Modeling and analysis of oil wells test of production using petri nets / Modelagem e análise de teste de produção de poços de petróleo utilizando redes de petri

Rafael Alison de Souza Holanda, André Pedro Fernandes Neto, Gutembergue Soares da Silva, Teófilo Camara Mattozo, Alexandre Henrique Soares de Oliveira

Abstract


O teste de produção de poços de petróleo é um processo necessário para mensurar o potencial de produção dos campos de exploração. A frequência do teste de produção é objeto de fiscalização da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), já que é uma das atividades da indústria petrolífera cuja realização gera impacto nos royalties e arrecadação de impostos. Por utilizar recursos da empresa estudada, o teste de produção é um processo crítico que nem sempre é realizado satisfatoriamente. Portanto foi proposto o desenvolvimento de um modelo de sistemas a eventos discretos, utilizando as redes de Petri, com o objetivo de compreender profundamente o comportamento do processo em questão, e estabelecer os fundamentos para futuras pesquisas de simulação e de automação. Para atingir esse objetivo foram descritos os componentes do sistema e suas relações com as etapas do teste. Em seguida foi elaborado um fluxograma, necessário para desenvolver o modelo em redes de Petri, que descreve tais etapas. Realizaram-se análises da rede de Petri com o intuito de comprovar a consistência do modelo desenvolvido. As análises consistiram em: redução por meio de simplificação da rede; verificação das marcações acessíveis; comprovação da presença das propriedades desejadas (“vivacidade”, “limitabilidade” e “reiniciabilidade”). As análises da rede de Petri reduzida mostraram, por indução, que não só a rede desenvolvida possui as propriedades, como esta tem a capacidade descritiva necessária para uma representação do sistema real.

 


Keywords


Redes de Petri.Oil Wells.Modeling.Discreto Sistemas de Eventos. Teste de Produção.

Full Text:

PDF

References


ANP. Artigo da Agência Nacional de Petróleo, Royalties do petróleo e do gásnatural. 2009. Cartilha publicada em meio eletrônico. Disponível em: . Acesso em: 21 jun. 2014. Citado na página 44.

ANP/IMMETRO,Cálculo dos Royalties. 2013. Disponível em: . Acesso em: 14 Dez. 2013..RESOLUÇÃO CONJUNTA ANP/INMETRO No 1: Regulamento técnico debmedição de petróleo e gás natual a que se refere à resolução conjunta anp/inmetro no 1, de 10 de junho de 2013. Brasília, 2013. Disponível em: . Acesso em: 25 jan. 2014.

BLÄTKE, M.; HEINER, M.; MARWAN, W. Tutorial - Petri Nets in Systems Biology.[S.l.], 2011.

CARDOSO, J.; VALETTE, R. Redes de Petri. Florianópolis: UFSC, 1997.Disponível em: . Acesso em: 4 Fev. 2014.

CHWIF, L.; MEDINA, A. C. Modelagem e Simulação de Eventos Discretos. 3. ed. São Paulo: Bravarte, 2010. ISBN 978-85-905978-3-4. CORRÊA, O. L. S. Petróleo. Rio de Janeiro: Editora Interciência, 2003. ISBN85-7193-093-7.

CORRÊA, O. L. S. Petróleo. Rio de Janeiro: Editora Interciência, 2003. ISBN 85-7193-093-7.

GARBI, G. P.; GRANDINETTI, F. J. Aplicação de redes de petri em um sistema deidentificação e transporte de três tipos diferentes de produtos. Revista Ciências Exatas, v. 12, n. 1, p. 47–51, 2006. Citado na página 47.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999. ISBN 85-224-2270-2. Citado na página 47.

HOLANDA, R. A. de S. Modelagem do Comportamento Dinâmico de uma Célula de Manufatura Didática Utilizando Redes de Petri. Monografia (Graduação) — Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2012.

LINO, F. G. O.; SZTAJNBERG, A. Analisador e simulador de redes de petri. In: Anais do XXVII congresso da SBC;. Rio de Janeiro - RJ: [s.n.], 2007. p. 898 – 903.

SALES, A. H. C. de. Um Estudo sobre Redes de Petri Estocásticas Generalizadas. 2002. Trabalho Acadêmico. Disponível em: http://www.inf.pucrs.br/peg/pub/tr/TI1_Afonso. pdf>. Acesso em: 29 jan. 2014.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da Produção. 3. ed. [S.l.]: Atlas, 2009. ISBN 97-885-224-5353-5




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n5-1562

Refbacks

  • There are currently no refbacks.