A Literatura de Cordel no Ensino de Radiologia / Cordel Literature in the Teaching of Radiology

Samuel Queiroz Pelegrineli, Wilson Seraine da Silva Filho

Abstract


A valorização das expressões culturais locais deveriam ser um dos elementos mais significativos na prática docente e escolar. Convém discuti-la, não somente nas aulas História ou de Literatura, como tema transversal, mas também em todas as disciplinas. Portanto, neste trabalho, utiliza-se um recorte não convencional para abordar o ensino da Radiologia. Ele será abordado por meio da literatura de cordel, que é uma forma bem peculiar, no Nordeste brasileiro, de escrever sobre cangaceiros, beatos e padres milagreiros. De falar a respeito do amor, das donzelas e de seus príncipes, da seca que sempre assolou a região, dos políticos enroladores, da biografia de grandes vultos da história brasileira e de temáticas sociais, políticas, ambientais, religiosas, folclóricas e costumes do povo. Foram analisados três cordéis versificados no formato de sextilha ou septilha. Os textos apresentam as temáticas radioatividade e biografia de Marie Curie.

 


Keywords


Literatura de Cordel, Radioatividade, Radiologia.

References


ANTUNES, Celso. A criatividade na Sala de Aula, fascículos 14. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

DOURADO, Gustavo. Cordel Radioativo. [S.I]. Revista Cerrado Cultural, 2011. Disponível em: .

DEMO, Pedro. Educar pela Pesquisa, 7ª ed. Campinas, SP. Autores Associados. 2005.

D’AMBRÓSIO, Ubiratan. Etnomatemática – elo entre as tradições e a modernidade. 2 ed. Belo Horizonte: autentica. 2005.

MOREIRA, Marcos Antonio. Pesquisa em Ensino: Aspectos metodológicos e referências teóricas à luz do Vê epistemológico de Gowin. São Paulo: EPU. 1990.

SILVA, Gonçalo Ferreira. Marie Curie: A maior representante feminina da Ciência. Rio de Janeiro, RJ: ABLC, 2013.

SAMPAIO, Pedro. Se embrenhando nas fronteiras da radioatividade. Fortaleza, CE. 2018.

SILVA FILHO, Wilson Seraine. A Literatura de Cordel no Ensino de Ciências. Teresina, PI: Nova Aliança, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-575

Refbacks

  • There are currently no refbacks.