O uso dos smartphones e a incidência da síndrome do túnel do carpo: uma avaliação das percepções físicas dos usuários / The use of smartphones and the incidence of carpal tunnel syndrome: an assessment of users' physical perceptions

Juliana Fernandes Pereira, João Eduardo Guarnetti dos Santos, Fausto Orsi Medola, Luis Carlos Paschoarelli

Abstract


Por meio do avanço tecnológico dos últimos anos, foi possível obter facilidades em variadas funções trazidas pelo uso dos aparelhos eletrônicos inteligentes, Smartphones. Reconhecendo o crescente uso excessivo do aparelho pela população geral, foi possível fazer um paralelo sobre os problemas musculoesqueléticos e patologias diversas, como a frequente síndrome do túnel do carpo, com o uso excessivo do aparelho seja pelas atividades repetitivas ou por determinados esforços físicos com as extremidades dos membros superiores. Deste modo, o presente estudo visou compreender quais os principais músculos envolvidos na neuropatia compressiva da síndrome do túnel do carpo, seus sinais e sintomas, e verificar a existência da correlação com os músculos e áreas utilizadas com os aparelhos Smartphone, e por meio de uma pesquisa criada em plataforma online, foi possível detectar possíveis sinais dos participantes usuários de Smartphones que possivelmente se deram em decorrência do uso excessivo do aparelho. Com os resultados do estudo, concluiu-se que os dedos mais utilizados pelos participantes da pesquisa foram os dedos que são enervados pelas ramificações do nervo mediano, principal nervo acometido pela síndrome do túnel do carpo, bem como a ocorrência de uma quantidade significativa de indivíduos que relataram dormência, um sintoma imprescindível na relação considerável entre sintoma-patologia. Porém, somente com a realização de exames físicos e neurológicos será possível confirmar a existência da patologia nos participantes do estudo.

 


Keywords


neuropatia compressiva, usabilidade, smartphone.

References


ASSUNÇÃO, A A, ALMEIDA IM. In: MENDES R. Patologia do trabalho. 2ª ed. Rio de Janeiro: Atheneu; 2002.

DAWSON, D. M. Current concepts: entrapment neuropathies of the upper extremities. The New England journal of medicine. Boston. 1993.

DANGELO J.G. Anatomia Humana sistémica e segmentar, 2ª edição. Atheneu, 1995. KAPANDJI, A. I. Fisiologia articular. 5 ed. São Paulo: Panamericana, 2000

KENDALL, F. P.; McCREARY, A. K.; PROVANCE, P. G. Músculos – provas e funções com postura e dor. 4 ed. São Paulo: Manole, 1995.

López, M., Laurentis, J.M.; Semiologia Médica, livraria Atheneu, Livraria Interminas, 1988.

MATTAR Jr., R.; STARCK, R.; AZZE, R. J.; CAMILLO, A. C. Liberação endoscópica do canal do carpo por acesso único: estudo comparativo com a técnica aberta convencional. Revista brasileira de ortopedia. v. 31, n. 04, p. 297-302, abr. 1996, CDROM.

MOORE, K. L.; DALLEY, A. Membro superior: Anatomia orientada para a clínica. 5 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.

PAGET, J. Lecturesonsurgicalpathology. 2 ed. Philadelphia: Lindsay and Blakiston, 1854; p.42-8.

PEREIRA, J. F.; PASCHOARELLI, L. C.; MEDOLA, F. O; AVALIAÇÃO DO USO DE SMARTPHONES NA INCIDÊNCIA DA NEUROPATIA COMPRESSIVA: SÍNDROME DO TUNEL DO CARPO, p. 933-942 . In: 1º Congresso Internacional de Ergonomia Aplicada [Blucher Engineering Proceedings, v.3 n.3]. São Paulo: Blucher, 2016.

PORTILLO, R. Síndrome do túnel do carpo. Correlação clínica e neurofisiológica. Revista da Faculdade de Medicina San Fernando, Vol.65, 2004

SEVERO, Antonio; AYZEMBERGUE, Henrique; PITAGORAS, Tatiana; NICOLODI, Daniel; MENTZ, Liege; LECH, Osvandre. Síndrome do túnel carpal: análise de 146 casos operados pela mini-incisão. Revista Brasileira de Ortopedia: 2001.

TATAGIBA, Marcos; MAZZER, Nilton; AGUIAR, Paulo H. P.; PEREIRA, Carlos U. Nervos periféricos. 1 ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2003.

VERDUGO, R. J.; SALINAS, R. S.; CASTILLO, J.; CEA, J. G. Surgical versus nonsurgical treatment for carpal tunnel syndrome (Cochrane Review). The Cochrane library. Oxford, v. 03, 12 p. 2002.

VILLA MARTINEZ, S. Los smartphones y su incidencia en el síndrome del túnel carpiano.

Ciencias Administrativas, Económicas y Contables USB Cartagena, Cartagena, 2014.

WERNER, R. A.; ANDARY, M. Carpal tunnel syndrome: pathophysiology and clinical neurophysiology. Clinical Neurophysiology. v. 113, n. 09, p. 1373-1381, sep. 2002.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n5-1607

Refbacks

  • There are currently no refbacks.