A “questão social” como objeto de estudo do Serviço Social: suas refrações na Política de Assistência Social e os desafios profissionais do assistente social / The "social question" as object of study of Social Work: its refractions in the Social Assistance Policy and the professional challenges of the social worker

Ana Caroline Freitas do Monte e Silva Fonte

Abstract


O presente artigo tem como propósito analisar a (re) produção das expressões da “questão social”, como objeto de estudo do Serviço Social, tendo como enfoque as demandas da Política de Assistência Social, identificando os desafios postos para o Serviço Social na atualidade. Para tanto, faz-se inicialmente uma introdução sobre o contexto embrionário da profissão e, em seguida, uma discussão sobre a temática “questão social”. Foi utilizada, para elucidação desse estudo, pesquisa bibliográfica citando autores como: Netto, Castel, Rosavallon, Iamamoto, Yazbek, entre outros. As conclusões pertinentes apresentadas no presente trabalho indica, sem querer encerrar aqui as altercações hermenêuticas sobre esse tema, repensar a prática e a teoria, na Política de Assistência Social, numa interlocução para a práxis, vislumbrando horizontes para a prática profissional.

 


Keywords


“Questão Social”; Política de Assistência Social; desafios profissionais; assistente social.

References


ABRAMIDES, Maria Beatriz Costa. Desafios do Projeto Profissional de ruptura com o conservadorismo. In: Revista Serviço Social e Sociedade. n. 91. São Paulo: Cortez, 2007. p. 34-48.

ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 2006.

BEHRING, Elaine R. Brasil em contra reforma: desestruturação do Es¬tado e perda de direitos. São Paulo: Cortez, 2003.

______. Política social no capitalismo tardio. São Paulo: Cortez, 1998.

______; BOSCHETTI, Ivanete. Política social: fundamentos e história. São Paulo: Cortez, 2006.

BRASIL. Lei n 8.742, de 7 de dezembro de 1993. Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS).

______. Código de ética do assistente social. Lei no 8.662/1993. Legis¬lação Brasileira para o Serviço Social. Brasília: CRESS-¬SP, 2006.

______. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 2015.

______. Política Nacional de Assistência Social – PNAS/2004; Norma Operacional Básica – NOB/SUAS. Brasília: Ministério do Desen¬volvimento Social e Combate à Fome – Secretaria Nacional de Assistência Social, 2005.

______. NORMA OPERACIONAL BÁSICA – NOB/SUAS. Resolução nm. 130/2005. Brasília: CN AS, 2005.

COUTO, Berenice Rojas; YAZBEK, Maria Carmelita; RAQUEL, Raichelis (Orgs.). O Sistema Único de Assistência Social no Brasil: uma realidade em movimento. 3ª. Edição. São Paulo: Cortez, 2012.

FALEIROS, Vicente de Paula. Estratégias em Serviço Social. São Paulo, Cortez, 1997

IAMAMOTO, Marilda Villela. Serviço Social em Tempos de Capital Fetiche: capital financeiro, trabalho e questão social. 9ª edição. São Paulo. Cortez, 2015.

______.; CARVALHO, R. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil. São Paulo: Cortez/Celats, 1982.

______. Renovação e conservadorismo no Serviço Social. Ensaios Críticos. São Paulo: Cortez, 1997.

______.O Serviço Social na Contemporaneidade: Trabalho e formação profissional. 7° ed. São Paulo: Cortez, 2004.

_____.O Serviço Social na contemporaneidade: dimensões históricas, teóricas e ético-políticas. Fortaleza, CRESS –CE, Debate n. 6, 1997

MACHADO, Ednéia Maria. Questão Social: objeto do Serviço Social? Serviço Social em Revista. V. 2, n° 1, Jul/Dez, 1999. Disponível em: http://www.ssrevista.uel.br/c_v2n1_quest.htm. Acesso em: 16 jan 2018

NETTO, José Paulo. A Construção do Projeto Ético-Político do Serviço Social. In: MOTA, Ana E. et al (Orgs.). Serviço Social e Saúde: Formação e Trabalho Profissional . 4 ed., São Paulo: Cortez, 2009.

______. Ditadura e Serviço Social: uma análise do serviço social no Brasil pós-64. 3. ed. São Paulo: Cortez, 1996.

______. A construção do projeto ético- político do Serviço Social frente à crise Contemporânea. In: Capacitação em Serviço Social e Política Social. Módulo 1: Crise contemporânea, questão social e Serviço Social. Brasília: CEad, 1999, p.91-110.

______. Capitalismo monopolista e Serviço Social. São Paulo: Cortez, 2005.

PERERIA. A.P. Questão Social, Serviço Social e Direitos de Cidadania. Revista Temporalis nº 3, 2001. Abepss.

Castel, Robert, As armadilhas da exclusão (in) A desigualdade e a questão social, SP, Educ, 1997, p 15-46. Castel, Robert, Desigualdade e a questão social, SP, Educ, 1997.

SANTOS, Josiane Soares. “Questão social”: particularidades no Brasil. São Paulo: Cortez, 2012.

SARMENTO, H. B. M. Serviço Social: Das tradicionais formas de regulação Sóciopolítica ao redimensionamento de suas funções sociais. Capacitação em Serviço Social e Política Social. Brasília: UnB/CEAD, mod. 4, 2000.

SERRA, Rose. Alterações no mundo do trabalho e repercussões no mercado profissional do serviço social. In: SERRA, Rose (Org.). Trabalho e reprodução: enfoques e abordagens. São Paulo: Cortez; Rio de Janeiro: PETRES – FSS/UERJ, 2001. P. 151-174.

SOUZA, Adnari Moreira de. O cotidiano profissional dos assistentes sociais nos CRAS do município de Fortaleza. São Luís: Anais da VII Jornada Internacional de Políticas Públicas. Para além da Crise Global: Experiências e antecipações concretas, 2015. Disponível em: http://www.joinpp.ufma.br/jornadas/joinpp2015/pdfs/eixo14/o-cotidiano-profissional-dos-assistentes-sociais-nos-cras-do-municipio-de-fortaleza.pdf. Acesso em: 21 de agos de 2016.

SPOSATI, Aldaísa. A assistência social no Brasil – 1983 1990. São Paulo: Cortez, 1991.

______. A menina Loas: um processo de construção da assistência social. São Paulo: Cortez, 2004.

TELES, Vera da Silva. Questão Social: afinal do que se trata? São Paulo em Perspectiva, vol. 10, n. 4, out-dez/1996.

YAZBEK, Maria Carmelita. Classes Subalternas e Assistência Social. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

YAZBEK, M. C. Estado e políticas sociais. Praia Vermelha, Rio de janeiro, UFRJ, v. 18, n.1,2008. Disponível em: http://www.ess.ufrj.br/ejornal/index.php/praiavermalha/article/view/39/24> . Acesso em: 26 ago 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-436

Refbacks

  • There are currently no refbacks.