História e patrimônio cultural do Mercosul: um estudo sobre os discursos acerca da Serra da Barriga – Quilombo dos Palmares / History and cultural heritage of Mercosul: a study on discourses about Serra da Barriga - Quilombo dos Palmares

Rayanne Matias Villarinho

Abstract


O presente estudo para analisar a Serra da Barriga, localidade situada no município de União dos Palmares no estado de Alagoas / Brasil que foi declarada Patrimônio Cultural do MERCOSUL em 2017, partindo da sua história e apropriação vinculada à “República dos Palmares”. No passado, a região foi sede do maior quilombo das Américas, nomeado Quilombo dos Palmares. Desta forma, busca-se compreender como a região se tornou patrimônio à luz do avanço e ampliação da valorização patrimonial no âmbito nacional e internacional, através de uma análise documental averiguando os discursos sobre apropriação da história da Serra da Barriga - Quilombo dos Palmares conjuntamente à ascensão da valorização do patrimônio no contexto latino americano.


Keywords


Patrimônio Cultural do Mercosul, discursos patrimoniais, Quilombo dos Palmares.

References


AGUIAR, T. Em cerimônia de certificação como patrimônio do Mercosul, ministro destaca potencial turístico da Serra da Barriga. Fundação Cultural Palmares. 2017. Disponível em acesso out/2019.

ARAÚJO, R. Zumbi dos Palmares. Apostila para os Educadores da Exposição “Zumbi: a guerra do povo negro”. SESC-Vila Mariana. 2015.

ARAÚJO, M. Celebração da Serra da Barriga marca evento em Maceió. 2017. Disponível em Acesso out/2019.

______. Serra da Barriga celebra Dia da Consciência Negra. Fundação Cultural Palmares. 2017. Disponível em acesso out/2019.

______. Serra da Barriga completa 32 anos de tombamento pelo Iphan. Fundação Cultural Palmares. 2018. Disponível em acesso out/2019.

AREVALO, J. El património como representácion colectiva: La intangibilidade de los benes culturales. Gazeta de Antropologia. N. 26, v.1. 2010.

CORREIA, R. Como os nêgos dos Palmares: uma nova história de resistência na Serra da Barriga-AL. Tese de Doutorado em Universidade Federal do Pará - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas no Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia. 2016.

DANTAS, F. O patrimônio cultural protegido pelo estado brasileiro. In: CAMPOS, Juliano B. PREVE, Daniel R. SOUZA, Ismael F. (org.) Patrimônio cultural, direito e meio ambiente: um debate sobre globalização, cidadania e sustentabilidade [recurso eletrônico]. Curitiba: Multideia, 256 p. 2015.

FERREIRA, M. L. Entre memória e patrimônio: a difícil gestão do passado. In: Historiae. Rio Grande, v. 3. 2012.

FUNARI, P. PELEGRINI, S. Patrimônio Histórico e Cultural. Rio de Janeiro. Zahar. 2006.

Fundação Cultural Palmares (FCP). Disponível em acesso set/2019.

______. Serra da Barriga é candidata a Patrimônio Cultural do MERCOSUL. 2016. Disponível em acesso out/2019.

______. A Serra da Barriga agora é Patrimônio Cultural do MERCOSUL. 2017. Disponível em acesso set/2019.

HARTOG, F. Tempo e Patrimônio. In: Varia História. Belo Horizonte, vol. 22, nº 36: 2006.

HEIDEN, R. Argentina, Uruguai e MERCOSUL: Instituições, normativas e políticas patrimoniais no contexto de uma união aduaneira. Tese de Doutorado – Universidade Federal de Pelotas. 2017.

Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Disponível em: acesso dez/2018.

Dossiê de Candidatura da Serra da Barriga, parte mais alcantilada – Quilombo dos Palmares a Patrimônio Cultural do MERCOSUL. Fidelity Translations LTDA. Editora Cubo. 128p. 2017.

LOWENTHAL, D. Identity, heritage and history. In: GILLIS, John R. (org) Commemorations: the

politics of national identity. Princeton University Press. 1994.

MENESES, U. O campo do Patrimônio Cultural: uma revisão de premissas. In: Fórum do Patrimônio Cultural. Sistema Nacional de Patrimônio Cultural: Desafios, estratégias e experiências para uma nova gestão. Ouro Preto/MG. 2009. Anais. Brasília: IPHAN. 2012.

MERCOSUL. Disponível em: http://www.mercosul.gov.br/ acesso set/2019.

MERCOSUL. MERCOSUL/RMC/CPC/Ata nº 01/2016. XIII Reunião da Comissão do Patrimônio Cultural – CPC.

MERCOSUL. MERCOSUL/RMC/CPC/Ata nº 01/2017. XIV Reunião da Comissão do Patrimônio Cultural – CPC.

REIS, A. Zumbi: Historiografia e imagens. 148 p. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de História, Direito e Serviço Social da Universidade Estadual Paulista. UNESP/SP. 2004.

SMITH, L. Uses of heritage. New York: Routledge. Part I “The idea of heritage”. 2006.

SOUZA, D. Título de Patrimônio Cultural do Mercosul aumenta visitação estrangeira na Serra da Barriga. Fundação Cultural Palmares. 2019. Disponível em Acesso out/2019.

VAZ, B. Quilombos e Patrimônio Cultural: Reflexões sobre direitos e práticas no campo do patrimônio. Dissertação (Mestrado) – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural, Rio de Janeiro, 2014.

VIANNA, L. Patrimônio imaterial. In: GRIECO, Bettina; TEIXEIRA, Luciano; THOMPSON, Analucia (Orgs.). Dicionário IPHAN de Patrimônio Cultural. 2. ed. rev. ampl. RJ, Brasília: IPHAN/DAF/Copedoc, 2016. (verbete). ISBN 978-85-7334-299-4.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-032

Refbacks

  • There are currently no refbacks.