Impactos do curso de capacitação para os manipuladores de produtos de origem animal / Impacts of the training course for animal product's handlers

Eriane de Lima Caminotto, Carlos Eduardo Nogueira Martins, Diana Helena Varela, Karoline Silva de Camargo

Abstract


A ocorrência de perigos envolvendo produtos de origem animal (POA) é visualizada diariamente pela população, podendo alguns desses perigos serem convertidos em pandemias. O objetivo desse trabalho foi realizar um curso de manipulação de alimentos para os funcionários dos estabelecimentos que trabalhavam com produtos de origem animal no município de Guaramirim-SC. Foram classificados 17 estabelecimentos que comercializavam produtos de origem animal e que possuíam o Selo de Inspeção Municipal (SIM). Após esse levantamento, a equipe do projeto, junto com o fiscal sanitário, visitou cada estabelecimento para aplicar o primeiro checklist, referente às condições higiênico-sanitárias, com base na RDC nº216/2004 e na RDC nº275/2002, adaptadas para a realidade local. A partir dos resultados deste primeiro checklist, foi elaborado um curso teórico para um público de 80 funcionários desses estabelecimentos. Transcorridos 30 dias da realização do curso, os estabelecimentos foram novamente visitados, sendo feita uma nova avaliação das condições higiênico-sanitárias. No primeiro checklist realizado, observou-se que 100% dos estabelecimentos apresentavam irregularidades. Após o curso, ocorreu um aumento de 22,66% dos itens em conformidade. Isso comprova a necessidade de capacitações constantes, através de cursos e treinamentos para todos os envolvidos na manipulação de alimentos, visando a qualidade dos produtos, a segurança alimentar dos consumidores e a melhora da saúde pública da região.

Keywords


Inspeção, Saúde Pública, Treinamento.

References


ABIEC, Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne. Exportação brasileira de carne bovina pode atingir recorde de volume. [Acesso 25 de fevereiro de 2020]; Disponível em: http://abiec.com.br/download/release%20Coletiva%20de%20Impresa%20Abiec_2018.pdf

ANDRADE, N. J.; OLIVEIRA, P.; LÚCIA, C. - Higienização na indústria de alimentos e segurança alimentar. Fortaleza: Embrapa Agroindustrial Tropical, 2008. p. 41-66.

Brasil, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Quantidade de abate estadual por ano/espécie. [Acesso 26 de fevereiro de 2020]; Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/inspecao/produtos-animal/sif.

BRASIL. Portaria nº.326, de 30 de julho de 1997 - Regulamento técnico condições higiênico-sanitárias e de boas práticas de fabricação para estabelecimentos produtores/industrializadores de alimentos. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 01 ago. 1997.

Brasil, M.S. RDC Nº 216 de 15/09/2004 – Regulamento técnico sobre as condições Higiênicas Sanitárias e de Boas Práticas de Manipulação para Estabelecimentos Produtores/Industrializados de Alimentos. Órgão emissor: Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Disponível em: www.anvisa.gov.br. Acesso: 10 de fevereiro de 2020.

BRASIL, M.S. RDC n° 275/2002– Regulamento técnico sobre os Procedimentos Operacionais Padrões para Estabelecimentos Produtores/Industrializados de Alimentos e a Lista de Verificação das Boas Práticas de Fabricação em Estabelecimentos Produtores/Industrializadores de Alimentos. Órgão emissor: Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Disponível em: www.anvisa.gov.br. Acesso: 10 de fevereiro de 2020.

CODEX, Código Internacional de Higiene dos Alimentos, Higiene dos Alimentos, Suplemento do volume 1B, 1997.

ÇAKIROGLU, F. P.; UÇAR, A. Employees’ Perception of Hygiene in the Catering Industry in Ankara (Turkey). Food Control, Guildford, v. 19, n. 1, p. 09-15, 2008.

MULLER, M.I. Boas Práticas de manipulação de alimentos com merendeiras. Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC, São Miguel do Oeste, Santa Catarina, p.3- 38, 2011

PICCHI, V. História, ciência e tecnologia da carne bovina. 1 ed. Jundiaí, Paco Editorial 2015.

SOUTHIER, N; NOVELLO, D. Treinamento, avaliação e orientação de manipuladores sobre práticas de higiene e nutrição na cidade de Guarapuava, PR. Hig Aliment. v.22, n.45, p. 162-2008.

SOUZA, B. Processamento tecnológico e inspeção sanitária de produtos de origem animal. 1 ed. Curitiba, Editora MedVep 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-001

Refbacks

  • There are currently no refbacks.