em regiões não tradicionais. Informe Agropecuário, v. 28, n. 236, 2007.

Duarte Filho, J.; Antunes, L. E. C.; Pádua, J. G. Cultivares. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v. 28, n.236, p. 20-23, 2007.

Franquez, G. G. Seleção e multiplicação de clones de morangueiro (Fragaria x ananassa Duch.). 2008. 118 f. Tese (Doutorado em Agronomia) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS.

Filgueira, F. A. R. Novo manual de Olericultura: Agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. Viçosa: UFV, 2003. 402p.

Filgueira, F.A.R. Novo Manual de Olericultura: agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças . 3 ed. São Paulo: UFV, 421 p. 2008

Guimarães, AG; Andrade Júnior, VC; Azevedo, AM; Guedes, TJ; Pinto, Navd. 2016. Qualidade do morango cultivado em condições tropicais úmidas brasileiras para programas de melhoramento. Fruits 71: 151-160.

Harrill, R. Using a refractometer to test the quality of fruits e vegetables. Disponível em: http://crossroads.ws/brixbook/BBook.htm. Acesso em: 17/0/20

IAL - Instituto Adolfo Lutz. Métodos Físico-Químicos para Análise de Alimentos. 4ª ed.,1ª Ed. Digital, São Paulo: 2008.

Kluge, R. A. et al. Fisiologia e manejo pós-colheita de frutas de clima temperado. Livraria e Editora Rural. 2 ed. Campinas, 2002. 214p.

MERCOSUL/GMS/RES n° 85/96. Regulamento Técnico do Mercosul de Identidade e Qualidade do Morango. Documentos, XXIII GMC, Brasília, 6p. 1996.

Nascentes, P.R.C. Magalhães, C.E.O, Silva Filhp, M. J., Ferreira, G. L. Avaliação da eficiência do fertilizante organomineral valoriza no desenvolvimento e produtividade do cafeeiro. 2014

Nannetti, D.C., Souza, R.J. Morango. In: Ribeiro, A.C.; Guimarães, P.T.; Alvarezv., V.H. (Ed.) Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais: 5 a aproximação. Viçosa: CFSEMG, 1999. p.198-199.

Novais, R.F.; Smyth, T.J. 1999. Fósforo em solo e planta em condições tropicais. Universidade Federa de Viçosa, Viçosa, MG. 399p.

Passos, F.A; Camargo, L.S. Morango. In: Furlani, A.M.C.; Viegas, G.P. O melhoramento de plantas no Instituto Agronômico. Campinas, Instituto Agronômico, 1982. P. 411-432.

Reichert LJ; Madail JCM. 2003. Aspectos socioeconômicos. In: Santos AM; Medeiros ARM (eds). Morango: produção. Embrapa Clima Temperado (Pelotas). Brasília: Embrapa Informação Tecnológica. p. 12-15. (Frutas do Brasil, 40).

Rissini, A.L.L.; Faria, M.V.; Resende, J.T.V.; Barbosa, M.R.; Schimiloski, S.; Faria, C.M.D.R.; Marchese, A.; Bortoli, C.; Denega, S. Sólidos solúveis de frutos de cultivares de morango sob diferentes doses de fertilizante orgânico em cultivo protegido (compact disc). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 2005, Fortaleza. 2005.

Rocha, D.; Abreu, C.; Correa, A.; Santos, C.; Fonseca, E. Análise comparativa de nutrientes funcionais em morangos de diferentes cultivares da região de Lavras-MG. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 30, n. 4. 2008

Rolim Neto, F. C.; Schaefer, C. E. G. R.; Costa, L. M. et al. Adsorção de fósforo, superfície especifica e atributos mineralógicos em solos desenvolvidos de rochas vulcânicas do Alto Paranaíba (MG). Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 28, n. 6, p.953-964, 2004.

Ronque, Edson Roberto Vaz. Considerações botânicas. A cultura do morangueiro. EMATER – Paraná, p. 21-41, 1998.

Santos, W.O. Produção de fertilizantes potássicos e fosfatados por meio de processos térmicos e químicos e avaliação da eficiência agronômica. Tese (Pós-Graduação em Solos e Nutrição de Plantas). Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2015. São Paulo, editora Varela, 4° ed, 1995.

Santos, A. M. Cultivares. In: Santos, A. M.; Medeiros, A. R. M. (Eds.). Morango: produção. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, p.24-30, 2003 (Frutas do Brasil, 40).SILVA JUNIOR, E. A. Manual do controle higiênico-sanitário em alimentos. 1995.

Sediyama Man; Vidigal SM; Santos MR; Salgado LT. 2009. Rendimento de pimentão em função da adubação orgânica e mineral. Horticultura Brasileira 27: 294-299.

Silva Jr. E.A.Manual de controle higiênico-sanitário em alimentos. 6 ed. São Paulo: Varela, 1995, 2007.

Vaz, M. R.; Sousa, R. T. X.; Korndorfer, G. H.; Henrique, H. M. Efeito de fertilizante organomineral sobre a produtividade da cana soca de segundo corte na usina vale do são simão no município de santa vitória-mg. 2013

Thimóteo, A.; Resende, J. T. V.; Gonçalves, W. M.; Resende, F. V.; Nascimento, I. R.; Faria, M. V. Expectativa de retorno e risco da produção de morangos no município de Guarapuava – PR. In: 46º Congresso Brasileiro de Olericultura, Goiânia, Horticultura Brasileira – Suplemento CD – Rom, v. 24., 2006.

Tofoli, J. G.; Domingues, R. J. Morango: controle adequado. Disponível em: HTTP://www.biologico.sp.gov.br/artigos_tecnicos/morango.htm . Acesso em: mar. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-077

Refbacks

  • There are currently no refbacks.