Orçamentação de obras: análise temporal dos dispositivos mais relevantes / Building budget: temporal analysis of the most relevant devices

Rudna Angélica Vieira do Vale, Francisco das Chagas da Costa Filho, Allyson Leandro Bezerra Silva, Francisco Jordão Nunes de Lima, Danielle Dantas Pereira

Abstract


Este trabalho traça uma linha histórica das ferramentas disponíveis que norteiam o desenvolvimento de um orçamento de obras, bem como contextualizar a importância da mesma, assim sendo, o objetivo desse artigo é apresentar os mecanismos básicos para orçamentação de obras, apontando sua origem, características e importância dentro da atividade (de orçamentação de obras). Para isso foi realizada uma pesquisa de referência em artigos, dissertações e também em alguns conteúdos online, que referenciam as ferramentas investigadas. Com a investigação concluída é notório que, para se elaborar um orçamento de obras, devem ser seguidas algumas regras, delimitadas em Leis e normas, podendo fazê-lo através de alguma das várias ferramentas disponíveis no mercado, assim o orçamentista pretenda fazer.


Keywords


Orçamento de obras, Lei 4951/64, TCPO, SINAPI, CUB/m²

References


LUCION, A.P. S. O processo de urbanização do Brasil e as políticas urbanas: o estatuto da cidade como instrumento de desenvolvimento sustentável legal: 2006. 151p. Dissertação (Mestrado) - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí - RS.

VILLAÇA, F. Uma contribuição para a história do planejamento urbano no Brasil. In: DEÁK, Csaba; SCHIFFER, Sueli Ramos (org.) O processo de urbanização no Brasil. São Paulo: EdUSP, 1999. p. 169 – 243.

SABOYA, R.T. Urbanismo e planejamento urbano no Brasil – 1875 a 1992. 2008. Disponível em: . Acesso em 03 de Abril de 2017.

TCPO, Tabelas de composição de preços para orçamentos.13ª Edição, São Paulo, 2008: PINI.

PADILHA JUNIOR, M. A.; OLIVEIRA, F. L.; ARAÚJO, N. M. C. TCPO x Realidade: um estudo de caso comparativo em empresas de edificações verticais de João Pessoa-PB. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 27., 2007, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu, 2007. p. 1-10.

PLANALTO, Lei 4591, de Dezembro de 1964. Disponível em . Acesso em 03 de Abril de 2017.

PLANALTO, Lei 4864, de Novembro de 1965. Disponível em . Acesso em 03 de Abril de 2017.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Catálogo, NBR 12721. Disponível em < http://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=357457>. Acesso em 05 de Abril de 2017.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12721/06: Avaliação de custos unitários de construção para incorporação imobiliária e outras disposições para condomínios edilícios - Procedimento. Rio de Janeiro, 2007. 94 p.

SILVA, E.R. Comparação de métodos de orçamentação de obras de construção civil: 2016. 85p. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

SINDUSCON-MG - Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais. Saiba Mais: Custo Unitário Básico (CUB/m²). Belo Horizonte: Sinduscon-MG, 2013. 28p.

ALMEIDA, M. C. SINAPI x ORSE: Análise comparativa entre o Sistema Nacional de Pesquisas de Custos e Índices da Construção Civil e o sistema adotado pelo Governo do Estado de Sergipe. 2009. 32 f. Tese (Especialização em Auditoria Interna e Controle Governamental) – Instituto Serzedelo Corrêa do Tribunal de Contas da União, Brasília, 2009.

DE CASTRO, M, et al. Sinapi: metodologias e conceitos. CAIXA. Brasília: Versão digital, 2017.169p.

PINI Sistemas, Volare. Disponível em < http://pinisistemas.pini.com.br/software-obras/volare/volare-272585-1.asp>. Acesso em 10 Abril de 2017

PINI. TCPO Web. Disponível em . Acesso em 10 Abril de 2017.

CAIXA. SINAPI Web. Disponível em . Acesso em 11 Abril de 2017




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-710

Refbacks

  • There are currently no refbacks.