Do laboratório à vida: repercussão de um grupo de estudos longitudinais em envelhecimento na vida de idosos com deficiência intelectual / From laboratory to life: repercussion of a group of longitudinal studies on aging in the life of elderly with intellectual disabilities

Alexa Alves de Moraes, Aline Alves de Moraes

Abstract


Introdução: A deficiência intelectual (DI) é um estado de funcionamento cujo início ocorre na infância, caracterizando-se pela dificuldade em aprender informações novas e/ou complexas e em interagir socialmente. Considerando-se o aumento da expectativa de vida dessa população, surge a necessidade de grupos de pesquisas longitudinais. Objetivo: narrar de forma sintetizada as descobertas obtidas por um grupo de estudos longitudinais em envelhecimento e deficiência intelectual nos últimos dez anos, bem como o impacto desses estudos para a população-alvo de idosos com deficiência intelectual. Metodologia: Relato de experiência acerca das atividades desenvolvidas nos últimos 10 anos de um grupo de estudos longitudinais em envelhecimento, bem como atividades de extensão desenvolvidas para a população idosa com DI. Resultados: Os principais achados revelam altas prevalências de osteoporose, epilepsia, polifarmácia, perda de mobilidade funcional, constipação e depressão. O grupo de estudos vem buscando desenvolver atividades de capacitação profissional para atender idosos com DI, promover atividades que estimulem o contato dessa população com a Universidade, além de buscar reformulação de políticas públicas. Conclusão: Os esforços multidisciplinares do grupo de estudos longitudinais em envelhecimento vêm obtido bons resultados quanto à necessidade de maiores atenções voltadas à população idosa com DI.       

 

 


Keywords


Deficiência Intelectual, Envelhecimento, Universidade.

References


BURKE, E. A. et al. An exploration of the bone health of older adults with an intellectual disability in Ireland. Journal of Intellectual Disability Research, 2016.

MCCARRON, M., SWINBURNE, J., BURKE, E., MCGLINCHEY, E., CARROLL, R. & MCCALLION, P. 2013. Patterns of multimorbidity in an older population of persons with an intellectual disability: results from the intellectual disability supplement to the Irish longitudinal study on aging (IDS-TILDA). Research in developmental disabilities, 34, 521-527.

PATJA, K., IIVANAINEN, M., VESALA, H., OKSANEN, H. & RUOPPILA, I. 2000. Life expectancy of people with intellectual disability: a 35‐year follow‐up study. Journal of intellectual disability research, 44, 591-599.

KORITSAS, S. & IACONO, T. 2015. Weight, nutrition, food choice, and physical activity in adults with intellectual disability. Journal of Intellectual Disability Research.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-447

Refbacks

  • There are currently no refbacks.