Envenenamentos, homens e sua relação histórica com o cuidado à saúde / Poisonings, men and their historical relationship with health care

Júlio César Santos da Silva, Maria José Coelho, Thiago Augusto Soares Monteiro Silva, Ana Angélica Souza Freitas, Carla Rocha Rabelo Silva

Abstract


Trata-se de artigo que objetivou analisar os envenenamentos nos homens ao longo da história e o processo de construção da masculinidade e vulnerabilidades nestes indivíduos. Da Idade Média até a atualidade, foram descritos casos de utilização de intoxicantes, seja de maneira intencional, acidental e tentativa de homicídio. Na história da sociedade e em todas classes sociais, os homens, vêm sofrendo das mesmas pressões sociais que são impostas aos homens na atualidade, estes fatores contribuem para aumento da vulnerabilidade aos envenenamentos, sejam intencionais ou induzidos por outras pessoas. São descritos casos de homens com projeção social, o que leva a inferir que os envenenamentos também ocorriam entre os homens de outros extratos sociais.  Percebe-se que, no imaginário social, ser homem está associado à invulnerabilidade, à força e à virilidade, características incompatíveis com demonstrações de fraqueza, medo, ansiedade e insegurança, o que colocaria em risco a masculinidade. Embora descritos ao longo dos últimos 2400 anos, ainda não foi possível esgotar a temática devido à magnitude da problemática dos envenenamentos. Analisando alguns estudos recentes, foram encontrados dados que ratificam a ideia de que os homens estão sofrendo mais com os agravos à saúde.


Keywords


Envenenamento, Saúde do homem, Saúde.

References


ABCMED, 2014. O que é envenenamento? Quais são os cuidados necessários em casos de envenenamento? Disponível .

ANDRADE, Daiene Flor; ROCHA, Márcia Santos. A toxicidade do arsênio e sua natureza. Revista Acadêmica Oswaldo Cruz. Ano 3, n.10 abril-junho 2016, 102-111.

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem. Brasília – DF. 2008.

CARVALHO, Wilma. Sobre construtos epistemológicos nas ciências – uma contribuição para a enfermagem. Rev Latino-am Enfermagem. Brasília. v. 11, n.4, 2003, p. 420-428.

CARVALHO, Maria Lima, RODRIGUES FERREIRA Fernando Eduardo, MARQUES João Paulo, et al. Arsenic detection in nineteenth century Portuguese King post mortem tissues by energy‐dispersive x‐ray fluorescence spectrometry. X-Ray Spectrometry, USA, 2002, 31, p. 305-309.

CERTEAU, Michel. A invenção do cotidiano. 3a edição. Petrópolis: Editora Vozes. 1998. 320p.

COELHO, Maria José, FIGUEIREDO, Nébia Maria Almeida, CARVALHO, Vilma. O Socorro, o Socorrido e o Socorrer. Cuidar/cuidados em Enfermagem de Emergência. Rio de Janeiro: Editora Anna Nery, 1997. 286p.

COURTENAY, Will H. Constructions of masculinity and their influence on men's well-being: a theory of gender and health. Social Science & Medicine, 50, 2000, 1385-1401.

ENSP/FIOCRUZ. Pesquisa revela: homens não procuram serviços de saúde. ENSP, Informes, Rio de Janeiro, p. 82-3, 16/07/2010.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Organização e tradução de Roberto Machado. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1979. 174p.

FROIDEVAUX, Pascal, BOCHUD, François, BAECHLER, Sébastien, et al. 210Po poisoning as possible cause of death: forensic investigations and toxicological analysis of the remains of Yasser Arafat. Forensic Science International. v. 259, 2016, 1–9.

GOMES, Marleide da Mota; REIMAO, Rubens; MARANHAO-FILHO, Péricles. Dom João VI's death: convulsions and coma. Arq. Neuro-Psiquiatr., São Paulo , v. 65, n. 4b, 2007, p. 1252-1255. a

GOMES, Romeu, NASCIMENTO, Elaine Ferreira, ARAÚJO, Fábio. Carvalho. Por que os homens buscam menos os serviços de saúde do que as mulheres? As explicações de homens com baixa escolaridade e homens com ensino superior. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 23(3), 2007, 565-574. b

GOMES, Romeu, NASCIMENTO, Eliane Ferreira, REBELLO, Lúcia Emília Figueiredo de Souza. Violência é coisa de homem? A “naturalização” da violência nas falas de homens jovens. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 14, n. 4, 2009, p. 1151-1157. c

GOMES, Romeu. Sexualidade masculina, gênero e saúde. Rio de Janeiro: FIOCRUZ. 2008 d.

HESSEN, JOHANNES. Teoria do conhecimento. São Paulo. Martins Fontes. 2000, 337p.

LAURENTI Ruy. Perfil epidemiológico da saúde masculina na Região das Américas. Uma contribuição para o enfoque de gênero. Faculdade de Saúde Pública/USP, São Paulo. 1998, 246p.

LEITE, Rogério Proença. A inversão do Cotidiano: Práticas Sociais e rupturas na vida urbana contemporânea. Dados. Rio de Janeiro, v. 53, n. 3, 2010, p. 737-756.

MOURA, Erly Catarina de, GOMES, Romeu, FALCÃO, Márcia Thereza Couto, et al. Desigualdades de gênero na mortalidade por causas externas no Brasil, 2010. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , v. 20, n. 3, 2015. p. 779-788.

RAMOS, Maria Lúcia Henrique, LIMA, Viviane da Silva, SILVA, Renato Elói da, NUNES, João Victor do Nascimento, SILVA, Gabriela Cavalcante da. Perfil epidemiológico dos casos de intoxicação por agrotóxicos de 2013 a 2017 no Brasil. Brazilian Journal Development, São José dos Pinhais, v. 6, n. 7. p. 43802-43813.

SABO, Don. Men's health studies: origins and trends. Journal of American College Health. 49, 2000, 133-142.

SILVA, Júlio César Santos. POLÍTICA DE SAÚDE DO HOMEM: o Cuidar e o Cuidado de Enfermagem em Emergência às vítimas masculinas de intoxicação exógena por Carbamato (“Chumbinho”). Dissertação [Mestrado em Enfermagem] - Rio de Janeiro: UFRJ / Escola de Enfermagem Anna Nery, 2012. a

SILVA, Júlio César Santos. Homens envenenados como foco do Cuidar/Cuidado de Enfermagem em Emergência. Tese [Doutorado em Enfermagem] - Rio de Janeiro: UFRJ / Escola de Enfermagem Anna Nery, 2017. B

SILVA, Júlio César Santos da, COELHO, Maria José, CAVALCANTI, Ana Carla Dantas, PINTO, Cecília Maria Izidoro, SANTOS, Maria Soledade Simeão dos, LIMA, Elza Maria Santos. Homens envenenados como sujeitos do cuidar e dos cuidados de enfermagem. Esc. Anna Nery [online]. 2014, vol.18, n.4, pp.716-721. c

Silva Junior, Samuel Fernando A síntese histórica por meio da arte: o romance Histórico n’o filme O Desafio (1965). Revista Hydra, São Paulo, vol. 2, n. 3, 2017, p. 235-256.

SILVERMAN, Sam. The death of Socrates: a holistic re-examination. Omega (Westport), v. 61, n 1, 2010, p. 71-84.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-020

Refbacks

  • There are currently no refbacks.