Aplicação de Estratégia de Ensino no Ambiente Universitário em Disciplina Prática / Application of the Strategy of Education in the University Environment in Practical Discipline

Daisy de Araújo Vilela, Isadora Prado de Araújo Vilela, Keila Márcia Ferreira de Macêdo, Marina Prado de Araújo Vilela, Glauco Lima Rodrigues, Juliana Alves Ferreira, Ana Cláudia Marinho da Costa, Naiana Zaiden Rezende Souza, Marianne Lucena da Silva, Ana Lúcia Rezende Souza, José Carlos Tatmatsu-Rocha

Abstract


No ensino em saúde estratégias educacionais favorecem o aprendizado, o Projeto Terapêutico Singular (PTS) é um conjunto de propostas de condutas terapêuticas articuladas, voltadas para um sujeito individual, com uma variação da discussão de “caso clínico”. Objetivo: Discutir o projeto terapêutico singular no contexto da multi profissionalidade; ressaltar a importância desta estratégia como prática a ser incorporada na rotina dos serviços de saúde e ferramenta de ensino-aprendizagem junto aos universitários. Metodologia: Relato de experiência da construção de um PTS por alunos de graduação, durante as aulas práticas. Resultados: Aluno como ser ativo na construção do seu conhecimento, desenvolvendo estratégias para atendimento em Fisioterapia. Conclusão: Ao aplicarmos a atividade   contribuiu para reconhecimento das limitações permitiu o olhar para novas estratégias de ações que possam vir a beneficiar os idosos institucionalizados e contribuir para formação dos futuros profissionais, bem como a importância da equipe multi profissional.


Keywords


Atenção à saúde, Assistência ao Paciente, Estratégia de ensino, Praxis

References


BOCCARDO, A.C.S.; ZANE, F.C.; RODRIGUES, S.; MÂNGIA, E.F. O projeto terapêutico singular como estratégia de organização dos serviços de saúde mental. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v.22, n.1, p. 85-92, jan/abr. 2011.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. Clínica ampliada, Equipe de referência e projeto terapêutico singular. 2.ª edição. Série B. Textos Básicos de Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2007.

Brasil. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal; 1988.

Brasil. Lei n o 9.394. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União

; 20 dez.

CARR, W. Una teoría para la educación: hacia una investigación educativa crítica. Madrid: Morata, 1996.

DIMENSTEIN, M.; SANTOS, Y.F.; BRITO, M.; SEVERO, A.K.; MORAIS, C. Demanda em saúde mental em unidades de saúde da família. Mental. 3(5):23-41.2005.

FERREIRA, S. O. et al. CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO TERAPÊUTICO SINGULAR DURANTE VISITA DOMICILIAR: RELATO DE EXPERIÊNCIA.Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, [S.l.], v. 9, n. 1, p. 120-129, ISSN 2594-6412. dez. 2015.

FERREIRA, A. B; MELO, R.M.de; SILVA, A.K. da. ENTENDENDO O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO PROJETO TERAPÊUTICO SINGULAR EM CAPS. Coleciona SUS. 2005.http://coleciona-sus.bvs.br/lildbi/docsonline/get.php?id=789.

FRANCO, M.A.S. Práticas pedagógicas de ensinar-aprender: por entre resistências e resignações. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 41, n. 3, p. 601-614, jul. /set. 2015.

FRANCO, M. A. S. Pedagogia e prática docente. São Paulo: Cortez, 2012a.

HORI, A.A.; NASCIMENTO, A.F. The Singular Therapeutic Project and mental health practices at Family Health Support Centers in Guarulhos in the state of São Paulo, Brazil. Ciência & Saúde Coletiva, 19(8):3561-3571, 2014.

LINI, Ezequiel Vitório; PORTELLA, Marilene Rodrigues; DORING, Marlene. Fatores associados à institucionalização de idosos: estudo caso-controle.Rev. bras. geriatr. gerontol. Rio de Janeiro, v. 19, n. 6, p. 1004-1014, Dec. 2016.

MERHY, E.E. Apostando em projetos terapêuticos cuidadores: desafios para a mudança da escola médico ou utilizando-se da produção dos projetos terapêuticos em saúde como dispositivo de transformação das práticas de ensino-aprendizagem que definem os perfis profissionais dos médicos. Rev Saúde Coletiva. 10(5):13-17. 1999.

OLIVEIRA, G.N. O projeto terapêutico como contribuição para a mudança das práticas de saúde, [Dissertação de Mestrado]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 202p.2007.

TELESI JUNIOR, Emílio. Práticas integrativas e complementares em saúde, uma nova eficácia para o SUS.Estud. av., São Paulo v. 30, n. 86, p. 99-112, Abr. 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-465

Refbacks

  • There are currently no refbacks.