Perfil psicológico de pessoas com depressão maior a otica do psicodiagnostico / Psychological profile of people with greater depression the optics of psychodiagnostics

Giovana Fernandes Leite, Beatriz Rabelo Alves, Evelley Emmanuela Félix dos Santos

Abstract


O presente artigo buscou investigar através de uma revisão sistemática da literatura quais são os perfis psicológicos de depressão maior que são mais comumente encontrados na avaliação psicológica ou quais são as principais características que podem ser identificadas e como são demonstradas no processo de psicodiagnóstico através da entrevista semiestruturada, estruturada, escalas e inventários quantitativos qualitativos e projetivos qualitativos.


Keywords


depressão maior, psicodiagnóstico, perfis psicológicos.

References


American Psychiatric Association (2014). DSM-5 – Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais (5ª ed.). Porto Alegre: Artmed.

Conselho Federal de Psicologia. Resolução CFP N.º 002/2003. Disponível em: Acesso em: 11 de junho de 2017

Cunha, J. A. (2007). Psicodiagnótico (5ª ed.). Porto Alegre: Artmed.

Canale A, Furlan MMDP. Depressão. Arq Mudi. 2006;10(2):23-31.

Ely, P., Nunes, M. F. O. & Carvalho, L. F., (2014). Avaliação psicológica da depressão: levantamento de testes expressivos e autorrelato no Brasil. Avaliação Psicológica. v. 13. nº 3. pp. 419 – 426.

Machado, A. P., Morona, V. C. (2007). Manual de Avaliação Psicológica. Curitiba: Unificado, 21ª ed.

Satepsi. Disponível em: . Acesso em: 11 de junho de 2017.

Santos, S. G. (2014). A entrevista em avaliação psicológica, 1-15. Acesso em 10 de Junho, 2017, de https://www.ipog.edu.br/download-arquivo-site.sp?arquivo=a-entrevista-em-avaliacao-psicologica-7212133.pdf

Oliveira, M. V., Mello, L. M. & Oliveira, V. F. (2012). Psicodiagnóstico: ferramenta de intervenção psicológica, 1-6. Acesso em 10 de Junho, 2017, de http://www.unifra.br/eventos/interfacespsicologia/Trabalhos/2854.pdf

Pinto, E. R. (2014). Conceitos fundamentais dos métodos projetivos. Ágora, 17(1).

Torres, J. M. A. (2010). O Teste Rorschach na história da avaliação psicológica. Nufen, 2(1).

Vaz, C. E. (2000). A técnica de Zulliger no processo de avaliação da personalidade. In J. A.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-627

Refbacks

  • There are currently no refbacks.